Kefir BR

Kefir BR

As bactérias probióticas que fazem bem

O nosso trato gastrointestinal é colonizado por diversas bactérias, que é chamado de “flora intestinal”. Esses microrganismos atuam em funções fisiológicas essenciais para nosso organismo.
É normal que em nossa flora intestinal nem todas as bactérias sejam benéficas. Um organismo equilibrado teria em torno de 85% de bactérias boas e 15% de bactérias ruins.
Entretanto, alguns fatores podem reduzir o número de bactérias benéficas e aumentar as bactérias ruins, como alimentação desequilibrada, estresse, uso de antibióticos com frequência e doenças.
Alimentos que contém bactérias vivas, como iogurtes e kefir, são probióticos. Eles estimulam a proliferação das bactérias benéficas em detrimento das bactérias prejudiciais, equilibrando a flora intestinal e reforçando os mecanismos de defesa do nosso corpo.

Kombucha - Perguntas frequentes (FAQ)

ProbióticosPosted by Kefir BR Sep 19, 2017 11:47:11

O que é Kombucha?

Kombucha é um chá fermentado feito com a cultura inicial (cogumelo, cultura mãe, scoby, etc), sendo o chá preparado com açúcar e um pouco do Kombucha já pronto, fermentado num lote anterior. Kombucha contém alto número de vitaminas, particularmente vitaminas B.

Qual é o gosto do chá Kombucha?

Kombucha tem um sabor terroso, que pode variar muito, dependendo do período de tempo que fermenta, 7-30 dias. Para um sabor suave, o Kombucha é fermentado por um tempo mais curto. Para um sabor mais ousado, mais vinagrado, a fermentação é feita por um período maior.

Posso fazer o meu Kombucha caseiro ter o sabor parecido com os comprados em lojas?

Sim, experimentando tipos de chá, tempo de fermentação e aditivos de sabor (frutas, suco, gengibre, etc.) você pode inventar seus próprios sabores de Kombucha.

Quais ingredientes para fazer a cultura de Kombucha?

As culturas iniciais de kombucha são cultivadas e embaladas em uma instalação de processamento de alimentos usando água filtrada, açúcar orgânico e chá.

As culturas Kombucha contém glúten, laticínios e produtos de origem animal?

Não, as culturas Kombucha só contêm chá, açúcar orgânico, e água filtrada.

As culturas Kombucha são reutilizáveis? Quanto tempo vai durar a cultura?

Sim, culturas de Kombucha saudáveis e adequadas podem ser reutilizadas muitas vezes. As culturas vão se multiplicando e conforme a prática do produtor, pode-se reciclar ou compostar culturas mais antigas depois de alguns meses ou mais cedo.

Nota: Pode levar vários lotes para um novo scoby se formar após a reidratação inicial. Com cuidado, você deve ser capaz de continuar a usar a mesma cultura Kombucha até o momento que um novo scoby se formar.

Sendo necessário transportar culturas Kombucha, por que é melhor desidratar?

Porque desidratando as culturas, elas permanecem estáveis e, portanto, fazem a viagem com mais segurança. Levamos a sua segurança a sério.

As culturas iniciais de Kombucha se multiplicam?

Sim. Cada vez que você preparar um lote de chá Kombucha uma nova cultura irá formar. A cultura original (a cultura mãe) e a nova cultura (o bebê) podem ser usadas para preparar um novo lote de chá Kombucha.

Nota: Pode levar vários lotes para um bebê formar após a reidratação inicial.

Quanto tempo devo fermentar o meu Kombucha?

Kombucha pode ser fermentado de 7 a 30 dias, dependendo da preferência pessoal. Um tempo de infusão mais longo resulta em menos açúcar e uma bebida mais aromatizada e vinagrada. Tenha em mente que a temperatura influencia na agilidade da fermentação do Kombucha.

Como posso reduzir a quantidade de açúcar no Kombucha pronto?

Um processo de fermentação mais longo irá reduzir a quantidade de açúcar no produto final. No final de um período de fermentação de 30 dias, existe geralmente muito pouco açúcar remanescente. Comece com a quantidade necessária de açúcar, para garantir que o scoby tenha comida suficiente para desenvolver corretamente.

Posso usar menos açúcar ou alterar qualquer ingrediente usado para fazer Kombucha?

Nós recomendamos fortemente utilizar chá, açúcar, água e a amostra do Kombucha pronto nas proporções indicadas nas instruções. Estas proporções trazem o equilíbrio adequado, o que diminui a possibilidade de desenvolvimento de mofo ou deterioração do lote. E também ajuda a garantir o scoby obtém comida suficiente para crescer adequadamente.

Posso usar um recipiente de plástico para preparar Kombucha e garrafas de plástico para armazená-lo?

Recomendamos recipientes de vidro quando se trabalha com culturas iniciais, devido ao potencial do plástico para disseminar produtos químicos indesejáveis. Além disso, o plástico é mais facilmente danificado, muitas vezes sem o seu conhecimento, o que pode resultar em bactérias ocultas que podem interromper o processo de cultivo.

Que proporção de suco para Kombucha devo usar para a segunda fermentação (para adicionar sabor)?

Para uma segunda fermentação, uma proporção de 20% de suco e 80% de kombucha geralmente funciona bem. Você também pode experimentar com outras proporções para alterar o sabor.

Como posso aumentar a carbonatação do meu Kombucha?

Engarrafar o Kombucha em um frasco hermético ajuda a aumentar a carbonatação.

Existe algum perigo de o recipiente de vidro explodir sob a pressão de carbonatação ao engarrafar Kombucha?

Embora seja possível que as garrafas explodam, é mais comum que as tampas voem, particularmente quando são abertas. Recomendamos que mantenha a mão inteira sobre a tampa do recipiente ao abri-la. Verifique se há fraturas ou imperfeições no recipiente antes de usar para engarrafar.

Posso fazer um novo lote de Kombucha sem o chá pronto de um lote anterior?

Sim, você pode usar uma porção igual de vinagre branco destilado no lugar. Alternativamente, você pode utilizar um chá Kombucha sem sabor, que pode ser comprado em lojas de alimentos e bebidas saudáveis. Entretanto, ao ativar um scoby desidratado, use somente o vinagre branco destilado.

Posso cultivar meu chá Kombucha em um armário, ou numa janela, etc?

Fermentar o chá kombucha em um armário é perfeitamente recomendável. No entanto, não coloque o Kombucha na luz solar. É importante manter fermentação fora da luz solar direta e longe de calor ou frio excessivo.

O Kombucha pronto contém álcool?

Sim, como acontece com todos os alimentos cultivados e fermentados, uma pequena quantidade de álcool natural está tipicamente presente no produto final. Embora a quantidade contida em Kombucha varie de lote para lote, a quantidade deve ser muito pequena.

Se eu estou fazendo outros alimentos utilizando culturas (iogurte, fermento, Kombucha, etc), quão distante eu preciso para manter as culturas?

Sugerimos manter uma distância de pelo menos 1 metro e meio entre os itens. Quando seus itens cultivados estão sendo armazenados na geladeira com tampas apertadas, não há necessidade de manter distância entre eles.

Quais sinais devo notar para determinar se o Kombucha está cultivando corretamente?

Alguns bons sinais que o processo de fermentação do Kombucha está prosseguindo normalmente incluem a formação de uma cultura nova na superfície do líquido, o desenvolvimento de partículas de levedura fibrosa na na cor marrom, e o líquido que se torna menos doce e mais avinagrado.

NOTA: Para o lote inicial quando se utiliza uma cultura desidratada, pode não haver sinais visíveis de cultura. A melhor maneira de verificar o progresso da fermentação é testar o aroma e o sabor.

Por que eu precisaria coar o Kombucha pronto?

Coar o Kombucha finalizado não é necessário. Alguns preferem coar seu chá antes de bebê-lo para filtrar as partículas do fermento assim como as partículas de culturas novo scoby que podem se formar.

Minha Kombucha está fermentando por um período de tempo e agora está desenvolvendo uma camada turva no topo. Isso é normal?

Sim. A camada branca e nebulosa é o início de uma nova cultura. A formação de um novo scoby é um sinal de que o seu lote de Kombucha está fermentando adequadamente.

Minha Kombucha está fermentando por um período de tempo e agora está desenvolvendo partículas marrons fibrosas. Isso é normal?

As partículas marrons são fragmentos de levedura e são inofensivas. Eles são um subproduto natural do processo de fermentação. Você pode coar quando o Kombucha estiver pronto.

Minha cultura Kombucha afundou para o fundo do meu recipiente, está flutuando lateralmente, subiu para o topo do líquido, etc. Isso é normal?

Dependendo de vários fatores, a cultura pode afundar, flutuar ou sentar lateralmente. Qualquer um destes é normal e não afetará o processo de fermentação.

A nova cultura do Kombucha parece ter flutuado para acima do líquido do recipiente. Isso afetará o processo de fermentação?

Ter a nova cultura acima do líquido no recipiente não afeta o processo de fermentação.

Eu tenho armazenado um lote de Kombucha já pronto por alguns dias e parece estar desenvolvendo uma massa gelatinosa no topo. Isso é normal? O que é isso?

A massa gelatinosa é o início de uma nova cultura de Kombucha. Mesmo depois que a cultura principal do Kombucha é removida, ainda permanece cheio do fermento vivo e das bactérias que continuam a fermentar lentamente. Como resultado, a Kombucha ociosa acabará por formar uma nova cultura.

Uma das minhas culturas Kombucha tem um buraco ou é dividido em pedaços porque eu tive que separá-lo da cultura mãe. Ainda posso usá-lo?

As culturas vão funcionar muito bem mesmo com buracos ou se eles foram rasgados pela metade.

O tamanho da cultura Kombucha é importante em relação à quantidade de Kombucha que eu vou preparar?

Não, mesmo uma pequena cultura Kombucha fermentará efetivamente um galão cheio de chá. Nós recomendamos usar uma cultura ou um pedaço de uma cultura. A cultura deve ter pelo menos 2,5cm de diâmetro.

Fonte: http://www.culturesforhealth.com/learn/kombucha/kombucha-tea-frequently-asked-questions-faq/



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post118

Os alimentos probióticos impulsionam o exercício físico?

BeneficiosPosted by Kefir BR Jan 29, 2017 21:07:14
Será que o consumo regular destas bactérias amigáveis faz com que o nosso desempenho nos treinos melhore? Se sim, quais são os alimentos probióticos em que devemos apostar?

Todos sabemos que uma alimentação saudável é um complemento essencial à atividade física regular. Está mais do que provado que consumirmos os alimentos certos com o máximo de nutrientes influencia positivamente o nosso rendimento e dá-nos a energia que precisamos. Mas, se de uma maneira geral a comida saudável é um boost para o nosso treino, de que forma é que os alimentos probióticos podem impulsionar o nosso desempenho?

Segundo a Organização Mundial de Gastroenterologia, estas bactérias amigáveis “quando administradas em quantidades apropriadas, conferem benefícios à saúde do hospedeiro”. Entre esses benefícios, estão “um trânsito intestinal regulado, intolerância à lactose atenuada, produção de anticorpos favorecida, diminuição do risco de contrair cancro do cólon e outras doenças intestinais e um sistema imunológico reforçado”.

Todas estas mais-valias são importantes no desempenho do exercício físico. Logo, podemos afirmar que o consumo de alimentos probióticos, embora não diretamente, é um bom impulsionador para o treino. Pegando num exemplo prático: quando estamos a fazer exercício de alta intensidade, o nosso sistema imunológico tem tendência a estar sob pressão. Desse modo, é essencial garantir que os níveis de imunidade estão no auge. Como? Através de alimentos com bactérias benéficas (como os probióticos) que mantém o corpo em equilíbrio.

Contudo, o stress derivado do treino, dia a dia no geral e alimentação que na maioria dos casos é sub-óptima, pode levar a um funcionamento digestivo ou intestinal deteriorado. Os probióticos ‘fortalecem’ estas funções vitais, conseguindo regularizar as mesmas. Isso pode fazer a diferença através duma menor desidratação e maior bem-estar, que se pode transformar em maior qualidade também do nosso treino e resultados derivados do mesmo

Sendo assim, em que alimentos probióticos é que os desportistas devem apostar?
Os iogurtes são uma boa ajuda para quem não tiver problemas com a lactose. Em casos mais ‘agudos’ de má digestão ou funcionamento intestinal (em alguns também hereditários) uma suplementação parece-me ser mais adequada. O kefir também é um bom exemplo. Este é conseguido através da fermentação do leite e tem inclusive mais concentração de probióticos que o iogurte.
Em suma, podemos afirmar que a inclusão de alimentos com microorganismos vivos benéficos na nossa rotina diária é um bom princípio, não só para nos dar mais energia, como para nos dar as defesas de que precisamos quando o nosso organismo começa a fraquejar.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post117

Potencial Biológico do Kefir

BeneficiosPosted by Kefir BR Dec 18, 2016 12:49:22
Os probióticos são micro-organismos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde do hospedeiro. Dentre eles se destacam os produtos lácteos como kefir. O kefir é uma suspensão de micro-organismos simbiontes formados por um grande número de cepas de bactérias e leveduras e produz uma bebida fermentada, resultando em uma solução ácida contendo compostos aromáticos, gás carbônico, etanol, peróxidos, dióxido de carbono, entre outros. Atualmente, o kefir se destaca pelo alto potencial como probiótico auxiliando principalmente na modulação da microbiota intestinal, melhora do sistema imune e controle da diarreia. Entretanto, novas formas de uso e preparo do kefir, além das tradicionais, estão sendo estudadas. Podemos concluir que embora exista muita procura por alimentos funcionais, o kefir ainda é pouco conhecido no Brasil. Assim, é preciso incentivar o hábito do consumo, e o uso deste produto em preparações, através da divulgação das informações acerca dos seus benefícios.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post116

ATIVIDADE ANTIBIÓTICA DE CEPAS DE BACTÉRIAS LÁCTICAS ISOLADAS DO KEFIR

BeneficiosPosted by Kefir BR Nov 28, 2016 09:20:46

O leite fermentado pelos grãos de Kefir é considerado um alimento probiótico pelos inúmeros benefícios que pode trazer para a saúde dos consumidores. Os grãos de Kefir contém em sua microbiota bactérias ácido láticas que podem ser capazes de inibir o crescimento de microrganismos patogênicos. As cepas de bactérias lácticas isoladas do kefir apresentaram diferentes capacidades de inibir cepas patogênicas de importância em alimentos. Das 20 cepas avaliadas 90% apresentaram atividade antimicrobiana frente Staphylococcus aureus, 85% frente a Salmonella typhimurium e 95% frente a Eschericia coli.

Os alimentos fermentados são definidos como produtos preparados a partir de matérias-primas cruas ou aquecidas, que adquirem características peculiares, por um processo onde os microrganismos estão envolvidos. Em alguns casos, as enzimas endógenas de matérias-primas cruas possuem um papel decisivo no processo de transformação (BUCKENHÜSKES, 1993). Leites fermentados são produtos obtidos da fermentação do leite pasteurizado ou esterilizado sob a ação de bactérias ácido-lácticas que convertem parte da lactose em ácido láctico. Outras substâncias como dióxido de carbono, ácido acético, diacetil e alcetaldeído são formadas nesse processo e conferem aos produtos características sensoriais peculiares (GOMES & MALCATA, 1999). Um exemplo de leite fermentado por microorganismos é o Kefir. Essa bebida é produzida a partir da fermentação alcoólica e ácido-lática realizada por grãos de Kefir, diferindo assim do iogurte, por ser menos denso e por conter além do ácido láctico, álcool e gás carbônico (CZAMANSKI, 2004; SOUZA et al., 1984). Os grãos de kefir são formados por uma microbiota simbiótica, não patogênica, bastante variável, agrupada de forma organizada formada por diversas leveduras fermentadoras ou não de lactose e bactérias lácticas (BESHKOVA et al., 2003; NINANE et al., 2005; ORDÓÑEZ, 2005). Entre os microrganismos estão Lactobacillus kefir, espécies dos gêneros Leuconostoc, Lactococcus e Acetobacter, que produzem ácido láctico, etanol, dióxido de carbono e outras substâncias. Esses compostos contribuem com a formação do sabor e aroma característicos do Kefir tradicional (GUZEL–SEYDIM et al., 2000). As bactérias lácticas ocupam importante papel na produção de alimentos fermentados, pois além de estarem envolvidas na elaboração de vários alimentos, algumas espécies são capazes de produzir biocinas que inibem o crescimento de outras espécies bacterianas, assim podem ser utilizadas como culturas bioprotetoras de alimentos obtidos por fermentação (BUCKENHÜSKES, 1993; HANSEN, 2002; OTLES; CAGIDI, 2003). Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi verificar a atividade antimicrobiana de cepas de bactérias lácticas, isoladas dos grãos de kefir e do leite fermentado pelo kefir, frente a microrganismos de importância em alimentos. Material e Métodos Para este estudo inicialmente foram isoladas 20 cepas de bactérias lácticas de grãos de kefir e do leite fermentado por kefir. O isolamento foi realizado em placas com Agar Man, Rogosa e Sharpe (MRS). A capacidade inibitória foi avaliada pela possível ação de biocinas produzidas durante o crescimento dos isolados em caldo MRS utilizando a técnica de difusão por cavidade. O caldo fermentado por 48 h a 37ºC pelas diferentes cepas de bactérias lácticas foi centrifugado para separar a biomassa. Após foi concentrado a 50% de seu volume em estufa com circulação de ar a 45ºC. Em seguida o caldo concentrado foi filtrado em membrana de 0,2 µm e utilizado para avaliar a possível ação antimicrobiana (MUFANDAEDZA et al., 2006). As cepas de Escherichia coli, Staphylococcus aureus e Salmonella typhimurium foram cultivadas em tubos com 10 ml de caldo tripticase de soja (TSB). Essas cepas patogênicas foram semeadas com o auxilio de swab estéril em placas de Petri contendo 15 ml de Agar Tripticase de Soja (TSA). Depois da absorção completa do inoculo pelo meio de cultura foram feitos poços de 8 mm de diâmetro aos quais foram adicionados 50 µl do caldo concentrado e filtrado das diferentes culturas de bactérias lácticas. As placas foram mantidas a 4ºC por 3 h para permitir a difusão do caldo concentrado no meio de cultura, depois as placas foram incubadas por 24 h a 37ºC. A atividade antimicrobiana foi verificada pela formação ou não de uma zona de inibição (halo) ao redor da cavidade (MUFANDAEDZA et al., 2006).

As bactérias lácticas despertam grande interesse devido ao seu potencial de utilização no biocontrole. Algumas espécies exercem atividade inibitória frente a outras bactérias, devido a competição direta por nutrientes ou pela produção de compostos com efeitos antagônicos, tais como ácidos orgânicos, diacetil, peróxido de hidrogênio, e bacteriocinas (CAPLICE; FITAGERALD, 1999; HANSEN, 2002). Os resultados do teste de atividade antimicrobiana do caldo MRS fermentado pelas cepas de bactérias lácticas e concentrado a 50%, frente as cepas de patógenos de impostância em alimentos estão apresentados na tabela 1. As cepas de bactérias lácticas testadas apresentaram diferenças na capacidade de inibir o crescimento dos patógenos testados. Isso pode ser observado pela formação de halos de inibição de diferentes tamanhos. Porém algumas cepas não possuem atividade antimicrobiana frente as cepas de patógenos testadas, pois não ocorreu a formação de halos de inibição ao redor da cavidade. Das 20 cepas de bactérias lácticas avaliadas, 90% apresentaram ação antimicrobiana com diferentes intensidades frente a cepa de Staphylococcus aureus. Sendo que a cepa que mais se destacou formou um halo maior que 1,95 mm. Tendo em vista que as cepas de S. aureus são produtoras de enterotoxinas, as quais estão associadas a surtos de intoxicações alimentares em humanos, torna-se necessário a inibição do crescimento desses microrganismos em alimentos (SILVA; GANDRA, 2004). Em relação a inibição do crescimento da cepa de Salmonella typhimurium pelas cepas de bactérias láticas, 85% das cepas foram capazes de inibir o crescimento do patógeno. A cepa que apresentou maior atividade inibitória formou um halo de 1,92 mm. As cepas de bactérias láticas também mostraram-se eficientes quando submetidas ao teste de inibição do crescimento da cepa de Escherichia coli, onde 95% das cepas foram capazes de inibir seu crescimento. O maior halo de inibição formado foi de 1,67 mm. A presença de E.coli em alimentos pode trazer risco à saúde dos consumidores, pois algumas cepas são comprovadamente patogênicas. Com posse dessa informação é de suma importância a restrição do crescimento deste microrganismo em alimentos (FRANCO; LANDGRAF, 2007). Conclusão Com este estudo foi possível selecionar cepas de bactérias lácticas isoladas de grãos e de leite fermentado por kefir com capacidade de inibir o crescimento de espécies de bactérias patogênicas que podem estar presentes nos alimentos. Dessa forma existe a possibilidade de utilizar as cepas que possuem maior capacidade inibitória como culturas bioprotetoras de alimentos, especialmente os obtidos por fermentação.

Fonte: http://anais.unicentro.br/siepe/isiepe/pdf/resumo_371.pdf



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post115

Propriedades antimicrobianas do kefir

BeneficiosPosted by Kefir BR Nov 27, 2016 12:23:44

Os leites fermentados têm sido amplamente consumidos desde a Antiguidade e, atualmente, comercializados em todo o mundo. Kefir é um leite fermentado, ácido, levemente alcoólico, produzido artesanalmente a partir da fermentação do leite pelos grãos de kefir, os quais contêm uma população estável de micro-organismos. O processo fermentativo gera uma série de compostos que conferem sabor e aroma característicos ao kefir, além de substâncias bioativas, responsáveis por propriedades nutracêuticas. A utilização de micro-organismos com propriedades antimicrobianas como conservantes naturais é uma alternativa que tem como vantagem a inibição do desenvolvimento de bactérias deteriorantes e patogênicas sem o uso de substâncias químicas indesejáveis. O interesse em tais espécies aumentou nos últimos anos, viabilizando o uso desses micro-organismos probióticos como conservantes e inibidores naturais em vários produtos de origem animal, como leites, carnes e derivados. O objetivo deste trabalho foi apresentar uma revisão da literatura sobre as propriedades antimicrobianas atribuídas ao kefir.

A origem dos leites fermentados remete à Antiguidade, provavelmente ao momento em que o homem começou a utilizar o leite dos animais na sua alimentação. As tribos nômades adquiriram o hábito de conservar o leite em odres e recipientes de cerâmica ou peles de animais, onde o leite acabava fermentando. Logo, observavam um produto cuja vida útil era mais prolongada que a da matéria-prima. Desse modo, desenvolveu-se uma tecnologia empírica e foram surgindo os diferentes tipos de leites fermentados que, desde então, têm sido amplamente consumidos e comercializados em todo o mundo (Ordóñez, 2005).

Leite fermentado é o produto resultante da fermentação do leite por fermentos lácteos próprios, segundo o Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Leites Fermentados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Esse tipo de alimento inclui produtos como iogurte, leite cultivado ou fermentado, leite acidófilo, kefir, kumys e coalhada (Brasil, 2000). Kefir é um leite fermentado, ácido, levemente alcoólico, produzido artesanalmente a partir de grãos que contêm uma população relativamente estável de micro-organismos (Abraham; De Antoni, 1999). O processo fermentativo gera uma série de compostos que conferem sabor e aroma característicos ao kefir, além de substâncias bioativas, responsáveis por propriedades nutracêuticas (Ahmed et al., 2013).

Estudos têm demonstrado que o consumo regular de kefir traz uma série de benefícios à saúde, tais como estimulação do sistema imune (Vinderola et al., 2005), atividade antimicrobiana contra patógenos (Rodrigues et al., 2005), equilíbrio da microbiota intestinal (Marquina et al., 2002) e ação antitumoral (Farnworth et al., 2005). A utilização de micro-organismos com propriedades antimicrobianas como conservantes naturais é uma alternativa que tem como vantagem a inibição do desenvolvimento de bactérias indesejáveis sem o uso de substâncias químicas (Pelaez, 2013).

O objetivo deste trabalho foi apresentar uma revisão da literatura sobre as propriedades antimicrobianas atribuídas ao kefir.

De acordo com Guerra; Pastrana (2002), bactérias ácido-lácticas podem crescer em meios de cultura alternativos sem perder a habilidade de produzir compostos antimicrobianos. O interesse em tais espécies aumentou nos últimos anos, viabilizando o uso desses micro-organismos probióticos como conservantes e inibidores naturais em vários produtos de origem animal, como leites, carnes e derivados. Entende-se por probióticos micro-organismos vivos capazes de melhorar o equilíbrio microbiano intestinal, produzindo efeitos benéficos à saúde do indivíduo (Vasiljevic; Shah, 2008). Embora ainda não esteja bem esclarecido, três possíveis mecanismos de ação são atribuídos aos probióticos:

A competição por nutrientes e por sítios de adesão, denominada exclusão competitiva (Cross, 2002),

A alteração do metabolismo microbiano, por meio do aumento ou da diminuição da atividade enzimática (De Vrese et al., 2001),

O estímulo da imunidade do hospedeiro, por intermédio do aumento dos níveis de anticorpos e do aumento da atividade dos macrófagos (Coppola; Gil Turnes, 2004). Para ser considerado probiótico, o micro-organismo precisa ser resistente ao suco gástrico e à bile, mantendo viabilidade e atividade no intestino (Santos et al., 2006). A composição microbiológica do kefir o caracteriza como um alimento complexo, com um grande número de micro-organismos simbióticos, dos quais várias bactérias têm sido identificadas como probióticas (Farnworth et al., 2005).

A bebida kefir é obtida a partir da adição de grãos de kefir ao leite para promover a fermentação. Os grãos de kefir consistem em massas gelatinosas irregulares, nas quais estão contidas bactérias ácido-lácticas, ácido-acéticas e leveduras imersas em uma matriz de proteínas e polissacarídeos (Bosch et al., 2006). Os micro-organismos mais comumente isolados de grãos de kefir compreendem os gêneros Lactobacillus (L. brevis, L. casei, L. kefiri, L. acidophilus, L. plantarum, L. kefiranofaciens subsp. kefiranofaciens, L. kefiranofaciens subsp. kefirgranum, L. parakefir), Lactococcus (L. lactis subsp. lactis), Leuconostoc (L. mesenteroides), Acetobacter, Kluyveromyces (K. marxianus) e Saccharomyces (Takizawa et al., 1998; Witthuhn et al., 2005; Chen et al., 2008).

Muitas espécies de Lactocbacillus são capazes de produzir uma variedade de compostos antimicrobianos, como ácidos orgânicos, dióxido de carbono, etanol, polissacarídeos e bacteriocinas, que apresentam potencial no controle de patógenos e bactérias de deterioração durante a produção e o armazenamento dos alimentos (Messes; De Vuyst, 2002). Além de conferir aroma, sabor e textura aos derivados lácteos, bactérias ácido-lácticas que apresentem ação inibitória sobre micro-organismos indesejáveis podem ser utilizadas na indústria de alimentos como bioconservantes, em substituição aos conservantes tradicionais (Caplice; Fitzgerald, 1999).

Dias et al. (2012) avaliaram a sobrevivência de bactérias patogênicas veiculadas pelo leite durante a fermentação do kefir produzido artesanalmente. O estudo demonstrou que a fermentação do leite provocada pelos micro-organismos presentes nos grãos gerou um ambiente desfavorável às bactérias testadas. SalmonellaTyphimurium e SalmonellaEnteritidis não foram recuperadas após 24 horas de fermentação do kefir. Os ácidos orgânicos, lático e acético, resultantes do catabolismo dos carboidratos contribuem para o decréscimo do pH, tornando o ambiente hostil para a maioria dos micro-organismos (Bosch et al., 2006; Farnworth, 2005; Magalhães et al., 2010). Garrote et al. (2000) atribuíram o efeito bacteriostático do kefir aos ácidos orgânicos produzidos.

Czamanski (2003), pesquisando a ação antimicrobiana do kefir sobre micro-organismos Gram-negativos, observou inativação de Salmonella após 60 minutos de exposição. Dias (2011) estudou a atividade antimicrobiana de 60 micro-organismos isolados de grãos de kefir por meio do teste do antagonismo e do teste de inibição com sobrenadantes contra Salmonella Enteritidis, Salmonella Typhimurium, E. coli, S. aureus e L. monocytogenes. O pH dos sobrenadantes foi determinado antes de testar a atividade antimicrobiana e o teste foi repetido após o tratamento com substância neutralizante (NaOH), a fim de excluir a ação dos ácidos orgânicos. Três (12%) isolados apresentaram atividade antimicrobiana, demonstrando que a acidificação não é o único fator envolvido na inibição dos patógenos. L. monocytogenes não foi inibida após a neutralização do sobrenadante. González et al. (2007) testaram a ação inibitória de 137 cepas de Lactobacillus e também não verificaram atividade contra L. monocytogenes após a neutralização do pH. Os resultados desses estudos são sugestivos de que as substâncias bioativas produzidas pelas espécies de Lactobacillus, embora apresentem ação inibitória sobre importantes micro-organismos patogênicos, não são capazes de afetar o crescimento de L. monocytogenes.

Segundo Rodrigues et al. (2005), exopolissacarídeos denominados kefiran, produzidos por alguns Lactobacillusisolados de grãos de kefir, têm sido responsabilizados pelas propriedades antimicrobianas. Em estudo comparativo da atividade antimicrobiana de kefir, extrato de kefiran e antibióticos, esses autores demonstraram que o kefiran foi capaz de inibir sete bactérias testadas. Nesse trabalho, os autores também testaram a atividade cicatrizante do kefir e do kefiran e perceberam uma melhora nas feridas cutâneas de ratos infectadas com S. aureus, em comparação com os tratados com a emulsão de clostebol-neomicina. Medrano et al. (2008) estudaram o efeito protetor do kefiran sobre células Caco-2 e demonstraram redução no efeito citopático causado por Bacillus cereus, quando as células eram cultivadas na presença de kefiran. Outros efeitos benéficos do kefiran, como modulação da resposta imune na mucosa intestinal (Medrano et al., 2011) e nas vias aéreas (Kwon, 2008) e ação anti-inflamatória (Furuno; Nakanishi, 2012) e antioxidante (Uchida et al., 2010), têm sido reportados.

De acordo com a bibliografia consultada, o kefir, por meio dos micro-organismos que o compõem e das substâncias bioativas por eles produzidas, constitui uma alternativa viável na busca de substitutivos para os antimicrobianos convencionais. Vários trabalhos demonstram o potencial uso de micro-organismos isolados de grãos de kefir diante de patógenos de origem alimentar, porém seus mecanismos de ação ainda são pouco conhecidos. Nesse sentido, mais estudos devem ser desenvolvidos a fim de esclarecer esses mecanismos e a segurança para o seu uso na Medicina e em alimentos.

Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-16572016000100403&lng=pt&nrm=iso&tlng=en



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post114

Mecanismos de ação das Cepas Probióticas

ProbióticosPosted by Kefir BR Oct 28, 2016 22:27:21

Bifidobacterium bifidum - o probiótico mais dominante em crianças e no intestino grosso. Apoia a produção de vitaminas no intestino, inibe bactérias nocivas, apoia a resposta do sistema imunológico e evitar a diarreia.

Bifidobacterium longum - suporta a função de fígado, reduz a inflamação, remove chumbo e metais pesados.

Bifidobacterium breve - ajuda a colonizar comunidade intestino saudável e multidão as bactérias ruins.

Bifidobacterium infantis - alivia os sintomas da SII, diarréia e constipação.

Lactobacillus casei - apoia a imunidade, inibe h. pylori e ajuda a combater infecções.

Lactobacillus acidophilus - alivia gás, inchaço, melhora a intolerância à lactose.Mostrado 61 por cento de redução em e. coli, níveis mais baixos de colesterol e criação de vitamina K. Além disso, importantes na resistência imunológica GALT.

Lactobacillus bulgaricus - um poderoso estirpe probiótica que foi mostrado para combater as bactérias nocivas que invade o sistema digestivo e é suficientemente estável para suportar os sucos digestivos ácidas do estômago. É também neutraliza toxinas e naturalmente produz os seus próprios antibióticos.

Lactobacillus brevis - mostrado para sobreviver no tracto GI, aumentar a imunidade celular, células natural T-assassinas melhoradas e matar h. pylori bactérias.

Lactobacillus rhamnosus - suporta equilíbrio bacteriano e suporta uma pele saudável.Ajuda a combater infecções do trato urinário, infecções respiratórias, e reduzir a ansiedade, reduzindo os hormônios do estresse e receptores de neurotransmissores GABA. Além disso, sobrevive tracto GI.

Bacillus subtilis - um probiótico endospore que é resistente ao calor. Provoca uma resposta imune potente e suporta GALT. 15,16 suprime o crescimento de bactérias ruins, como salmonelas e outros agentes patogênicos.

Bacillus coagulans - um probiótico endospore que é resistente ao calor e melhora a absorção de nutrientes. Também tem sido mostrado para reduzir a inflamação e sintomas da artrite.

Saccharomyces boulardii - uma cepa probiótica de levedura que restaura a flora natural do intestino grosso e delgado e melhora o crescimento celular intestinal. Tem-se revelado eficazes no tratamento da doença inflamatória do intestino como a doença de Crohn . Tem sido demonstrado que têm efeitos anti-toxina , ser antimicrobiana, e reduzir a inflamação.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post113

7 razões para beber Kombucha todos os dias

ProbióticosPosted by Kefir BR Oct 28, 2016 22:18:06

Conhecido como o "Saúde Elixir Imortal" pelos chineses e originários do Extremo Oriente cerca de 2.000 anos atrás, kombucha é uma bebida com enormes benefícios para a saúde .

Kombucha é uma bebida fermentada de chá preto e açúcar (a partir de várias fontes, incluindo o açúcar de cana, frutas ou mel) que é usado como um funcional alimentos .Ele contém uma colónia de bactérias e de leveduras que são responsáveis pela iniciação do processo de fermentação, uma vez combinadas com açúcar. Depois de ser fermentado, torna-se kombucha carbonatada e contém vinagre, B-vitaminas, enzimas,probióticos e uma elevada concentração de ácido (acético, láctico e glucónico), que estão ligados com os seguintes efeitos:

A solução cana-de-chá é fermentado por bactérias e leveduras comumente conhecido como um " scoby " (colónia simbiótica de bactérias e leveduras). Embora geralmente é feito com chá preto, kombucha também pode ser feita com chá verde também.

Beneficios Probióticos do Kombucha

Um artigo publicado na revista Food Microbiology estabelecido que os seguintes probióticos compõem este elixir da saúde:

  • Gluconacetobacter (> 85 por cento na maioria das amostras)
  • Acetobacter (<2 por cento)
  • Lactobacillus (até 30 por cento em algumas amostras)
  • Zygosaccharomyces (> 95 por cento)

Em última análise, este cocktail de boas bactérias interagem entre si de uma forma única para produzir alguns benefícios para a saúde inacreditável para quem o bebe.

7 Benefícios Kombucha Saúde

Em pesquisa publicada no Journal of Medicinal Food 2014, pesquisadores da Universidade da Letónia dizer o seguinte sobre os benefícios de saúde de kombucha:

Mostra-se que [kombucha] pode eficientemente agir de preservação da saúde e recuperação devido a quatro propriedades principais: desintoxicação, anti-oxidação, potências energizantes, e promoção de aumentar a imunidade.

Nós concordamos! Na verdade, segundo a pesquisa, existem cinco principais benefícios de saúde de kombucha.

1. Desintoxicação

A capacidade de desintoxicação de kombucha é imensa. Um exemplo perfeito é na sua capacidade para neutralizar a toxicidade das células do fígado.

Num estudo, as células hepáticas foram protegidos contra a lesão oxidativa e, na verdade, mantiveram a sua fisiologia normal, apesar de serem expostos a um toxina! De acordo com os pesquisadores, este era "provavelmente devido à sua actividade antioxidante e poderia ser benéfico contra doenças do fígado, onde o stress oxidativo é conhecida por desempenhar um papel crucial."

2. Digestão

Naturalmente, o antioxidante destreza deste chá antigo neutraliza radicais livres que criam desordem no sistema digestivo. No entanto, a maior kombucha razão suporta a digestão é por causa de seus altos níveis de ácidos benéficos, probióticos e enzimas.

Algumas pesquisas tem mostrado capacidade de kombucha para prevenir e curarintestino gotejante e úlceras estomacais . Nenhuma surpresa para nós, em alguns casos, é mesmo provou ser tão eficaz como drogas como Prilosec, que são comumente prescritos para a azia, GERD e úlceras.

Kombucha também pode ajudar a curar levedura Candida da superpopulação dentro do intestino, porque ajuda a restaurar o equilíbrio do sistema digestivo. Kombucha é uma ótima maneira de combater candida porque contém culturas probióticas vivas que ajudam o intestino a repovoar com boas bactérias, enquanto evicção a levedura Candida. Kombucha tem as bactérias, mas estes não são bactérias patógenos prejudiciais, em vez disso eles são o tipo benéficos (chamado "apathogens") que competem com "más" bactérias patógeno no intestino e do trato digestivo.

Uma coisa a mencionar aqui é que candida ou outros problemas digestivos pode às vezes ser questões complicadas para corrigir e sintomas pode realmente piorar antes de melhorar. Isso não significa que kombucha não é eficaz ou está a exacerbar o problema, assim que os problemas intestinais não são sempre um caminho direto para a cura e, por vezes, um pouco de paciência ou tentativa e erro é necessária.

3. Energia

A capacidade do Kombucha para revigorar as pessoas é creditado à formação de ferro que é liberado a partir do chá preto durante o processo de fermentação. Além disso, contém um pouco de cafeína (embora em muito pequenas quantidades) e B-vitaminas, que pode energizar o corpo.

Através de um processo especial conhecido como quelação , o ferro liberado ajuda a aumentar a hemoglobina no sangue, melhorando a oferta de oxigênio para os tecidos e estimular o processo de produção de energia a nível celular. Em outras palavras, ajudando o corpo a criar mais energia (ATP), o antigo chá pode ajudar aqueles que regularmente beber ficar energizado.

4. Saúde Imune

O efeito global que tem kombucha para modular o sistema imunológico é melhor vista na sua capacidade para controlar os radicais livres por meio de medidas de antioxidantes.

Clinicamente comprovada para diminuir o stress oxidativo e imunossupressão relacionada, um poderoso antioxidante conhecido como D-sacárico ácido 1, 4-lactona(DSL) foi descoberto durante o processo de fermentação kombucha que não é encontrada no chá preto sozinho.

Os cientistas suspeitam que DSL ea vitamina C presente em kombucha são os seus principais segredos para proteger contra os danos celulares, doenças inflamatórias, tumores e depressão geral do sistema imunológico. Além disso, sabemos que os probióticos encontrados em kombucha apoiar o sistema imunológico.

5. Joint Care

Kombuchá pode ajudar a curar, reparar e prevenir danos nas articulações em um número de maneiras. Kombuchá é carregado com glucosaminas, que aumentam a produção de ácido hialurónico sinovial. Isto apoia a preservação de colágeno e previne dores artríticas . Da mesma forma que suporta colagénio articulação, que também suporta o colagénio de todo o corpo e reduz a aparência de rugas na pele.

6. Prevenção do Cancro

Kombucha é também benéfica para o cancro prevenção e recuperação. Um estudo publicado no Cancer Letters mostrou que o consumo de ácido glucárico encontrado em kombucha reduziu o risco de câncer em seres humanos.

Presidente Reagan, mesmo supostamente bebia kombucha diariamente como parte de seu regime de combater o câncer de estômago.

7. Perda de peso

Dados de um estudo em 2005 mostrou evidências de que kombucha melhora o metabolismo e limita o acúmulo de gordura.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post112

Probióticos trazem efeitos colaterais?

ProbióticosPosted by Kefir BR Oct 28, 2016 22:11:29

Os efeitos colaterais conhecidos definem-se basicamente na diarreia. Isso se você tomar muito. Por isso é ideal começar com uma quantidade menor, como uma colher de sopa de kefir ou uma cápsula de probiótico por dia e somente aos poucos aumentar a dose (não excedendo um litro diário).

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post111

20 Benefícios probióticos comprovados

BeneficiosPosted by Kefir BR Oct 28, 2016 22:04:36

- Impulsionar o sistema imunitário

- Prevenir e tratar infecções do trato urinário

- Melhorar a função digestiva

- Curar doenças inflamatórias intestinais como IBS 4

- Gerir e prevenir eczema em crianças

- Combater doenças de origem alimentar

- Reduzir a gripe e resfriados

- Reduzir o uso excessivo de antibióticos

- Tratar pedras nos rins

- Tratamento de cólicas

- Prevenir as cáries e doenças gengivais

- Colite tratamento e doença de Crohn

- Combater bactérias resistentes a antibióticos

- Tratar a doença hepática

- Batalha do cancro

- Gerenciar o autismo

- Reduzir o colesterol

- Combater as bactérias que causa úlceras

- Melhorar a acne

- Perder peso



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post110

Definição dos Probióticos

BeneficiosPosted by Kefir BR Oct 28, 2016 21:55:26

Os probióticos são bactérias que revestem o aparelho digestivo e tem como função apoiar a capacidade do organismo de absorver nutrientes e combater a infecção.
Na verdade, existem 10 vezesmais probióticos em seu intestino, em seguida, células do seu corpo!

Sua pele e sistema digestivo por si acolher cerca de 2.000 tipos diferentes de bactérias.
Benefícios probióticos têm se mostrado eficazes no suporte da função imunológica e digestão saudável, bem como uma pele bonita.

Suas boas bactérias do intestino também são responsáveis por:

  • A produção de vitamina B-12, vitamina K2 e butirato
  • Crowding out mau bactérias, leveduras e fungos
  • Criação de enzimas que destroem as bactérias nocivas
  • Estimulando a secreção de IgA e células T reguladoras

Os probióticos estão em nossos sistemas, desde o momento em que entramos no mundo. Quando um recém-nascido passa pelo canal de parto da mãe durante o parto, esta exposto às bactérias da sua mãe pela primeira vez. Este evento inicia uma cadeia de eventos no interior do tracto GI do bebê, e trato gastrointestinal da criança começa a produzir boas bactérias.

A maioria das pessoas, incluindo crianças, estão na necessidade de um impulso probiótico devido ao uso de prescrição de medicação nomeadamente antibióticos, bem como dietas ricas em hidratos de carbono, o consumo de água clorada e fluoretada, e os alimentos convencionais, tais como a carne não-orgânica e laticínios que contêm resíduos de antibióticos. Estes produtos químicos matam probióticos em seu sistema, que ao longo do tempo irá danificar o seu aparelho digestivo.
Estamos expostos a muitos desses alimentos, toxinas e estresse em uma base diária, e se você estiver indo para restaurar sua saúde digestiva, eles devem ser abordadas. Se não forem tratados, seu intestino microrganismos tornam-se desequilibrada e seu sistema pode tornar-se um terreno fértil para más bactérias, leveduras, vírus, fungos e parasitas. A única maneira de corrigir este problema e curar seu intestino é eliminar os alimentos que alimentam as bactérias ruins e começar a consumir alimentos e suplementos probióticos.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post109

Benefícios probióticos

BeneficiosPosted by Kefir BR Oct 28, 2016 21:45:26


P
robioticos - Palavra chave para uma melhor saúde, sistema imunológico mais forte, para curar problemas digestivos, doenças de saúde mental e distúrbios neurológicos.

Uma nova pesquisa está continuando a provar que os benefícios de probióticos vão muito além do que se pensava anteriormente.

Benefícios probióticos começam no intestino

Nosso aparelho digestivo é fundamental para a nossa saúde. 80 por cento de todo o seu sistema imunitário está localizado em seu aparelho digestivo! Essa é uma porcentagem surpreendente.

Além do impacto sobre o nosso sistema imunológico, o nosso sistema digestivo é a segunda maior parte do nosso sistema neurológico. Ele é chamado de nosso sistema nervoso entérico e está localizado no nosso intestino. É por isso que ele é chamado o nosso segundo cérebro!

Muitas pessoas com problemas de saúde, tais como os desequilíbrios da tireóide, fadiga crônica, dores articulares, psoríase, autismo, e muitas outras condições não percebem que estas doenças têm origem no intestino.

Estas estatísticas são alarmantes. A saúde do intestino realmente afeta números muito maiores do que estas estatísticas ilustram. Isso porque a sua saúde digestiva afeta cada sistema fisiológico em seu corpo.

E as muitas toxinas que estamos sujeitos a hoje diminuir a função digestiva, afetando nossa capacidade de utilizar os nutrientes, livrar-nos do colesterol, provocando crônica
A inflamação no corpo é a causa de muitas doenças.

O segredo para restaurar sua saúde digestiva é tudo sobre equilibrar as boas e más bactérias no seu intestino. Se você estiver indo para ser saudável, você deve considerar o consumo de alimentos ricos em probióticos e suplementos todos os dias.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post108

Consuma probióticos e mantenha seu intestino saudável

BeneficiosPosted by Kefir BR Oct 16, 2016 13:35:21

O intestino preso para algumas pessoas, pode ser apenas um problema esporádico que ocorre uma vez ou outra, mas para muita gente, é um problema constante.

É um engano comum pensar que o intestino preso ou prisão de ventre, acomete apenas mulheres e idosos. Embora de fato eles sejam os mais comuns de serem afetados por esse incômodo, esse problema pode ocorrer com todos, homens, mulheres, crianças e idosos.

A característica mais comum que causa o intestino preso, é a baixa ingestão de fibras na alimentação. Mais comum, mas não a única.

Os sintomas da prisão de ventre podem ser, fezes duras e “cortadas”, evacuação irregular, difícil e por vezes incompletas. Além de abdômen estufado, dores e gases.

Quando esse problema persiste por muito tempo, meses ou anos, pode acabar gerando outras complicações e doenças, tais como: Hemorroidas, diverticulites, e câncer intestinal ou retal, devido o acúmulo de fezes na parede do intestino.

Probióticos são uma das melhores formas de se manter um intestino saudável, proteger o corpo contra infecções, melhorar a absorção dos nutrientes e principalmente, favorecer a formação e eliminação das fezes.

O Kefir de leite é o melhor probiótico que tem, mas além dele, exitem os iogurtes, leites fermentados e até mesmo cápsulas disponíveis no mercado.

Dentre os microrganismos mais usualmente presentes nesses produtos estão bactérias dos tipos Bifidobacterium e Lactobacillus.

Inclua sempre os probióticos no seu café da manhã e lanche. Adicione farelos, aveia, granola ou mesmo frutas.

Mas lembre-se, nada de excesso, pois pode causar diarreia.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post107

Dicas de uso de Kefiraride ou soro do Kefir

ProbióticosPosted by Kefir BR Oct 16, 2016 12:34:33

Quando coamos o Kefir e deixamos ele descansar por algum tempo, podemos verificar a presença de um líquido amarelo que pode ficar tanto na superfície, no fundo ou mesmo no meio do pote. Esse líquido é o Kefiraride ou soro do Kefir, muito rico em kefiran – gel solúvel polissacarídeo presente nos grãos de kefir, composto por dois monossacarídeos, a glucose e a galactose, em proporções idênticas; é sintetizado pelas espécies de lactobacilos homofermentativos, incluindoLb.Kefiranofaciens e Lb. Kefiri – e que por isso, possui um papel importante na promoção da saúde.

O processo para se obter a Kefiraride é simples: Basta filtrar o kefir em um pano ou coador de café, de modo que somente o liquido passe. Deve-se deixar coando por 12 horas na geladeira para se obter uma quantidade satisfatória. Depois de coar o Kefir temos 2 subprodutos do Kefir: O creme de Kefir ( cheese cream) e a Kefiraride ( soro do leite).

Benefícios do Soro de Kefir na Saúde

O Kefiraride é bastante semelhante ao Whey Protein, já que ambos são derivados do leite, mas os benefícios do Kefiraride na saúde são muito mais abrangentes.

Kefir Vera” queimadura de sol – loção calmante e curativa:

Indicado para acalmar ao ardor das queimaduras:

  • Bata no liquidificador 1 parte kefiraride com 1 parte do gel da folha de Alloe Vera (Babosa) (remova a pele exterior da folha fresca. O restante é um gel de Alloe Vera).
  • Para cada 100ml da mistura de Alloe com Kefiraride, adicione 1 colher de sopa de azeite de olivas extra virgem e misture novamente por 30 segundos.
  • Coe com um pano ou um coador (misture bem antes de usar).

Modo de Aplicar: No primeiro dia se aplica 3 a 4 camadas de loção de “Kefir-Vera” sobre a pele afetada por queimadura de sol, deixando essa camada secar. Depois, é só aplicar uma vez ao dia. Depois de mais ou menos uma semana qualquer pele danificada devido à queimadura de sol, se recompõe e não ficará coçando, como aconteceria sem o uso desta loção.

Loção de barbear:
  • Em um liquidificador, misture 1 parte de kefiraride com 1 parte de gel da folha de Alloe Vera (Babosa), coe com um pano ou coador.

Modo de Aplicar: Passe no rosto e se barbeie. Retire o que sobrar da pele usando uma toalha molhada ou seca. O uso contínuo da loção de kefiraride, depois do barbear-se, melhora a pele agindo como um hidratante natural, reduzindo as erupções cutâneas ao barbear-se.

Lavando o rosto:
  • Adicione Kefiraride à água morna e use para lavar seu rosto. O Kefiraride atua ajudando a fechar os poros como um adstringente natural.
Lavagem natural de cabelo e anticaspa:
  • Use o Kefiraride para lavar seu cabelo, deixando-o sedoso, forte e saudável! Use o Kefiraride puro e morno e massageie o cabelo por mais ou menos 1 minuto. Repita o processo e enxágüe com a água limpa. Para um tratamento anticaspa, antes de enxaguar, deixe agir por mais ou menos 10 min.
Máscara para o rosto:
  • Misture o Kefiraride com qualquer receita de máscara facial. Também atua ajudando a fechar os poros como adstringente natural.
Controle da Cândida Albicans (causador da afta e vaginite):

A Dra. Orla Jenson, uma notável bacteriologista dinamarquesa, ressalta que o “Kefir digere as células de leveduras e tem um efeito benéfico na flora intestinal” de onde ele pode ser usado na prevenção e combate a Cândida. É pela mesma razão que muitas mulheres, nos Estados Unidos, usam yougurt natural (com lactobacilos vivos), como um poderoso agente anticândida no tratamento de candidíase vaginal, sendo muitas vezes um dos poucos que funcionam nos casos crônicos de resistência aos remédios da medicina alopática. Um estudo no Centro Médico Judeu em Nova York apresentou uma enorme redução na infestação de cândida vaginallis com o uso de probióticos.

Modo de Aplicar: O Kefiraride pode ser usado junto com uma trama de flor de calêndula, camomila, folha e ou raiz de “confrei” e chá de raiz de tumeric. Usar uma parte de Kefiraride com uma parte de chá dessas ervas. Adicione o kefiraride quando o chá estiver à temperatura do corpo.

Controle da Psoríase:

Kefiraride pode ser usado para ajudar no controle da psoríase (especialmente do couro cabeludo). Depois de lavar o cabelo, enxágüe com Kefiraride puro e deixe agir por mais ou menos 20 min. Enxágue o Kefiraride com água.

Soro de leite no feijão!

Usar na imersão de grãos, feijões e leguminosas para aumentar a sua digestibilidade e conteúdo nutricional, para neutralizar o ácido fítico e outros anti-nutrientes.

Muito se recomenda o consumo de grãos integrais, porem nas cascas desses, são ricas em fibras insolúveis, estes alimentos tende a conter um teor maior de ácido fítico.

A dica é deixar os grãos de molho em água morna acrescido do soro do leite de kefir por no mínimo uma noite; o molho neutraliza inibidores enzimáticos presente em todas as sementes e estimula a produção de outras enzimas benéficas, cuja ação aumenta a quantidade de vitaminas disponíveis, especialmente as do complexo B.

O ácido fítico provoca gases, “sequestra” minerais essenciais como o cálcio, magnésio, ferro e zinco e portanto pode contribuir para deficiência destes minerais em pessoas cuja dieta dependa de alimentos e que são ricos em ácido fítico, como fonte nutricional. Desta forma, o mesmo é um anti-nutriente. Para pessoas que já possuam um baixo consumo de minerais essenciais, seus efeitos podem ser indesejáveis.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post106

O valor nutricional do Kefir

ProbióticosPosted by Kefir BR Oct 16, 2016 12:12:21
Os produtos lácteos como o kefir, oferecem muitos benefícios para a saúde. De acordo com o USDA, consumindo produtos lácteos tem sido associada a uma melhoria da saúde do osso, um risco reduzido de doença cardiovascular e diabetes de tipo 2 e diminuição da pressão arterial. Se você é intolerante à lactose, a escolha de formas de cultura de laticínios pode ser mais preferível porque a maioria ou a totalidade da lactose é consumido pela levedura e bactérias cultivadas amigável-intestinal.

Oferece grande quantidade de cálcio, potássio e vitamina D. O cálcio ajuda o corpo a desenvolver ossos e dentes fortes, e auxilia na manutenção da massa óssea. Potássio promove pressão sanguínea saudável, melhorando a função renal, reduzindo a chance de coágulos de sangue e manter os vasos sanguíneos abertos. A vitamina D ajuda o corpo a manter os níveis adequados de cálcio e fósforo, necessário para manter os ossos saudáveis.
Se você é intolerante à lactose também poderá consumir. A lactose é consumido pelas bactérias amigáveis ​​ao intestino e leveduras durante o processo de fermentação. Este alimento é rico em enzimas. Fornece uma proteína completa, minerais essenciais e é uma boa fonte de vitaminas do complexo B. Ao contrário de iogurte comum, que contém bactérias benéficas transitórios, as bactérias em kefir coloniza o trato intestinal, tornando-se uma excelente opção para aqueles que estiveram em tratamentos com antibióticos, ou sofrem de doenças imunológicas.

De acordo com Jillian Michaels, o especialista em saúde e bem estar, 1 xícara de kefir tradicional, feito com leite integral contém 150 calorias, 8 gramas de gordura (5 dos quais estão saturadas), 12 gramas de hidratos de carbono e 8 a 11 gramas de proteína. Para reduzir a quantidade de gorduras e calorias, considerar beber as variedades de baixo teor de gordura.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post105

Quais são os cuidados que se deve ter com o kefir?

ProbióticosPosted by Kefir BR Oct 05, 2016 12:25:28
  1. O Kefir não pode ser manuseado com utensílios de metal ou ferro, já que ele reage com esses materiais. Prefira plástico, vidro, silicone ou Inox.
  2. Procure ter utensílios próprios para o Kefir, evitando assim contaminação.
  3. Os “bichinhos” podem morrer no contato com cloro, então cuidado quando higienizar seus utensílios, seque bem.
  4. A fermentação ocorre entre 15ºC e 45ºC.
  5. Para fermentar corretamente deixe fora da geladeira, tampado com um pano, de preferência em local quentinho.
  6. A fermentação solta gases que devem ser liberados, por isso não lacre o recipiente, tampe com algo poroso que permita a troca de ar com o ambiente.
  7. Não é necessário lavar a colônia.
  8. Tenha sempre uma muda congelada para qualquer imprevisto.
  9. O ciclo de fermentação pode e deve ser repetido para sempre.
  10. Quando sua colônia crescer doe o excedente e faça o próximo feliz :)


  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post104

Os produtos do Kefir tem baixo teor de carboidrato e podem ser considerados Low Carb!?

ProbióticosPosted by Kefir BR Oct 05, 2016 12:09:53
Sim. Durante a fermentação o kefir se alimenta do açúcar dos alimentos, o que tornará o produto final ainda mais interessante para pessoas que fazem uma alimentação Low Carb, já que o mesmo terá um baixíssimo teor de carboidratos.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post103

Intolerantes à lactose podem consumir Kefir de leite?

BeneficiosPosted by Kefir BR Oct 05, 2016 12:00:47
Intolerantes à lactose podem consumir Kefir de leite?

Podem sim. Isso acontece porque na fermentação os “bichinhos” se alimentam do açúcar do leite, a lactose, deixando o produto final com uma quantidade mínima do mesmo, ou até nada, dependendo da proporção de leite/grãos e do tempo de fermentação.

OBS: Tal característica possibilita o consumo do leite fermentado pelo Kefir apenas para intolerantes à lactose e não para os alérgicos ao leite.

Dessa forma, o consumo de produtos fermentados pelo Kefir vai depender do nível de intolerância da pessoa e da adaptação desse nível ao tempo de fermentação e a proporção de leite para grãos de Kefir.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post102

Benefícios do consumo de Kefir

BeneficiosPosted by Kefir BR Oct 05, 2016 11:55:56

O Kefir é um probiótico natural que já foi considerado o melhor alimento do mundo. Você sabe quais são os benefícios do kefir?Então entenda tudo sobre esse ótimo alimento que pode ajudar em várias áreas, desde o funcionamento do intestino até a prevenção do câncer.

Benefícios do consumo de Kefir:
  • anti-tumoral
  • antibacteriano
  • anti-fúngico
  • ajuda na prevenção do câncer
  • aumenta a imunidade
  • auxilia na absorção de nutrientes
  • combate a ansiedade
  • ajuda no tratamento de problemas respiratórios
  • auxilia no combate a insônia
  • ajuda o tratamento de doenças no estômago
  • corrigi problemas intestinais
  • auxilia no combate e tratamento de problemas cardíacos
  • ajuda a corrigir disfunção hepática

Além de ser um probiótico natural e fornecer inúmeros benefícios a saúde, o Kefir de leite também pode ser consumido por pessoas com intolerância à lactose.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post101

Kefir na dieta dos animais

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 23, 2016 13:11:58

A saúde e a doença do seu animalzinho começa no intestino dele - o maior órgão imunológico em seu corpo, colonizado por milhões de bactérias que mantêm o sistema imune funcionando adequadamente. No entanto, quando as bactérias patológicas superam as "boas bactérias" intestinais, sérios problemas relacionadas a doenças podem começar a acontecer!

"O intestino contém milhares de espécies de bactérias diferentes, que juntas pesam entre 0,5 e 1,5 kg. Esta massa contém trilhões de células, mais do que o número de células que compõem os nossos próprios corpos."- The Atlantic

Um fator importante que pesa contra as boas bactérias são os antibióticos - "anti" significa contra e "biótico" significa vida (contra a vida). Portanto, se o seu animal de estimação tem feito uso de antibióticos, as bactérias benéficas foram definitivamente destruídas. A parte assustadora é: a ciência ainda não sabe os efeitos a longo prazo causados ​​pelo uso de antibióticos em animais de estimação, que destroem bactérias essenciais à saúde.

"É encorajador saber que muitos pesquisadores não acreditam que a solução para o tratamento de doenças bacterianas são as novas classes de antibióticos, mas sim a prevenção da doença utilizando prebióticos e probióticos ... As bactérias em suplementos probióticos devem ser vivas e capazes de reproduzir, a fim de serem eficazes . É por isso que rações comerciais contendo probióticos não valem a pena. O processo de fabricação mata muitas das bactérias vivas, o que significa que há pouco ou nenhum efeito probiótico pelo tempo que o produto chega às prateleiras das lojas.

Kefir são colônias de micro-organismos do bem!

Os benefícios à saúde produzidos pelo Kefir são vastos e são provocados por mais de 30 espécies diferentes de micro-organismos, entre bactérias e leveduras, além de proteínas insolúveis, aminoácidos, carboidratos e lípidos complexos.

Mas que tipo de pesquisa nós temos que comprove que vale à pena adicionar kefir à alimentação dos nossos cães?

Um novo estudo microbiológico mostra que um probiótico comumente conhecido como Lactobacillus plantarum, presente no kefir, é capaz de degradar os resíduos de pesticidas perigosos em alimentos. Os pesquisadores descobriram que o Lactobacillus plantarum reforçada a degradação dos pesticidas em 15 a 34%.

Exposição a componentes químicos ocorre entre todos nós que fazemos parte do mundo industrializado. Nossos corpos, água, ar, alimentos e, agora, nossos pets estamos sujeitos a exposições de toxinas e substâncias químicas. O kefir pode ajudar com isso!

Ah, e se você odeia o câncer, tanto quanto eu, dois estudos separados descobriram que kefir também tem efeitos na prevenção do câncer.

Tradicionalmente feito com leite de vaca, de cabra ou leite de ovelha, kefir também pode ser feito com leite de coco ou de amêndoa ( com água de coco) também.

Kefir é muito seguro, mas isso não quer dizer que algumas pessoas ou animais domésticos estão 100% isentos de apresentar alguma reação a ele. Portanto, ao introduzir kefir na dieta do seu pet, lembre-se de ir lentamente.

Então, quanto você deve dar o seu animal de estimação?

Ingestão diária mínima recomendada de kefir:

cães de pequeno porte ou gatos = 1 colher de chá a 1 colher de sopa.

cães de tamanho médio = 1 a 2 colheres de sopa.

Cães de grande porte = 2 a 3 colheres de sopa.

Kefir pode fazer milagres para para o seu animal de estimação. Então vá em frente e comece a incorporá-lo na dieta dele para colher os benefícios que essa colônia de micro-organismos maravilhosa tem a oferecer.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post100

Ingestão de bactérias “boas” diminui inflamação que deflagra tumores, diz estudo

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 22, 2016 20:57:17

Ação anti-inflamatória de bactérias retardou o surgimento de câncer em ratos; combate a mecanismo inflamatório é uma das apostas da ciência para conter doença

O papel da flora intestinal em algumas doenças tem sido objeto de estudo da ciência com resultados interessantes. Pesquisas recentes mostraram que um desequilíbrio desses micro-organismos contribui para um risco aumentado para obesidade e diabetes tipo 2. Também na esteira desses achados, um outro estudo integra-se ao corpo de evidências dos benefícios desses seres habitantes do intestino. Análises em ratos mostraram que algumas têm potencial para a prevenção de tumores malignos. A pesquisa, publicada no periódico Plos One e feita na Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), nos Estados Unidos, mostrou que o poder anti-inflamatório de parte desses organismos pode ajudar a prevenir alguns tipos de câncer. O achado da equipe do pesquisador Robert Schiestl não vem do nada e é corroborado pela relação entre a inflamação e o câncer, há muito tempo discutido na literatura médica.

Os cientistas já sabem, por exemplo, que os tumores podem surgir de mecanismos como infecções e irritação crônica –e a inflamação tem um papel importante nesse processo. Ela é uma resposta do sistema imune à infecção e media a regeneração do tecido doente. Em alguns casos, entretanto, essa resposta inflamatória sai do controle e não cessa depois de “consertar” o estrago. O fenômeno, assim, possibilita o crescimento de células estranhas ao corpo, os tumores.

A inflamação é um mecanismo importante para entender surgimento de tumores e estudo sugere que probióticos podem contê-la. No intestino, há dois tipos de bactérias: as que possuem propriedades anti-inflamatórias e as que contribuem para a inflamação. O corpo humano possui aproximadamente 10 trilhões de células de bactérias. Para se ter uma ideia do volume, o número é dez vezes maior ao montante de células humanas que, somadas, chegam a somente 1 trilhão.

Como foi a pesquisa

Para avaliar se as bactérias com propriedades anti-inflamatórias seriam capazes de prevenir o surgimento de tumores, os cientistas isolaram a Lactobacillus johnsonii 456, a mais abundante das bactérias benéficas e utilizada também fora da medicina para fazer kefir, iogurte e chucrute, por exemplo.Depois, os pesquisadores usaram ratos que tinham mutações em um gene chamado ATM, o que os tornava suscetível a um distúrbio neurológico chamado Ataxia Telangiectasia. O distúrbio, que afeta 1 em cada 100.000 pessoas, está associado a uma elevada incidência de leucemia, linfomas e outros cânceres e possui sintomas diversos, como dificuldade de locomação, de fala e deficiência imunológica. Os ratos foram divididos em dois grupos -um que recebeu apenas bactérias anti-inflamatórias e outro que recebeu uma mistura de ambas (inflamatórias e anti-inflamatórias, configuração natural do intestino).

Entre outros resultados, os ratos que receberam as bactérias anti-inflamatórias demoraram mais para desenvolver o linfoma, mesmo sendo portadores do gene mutante que predispõe à condição. Também essas cobaias viveram quatro vezes mais e registraram menos dano ao DNA e inflamação.

A redução da inflamação é uma meta importante porque, além do câncer, a condição desempenha um papel chave em muitas doenças, incluindo neurodegenerativas, doenças do coração, artrite e lúpus.

Estudo foi comandado pelo pesquisador Robert Schiestl, da Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA). Foto: UCLA

Pesquisa anterior da UCLA já tinha apresentado a primeira evidência de uma relação entre a microbiota intestinal e o aparecimento de linfoma, um câncer que se origina no sistema imunológico. O novo estudo explica como essa microbiota poderia retardar o aparecimento de câncer, e sugere que os suplementos probióticos podem ajudar na prevenção.

“Juntos, estes resultados dão credibilidade à noção de que a manipulação de composição microbiana poderia ser usado como uma estratégia eficaz para prevenir ou aliviar suscetibilidade ao câncer”, escrevem os pesquisadores.Leia o estudo:

“Chemopreventive Metabolites Are Correlated with a Change in Intestinal Microbiota Measured in A-T Mice and Decreased Carcinogenesis.” Disponível em:http://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0151190



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post99

Probióticos para pele

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 22, 2016 20:52:51
  • Além da função protetora, a pele, o maior órgão do corpo humano pode ser considerada como um ecossistema complexo, composto por uma vasta diversidade de microorganismos distribuídos entre os diferentes nichos que a compõe. Esses organismos podem ser bactérias, fungos, vírus e ácaros simbiontes, que podem ajudar a nos proteger contra organismos patogênicos. E, como em qualquer outro o ecossistema, o desequilíbrio pode levar ao aparecimento de doenças e infecções.

O estilo de vida de um indivíduo (alimentação ou tipo de roupas) bem como a idade, sexo e local de vida podem influenciar a variabilidade dos microorganismos presentes. De fato, um bebê quando está no útero de sua mãe encontra-se em ambiente estéril e durante o parto a pele do recém nascido é colonizada pelos microrganismos presentes no canal vaginal ou da pele da mãe (no caso de cesariana). Já na puberdade, o microbioma da pele pode ser amplamente alterado pelo aumento de bactérias lipofílicas, que se proliferam graças à maior produção de sebo na superfície da pele, causada pela alteração dos hormônios sexuais característicos dessa fase.

O uso de antibióticos, e outros fatores, também causam alteração da microbiota. Agentes de uso contínuo como sabões, cremes, produtos de higiene pessoal e cosméticos também possuem uma grande responsabilidade na alteração dessa microbiota. No entanto, até o momento, nenhum estudo verificou a mudança desse ecossistema na presença de doenças em detalhes moleculares.

Nos Estados Unidos, em 2007, o NIH (National Institutes of Health) iniciou um projeto denominadoHumanMicrobiomeProject (Projeto do Microbioma Humano), com investimentos de aproximadamente $140 milhões de dólares por 5 anos, que tem como objetivo caracterizar a microbiota de várias partes do corpo humano, como fossas nasais, cavidades orais, pele, trato gastrointestinal e urogenitais e investigar a sua relação com a saúde humana.

Este tipo de iniciativa, e a utilização de técnicas moleculares modernas e análise por metagenômica podem ser de grande utilidade para o desenvolvimento de novos produtos e medicamentos, que podem auxiliar na cura de doenças bem como na melhoria da qualidade de vida e bem estar dos seres humanos. Talvez, em alguns anos, tenhamos produtos cosméticos desenhados não apenas para certos tipos de pele, mas também planejados para favorecer microorganismos simbiontes, da mesma forma que consumimos alimentos probióticos atualmente.

Referências:

Grice EA and Segre JA. The skin microbiome. Nature Reviews Microbiology 9, 244-253 (2011).

Grice EA et al. Topographical and temporal diversity of the human skin microbiome. Science 324, 1190–1192 (2009).



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post98

Alimentos probióticos fazem bem mais do que regular o seu intestino

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 22, 2016 20:48:06
Eles fortalecem o seu sistema imune e até diminuem a formação de gases

alimentos probióticos são aqueles que apresentam bactérias vantajosas ao organismo, como as encontradas em iogurtes e leite fermentado . Entre os exemplos mais comuns, a especialista cita os microorganismos chamados Lactobacillus, Streptococcus e Bifidobactérias.

Listando os benefícios oferecidos por tais alimentos, destaca-se a atuação deles no nosso intestino. As bactérias presentes nos probióticos são resistentes às enzimas digestórias, chegando intactas ao intestino. Isso afeta o consumidor de forma positiva por inúmeros e variados processos .Ela explica que o trato gastrointestinal possui mais de 400 tipos de espécies de bactérias. Quando essas bactérias são ingeridas pela alimentação, contribuímos para o aumento da microflora intestinal, intensificando suas ações .Mais uma boa notícia é que as vantagens dos alimentos probióticos não ficam apenas ao redor do bom funcionamento do intestino; esses alimentos aumentam o valor nutritivo e terapêutico dos demais alimentos, já que promovem uma melhora na absorção de vitaminas e minerais. Além disso, por meio de uma maior produção de células protetoras, os probióticos ainda fortalecem o sistema imunológico;os probióticos também entram em cena no tratamento de pessoas com intolerância à lactose (açúcar do leite). Os microorganismos hidrolisam a lactose e, com isso, diminuem a formação de gases, edema e agressão à mucosa intestinal .

Os principais benefícios dos probióticos incluem:

  • Combater doenças intestinais, como colite, síndrome do intestino irritável, doença de Chron e inflamação intestinal;
  • Combater a candidíase, hemorroidas e infecção urinária.
  • Melhorar a digestão e diminuir a azia;
  • Aumentar a absorção de alguns nutrientes, como vitamina B ou metionina;
  • Aumentar a produção de macrófagos, que são células de defesa do organismo;

Não desperdice os benefícios
Para desfrutar de todas as vantagens dos probióticos, é aconselhado que eles sejam incluídos no menu diáriamente. Isso garante que seus efeitos sejam contínuos. Para adultos, a dose recomendada é de 5 bilhões de unidades formadoras de colônias, durante, pelo menos, cinco dias. Na prática, a quantidade recomendada corresponde à ingestão diária de dois a três iogurtes com culturas probióticas ; a concentração de probióticos é bem variada, conforme o produto. Não há padrões de identidade dos níveis das bactérias no iogurte e outros produtos lácteos.

Mais um aspecto importante na hora de esbanjar os benefícios desses alimentos diz respeito a todo o seu cardápio. Se você não seguir uma alimentação balanceada, a ação dos microorganismos será diminuída e os resultados dependem de um conjunto de fatores. De nada adianta seguir uma dieta com baixo consumo de fibras e ingerir uma grande quantidade de leite fermentado para que o trânsito intestinal melhore .



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post97

O que são “Lactobacilos Vivos” e pra que servem?

ProbióticosPosted by Kefir BR Sep 22, 2016 20:37:15

São bactérias dentro do nosso corpo nem sempre são sinal de doença. Muito pelo contrário: cada milímetro quadrado de um intestino saudável deve ter cerca de 10 bilhões de microorganismos vivendo nele para funcionar corretamente. Essa é a chamada flora intestinal, que, em muitos casos, têm seu número reduzido, seja por alguma enfermidade,má alimentação, alimentação industrializada ou seja pelo uso de antibióticos/remédios. Isso não apenas dificulta a digestão, como torna o aparelho digestivo vulnerável ao ataque de microorganismos nocivos.É aí que entram os tais lactobacilos, para ajudar a combater essa carência da flora intestinal. As bactérias do gênero lactobacillus não são as mais numerosas, mas têm uma grande vantagem: podem ser ingeridas e ainda chegar vivas ao intestino, atravessando sem problemas o estômago, ambiente ácido onde a maioria dos microorganismos não sobrevive. Uma vez no intestino, esses seres se reproduzem com grande rapidez e ainda criam um ambiente propício para que outras bactérias benignas possam se estabelecer ali. Como se não bastasse, eles produzem um muco que protege as vilosidades (pequenas dobraduras) intestinais e também sintetizam parte das vitaminas do complexo B de que necessitamos.

Na medicina, os probióticos são usados na prevenção e tratamento de doenças;vários estudos relatam os benefícios atribuídos aos probióticos na preservação da integridade intestinal e atenuação dos efeitos de doenças intestinais, como diarréia e doença intestinal inflamatória. “Há ainda evidências de que os probióticos estimulem a resposta imunológica, na modulação de reações alérgicas, na melhoria da saúde urogenital de mulheres e nos níveis sanguíneos de lipídeos”

A síntese de vitaminas do complexo B, absorção de cálcio, como imunomoduladores, a inibição da carcinogênese (tumores), a redução das concentrações de colesterol, e aumento da tolerância e digestibilidade da lactose também são alguns benefícios .

NOTA IMPORTANTE-Apesar dos muitos benefícios para a manutenção da saúde, o consumo de probióticos deve estar associado a hábitos de vida saudáveis. Converse com seu nutricionista ou médico antes de fazer qualquer alteração na sua alimentação. Siga uma dieta equilibrada e pratique exercícios físicos regularmente.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post96

As diferença dos PREBIÓTICOS E PROBIÓTICOS

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 22, 2016 20:28:00



PREBIÓTICOS
, são fibras alimentares, solúveis, resistentes às enzimas digestivas do nosso organismo, ou seja, não são digeridos nem absorvidos pelo corpo, mas então para que servem? Auxiliam a formação de bolo fecal, melhoram o trânsito intestinal, diminuem triglicérides sanguíneos, regulam também a glicemia e participam da formação de bifidobactérias no intestino, melhorando a imunidade dos indivíduos pois reforçam a flora bacteriana intestinal.

PROBIÓTICOS, são microorganismos vivos que agem principalmente no intestino. Ajudam a reforçar o desenvolvimento de bactérias saudáveis, aumentado a resistência imunológica conta agentes estranhos que possam vir a debilitar as pessoas. Em alguns produtos ou suplementos alimentares o consumidor poderá encontrar a composição de pré e probióticos associados em um só produto, essa sinergia é chamada de SIMBIÓTICO.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post95

PROBIÓTICOS-As bactérias do bem -Saiba o que são e como fugir das enganações industrializadas

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 22, 2016 20:24:09

O termo probiótico deriva do grego e significa “pró-vida”. São microrganismos vivos naturalmente encontrados no intestino e que trazem benefícios ao organismo, como por exemplo a proteção contra agentes infecciosos, prevenção de doenças e a preservação da flora intestinal.A má alimentação, problemas intestinais, uso crônico de antibióticos e laxantes podem prejudicar a flora intestinal reduzindo consideravelmente o número de bactérias probióticas no intestino. Nestes casos a suplementação e a inserção de alimentos ricos em probióticos na dieta se tornam necessárias. Saiba o que são, onde são encontrados e como incluir em sua alimentação os alimentos probióticos.

Probióticos são microorganismos vivos que podem conferir um benefício à saúde do hospedeiro. A Organização Mundial de Saúde define probióticos como “organismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefício à saúde do hospedeiro” (FAO/WHO, 2001).Os probióticos são bactérias benéficas que melhoram a saúde do intestino facilitando a digestão e a absorção de nutrientes.Assim, o consumo regular de alimentos probióticos ajuda o funcionamento intestinal e ainda fortalece o sistema imune, ajudando a prevenir doenças, como gripes e resfriados.

Os probióticos estudados e utilizados em humanos são bactérias láticas (Lactobacillus, Bifidobacterium, Streptococcus e Enterococcus) e leveduras (Saccharomyces boulardii), encontrados normalmente nos leites fermentados, iogurtes e coalhadas”; É importante lembrar que por serem derivados de leite, esses alimentos, e também os industrializados, contém altas concentrações de gordura e aditivos como hormônios e antibióticos, sem contar os corantes, espessantes e outras químics nocivas ao organismo, sendo assim, sugere-se optar pos alimentos com contrações reduzidas de gordura e açúcar, para evitar o desequilíbrio do peso.

Além disso, atualmente existem no mercado comprimidos, cápsulas e sachês(pode mandar manipular em uma farmácia de confiança) que contêm a bactéria na forma liofilizada, que não necessitam de refrigeração para se manter vivas ao contrário das bactérias encontradas nos leites fermentados ou iogurtes que podem ser perdidas se não estiverem sob refrigeração.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post94

Kefir - Efeitos funcionais

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 18, 2016 15:00:16

Por ser caracterizado como um alimento funcional, o kefir traz inúmeros benefícios à saúde. Os micro-organismos probióticos presentes, sobretudo lactobacilos, exercem efeitos potencialmente benéficos sobre o equilíbrio da flora intestinal, reduzindo a ocorrência de diarreia, reduzindo a obstipação, além de auxiliar no controle dos níveis de colesterol.

Além disso, o kefir é possui baixo teor de lactose, quando comparado com o leite de vaca, devido a degradação parcial da lactose pelos micro-organismos presentes nos grãos, ao mesmo tempo, também é fonte de cálcio, essencial para a integridade óssea e prevenção da osteoporose, sobretudo em crianças e idosos.

Outros benefícios potenciais associados ao kefir: atividade anticarcino­gênica; síntese de vitaminas do complexo B; aumento da absorção de minerais como ferro, cálcio, zinco etc.; prevenção de alergias e infecções e ativação do sistema imunológico.

A hidrólise parcial da proteína torna a bebida de mais fácil digestão quando comparada ao leite que lhe deu origem. Na fase de maturação à temperatura de refrigeração, ao mesmo tempo em que o álcool e o CO2 são produzidos, ocorre o acúmulo de vitaminas do complexo B que são produzidas pelas leveduras presentes no processo fermentativo.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post93

Aposte nos probióticos para desinchar o organismo

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 09, 2016 13:37:18

As nossas bactérias naturais, ou seja, que o próprio corpo fornece, possuem um ciclo de vida muito curto, muitas vezes insuficiente para regular o organismo da forma correta - principalmente quando há pouca ingestão de fibras e falta de exercícios físicos. Por conta disso, a dificuldade em desinchar e manter a flora intestinal (e até a dieta!) equilibrada é sempre maior.

Para perder peso corretamente, é necessário que o intestino esteja bem regulado para uma melhor absorção dos nutrientes e vitaminas necessárias durante o regime.
Os probióticos são da mesma origem dos lactobacilos e, dependendo das indicações do seu médico, podem ser usados isoladamente ou associados à outros organismos. "Eles são utilizados para prevenção e tratamento da disboiose, que é a desregulação da flora intestinal. Além disso, apresentam vários outros benefícios na prevenção de doenças como câncer, infecções e alergias",

Não existe uma dose recomendada diária de ingestão. Tudo vai de acordo com a avaliação do médico. Na maioria dos casos, são ingeridos em jejum para uma melhor absorção do organismo.

Ainda com dúvidas comuns sobre a função e o desempenho das bactérias? Confira abaixo e esclareça as incertezas:

O que são os probióticos e para que servem? Como eles agem no organismo?

São as chamadas bactérias do bem. Estão presentes em alguns alimentos como iogurtes e também em suplementos. Colonizam nosso intestino, melhorando seu funcionamento, auxiliando ainda na imunidade e metabolismo, melhorando inclusive a absorção de nutrientes.

Prebióticos são a mesma coisa que probióticos?

Prebióticos são fibras que alimentam as bactérias do bem, comumente utilizadas em conjunto para potencializar o benefício. As mais conhecidas são FOS e inulina, e podem ser encontradas em alimentos como cebola e aveia, entre outros. Também existem na forma de suplementos.

E em quais tipos de distúrbios da flora alterada ele age?

Estão indicados para as mais diversas queixas relacionadas ao mal funcionamento do intestino, seja constipação, diarreia, distensão abdominal, gases e azia.

Dentre os alimentos industrializados, em quais encontramos probióticos?

Mais comumente nos iogurtes e fermentados como coalhada

A quantidade de probióticos presente nos alimentos industrializados é suficiente para promover os efeitos desejados no organismo?

O problema é que a grande parte das pessoas já está com disbiose (alteração da flora intestinal) devido a maus hábitos, como consumo excessivo de álcool, cigarro e má alimentação. Assim, seria indicada a suplementação para correção do distúrbio já instalado.

Achamos os probióticos concentrados em forma de cápsula, por exemplo? Elas são manipuladas ou podemos facilmente achá-las em uma farmácia?

Podem ser encontrados em pó ou em cápsulas. Tanto em drogarias ou na manipulação, onde é possível escolher quais cepas você quer utilizar em determinado paciente.

Os probióticos podem ser tomados durante "toda a vida" ou existem contra-indicações de uso?

Seguindo recomendação de nutricionista ou médico para avaliar mudanças durante o uso.

Muitos médicos dizem que se você regular o seu intestino com "remédios" por muito tempo ele pode se acostumar aos remédios e não funcionar mais sem eles. Isso é verdade?

A verdade é que o intestino deixa de funcionar bem por algum motivo. Enquanto isso não for corrigido, o efeito é de uma solução temporária.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post92

Probióticos - Beneficios e suas funções no Organismo

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 09, 2016 10:59:15

Probióticos são minúsculos, organismos vivos, como algumas bactérias e leveduras que residem dentro de nosso intestino.

São encontrados em uma ampla variedade de alimentos fermentados, como iogurte, kefir, queijos envelhecidos selecionados, chucrute, kombucha e etc. Existe uma relação complexa e muito pessoal entre a dieta, os micróbios, e do intestino. Enquanto um núcleo microbiana semelhante é compartilhada entre os indivíduos, cada pessoa tem uma maquiagem intestino distinta e variável influenciada pela sua genética, estilo de vida, dieta e meio ambiente. Quando as coisas vão mal no intestino, um ambiente de doença propensa denominado “disbiose” toma conta. Isto é, quando um género de bactérias potencialmente prejudiciais poucos ou espécies predominam sobre cepas mais favoráveis. Dysbiosis induzida por dieta tem sido identificada como um fator que contribui para o desenvolvimento de uma gama de perturbações cardiovasculares, cancro colorectal, síndrome do intestino irritável, doenças auto-imunes, doença de Crohn, a obesidade, a diabetes tipo 2, e a colite ulcerosa.

Independentemente do motivo pelo qual você quer melhorar sua saúde intestinal, a razão mais importante parece ser a de otimizar a relação de bactérias boas para más bactérias no intestino. Quando isso acontece, vários benefícios à saúde têm sido mostrados, incluindo:

Melhorou a tolerância à lactose em pessoas com intolerância à lactose.

Reforçou o funcionamento do sistema imunológico.

Melhorias dos níveis de lipídios no sangue.

Lesão muscular reduzida e melhor recuperação muscular.

Há também pesquisas promissor e permanente subordinação a saúde do intestino para tudo, desde a função cognitiva para a saúde emocional, mas a maior parte deste permanece em sua fase inicial.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post91

O que são e para que servem os probióticos

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 09, 2016 10:52:53

Probióticos são bactérias benéficas, necessárias à boa saúde do organismo e fundamentais no fortalecimento da imunidade. As Principais funções dos probióticos são regulam as atividades intestinais, sintetizar nutrientes, combatem microrganismos patogênicos e facilitam a digestão. Entre muitas outras funções, os probióticos são considerados pelos especialistas como a primeira linha de defesa do corpo. “Se você tem uma flora intestinal rica em probióticos, normalmente eles darão conta de aniquilar os causadores de doença antes mesmo de eles alcançarem os demais sistemas do corpo.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post90

Meu kefir esta viscoso. E agora?

ProbióticosPosted by Kefir BR Sep 06, 2016 00:00:30

Não precisa se preocupar. Você não perdeu o seu kefir. Pelo contrário. É um sinal de que sua colônia esta saudável. Trata-se do Kefiran. Entenda o que é o kefiran.

Atualmente, o mecanismo envolvido na construção da estrutura bio-matriz (grãos), não é completamente entendida. Um gel solúvel polissacarídeo descoberto nos grãos de kefir foi o único elemento que recebeu seu próprio nome - kefiran (KFG-C). Os grãos de kefir secos, consistem numa matriz de aproximadamente 45% de kefiran. O polissacarídeo é composto de dois mono-sacarídeos, Glucose e Galactose em proporções quase iguais. Kefiran é produzido no centro dos grãos, sintetizado pelas espécies de lactobacilos homo fermentativos, incluindo Lb.Kefiranofaciens e Lb. Kefiri. Este lactobacilo em particular é encapsulado no centro dos grãos, onde as condições anaeróbicas são favoráveis à síntese do kefiran na presença do álcool etanol. Existem outros lactobacilos que produzem um polissacarídeo similar, Lb.sp.KPB-167B e Lb. brevis.

Estes, incluindo outras espécies de Lactobacilos, que produzem kefiran ou uma forma similar de polissacarídeos (com pequenas variações entre as proporções de glucose e galactose) podem ser os mecanismos responsáveis pela tendência natural dos grãos de se propagarem em estruturas fechadas. Possivelmente, por causa das diferentes pressões dos micróbios encapsulados, organizados em camadas específicas que se estendem através do centro da matriz.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post89

Como preparar Kefir de leite e kefir de água

BeneficiosPosted by Kefir BR Sep 02, 2016 09:41:04

Kefir significa “bem-estar” ou “bem-viver“. É considerado um super suplemento probiótico elaborado à base de microorganismos vivos. Sabe-se hoje que a microbiota intestinal é composta por cerca de dezenas de trilhões de bactérias e por centenas de diferentes espécies, constituindo-se em umecossistema de altíssima complexibilidade, que abriga e trabalha para manter bactérias benéficas e patogênicas em harmonia. Esse equilíbrio é o que garante saúde e longevidade do corpo, e oKefir atua diretamente nesse ecossistema, equilibrando e controlando os radicais livres que adoecem e envelhecem o corpo.

Benefícios do Kefir:

Fonte de nutrientes: Cálcio, Fósforo, Vitamina B12, Riboflavina (B2), Magnésio e Vitamina D.

Propriedades antibacterianas: proteger contra bactérias nocivas.

Anticancerígeno: O Kefir pode inibir o crescimento de células cancerosas.

Diminuição da lactose: Testes com Kefir de leite após 36 horas de fermentação, atingiu valores abaixo do valor limite que pode ser consumido por indivíduos intolerantes à lactose. (Dependendo do grau de intolerância)

Poderoso Probiótico: Seu substrato é um poderoso probiótico, combate e equilibra os radicais livres no intestino.

Antioxidante Natural: Promove a longevidade do organismo.

Saúde óssea: O Kefir feito a partir de laticínios é uma excelente fonte de cálcio. Se produzido a partir de produtos lácteos sem a retirada da gordura, ele contém vitamina K2 com benefícios importantes para a saúde óssea.

Baixo Custo: Comparado aos probióticos industrializados seu custo é baixíssimo.

Como fazer Kefir de Leite

Separe um recipiente de vidro

Coloque os grãos de Kefir nesse recipiente

Adicione leite

Deixe fermentar em temperatura ambiente de 12h à 24h

Filtre o subprotudo metabolizado pelos grãos de Kefir: O probiótico

Reserve os grãos de Kefir novamente em vidro e reinicie o processo.

Como fazer Kefir de Água

Separe um recipiente de vidro

Coloque os grãos de Kefir nesse recipiente

Adicione água filtrada e açúcar mascavo

Recomenda-se 2 colheres de sopa de açúcar mascavo para cada 400 ml de água filtrada.

Filtre o subprotudo metabolizado pelos grãos de Kefir: O probiótico

Reserve os grãos de Kefir novamente em vidro e reinicie o processo.

Como tomar:

Até então não há registros e estudos de contraindicação do uso de Kefir. Podendo o de leite ser consumido no café da manhã, por exemplo, e o de água antes das refeições ou em jejum.

Dica

Os grãos de Kefir são capazes de fermentar diversos alimentos, como leite de vaca, cabra, ovelha, búfala, açúcar mascavo, sucos de frutas entre outros. Sendo o modo de fazer o mesmo dos citados acima.

Onde encontrar

Os grãos excedentes do Kefir são tradicionalmente doados. Solicite a amostra conosco através do site www.kefirbr.com - Email probiotico@kefirbr.com - Página Kefir e probióticos Naturais no Facebook ou Whatsapp (85) 999332264









  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post88

Os probióticos ajudam a combater problemas digestivos

BeneficiosPosted by Kefir BR Aug 31, 2016 09:34:16
Probióticos como o kefir ajudam a restaurar o balanço das bactérias “do bem” do nosso intestino.
Já existem muitas evidências de que o kefir também auxilia qualquer tipo de problema digestivo, assim como a síndrome do intestino irritável, infecção por H. pylori, entre outros. Tem fortes propriedades antibacterianas. Determinados probióticos do kefir protegem contra infecções. Incluindo o probiótico que é único do kefir: Lactobacillus kefiri.
Pesquisas mostram que esse probiótico pode inibir o crescimento de várias bactérias prejudiciais, como a salmonela, E. coli e Helicobacter pylori. Além disso, um carboidrato encontrado no kefir, o kefiran, tem propriedades antibacterianas.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post87

Kefir um probiótico natural coadjuvante no tratamento da candidíase

BeneficiosPosted by Kefir BR Aug 28, 2016 11:42:27
Kefir um probiótico natural coadjuvante no tratamento da candidíase
As infecções ocorrem quando organismos, tais como fungos, parasitas, bactérias ou vírus se reúnem, reproduzindo e utilizando os recursos em seu corpo, muitas vezes levando à doença. Embora o seu sistema imunológico lute para proteger e curar infecções, você pode necessitar de tratamento médico, descanso e, potencialmente, mudanças na dieta. Os alimentos que não são conhecidos podem deixar a curar infecções. Alimentos específicos podem, no entanto, ajudam a fortalecer o sistema imunológico, reduzir a inflamação e protege contra infecções recorrentes. Iogurte e kefir contem benéficos, ou “amigáveis”, bactérias conhecidas como probióticos. Os probióticos podem melhorar o equilíbrio bacteriano no seu trato digestivo e reduzir os efeitos de infecções causadas por bactérias nocivas, de acordo com os Centros Nacionais de Medicina Complementar e Alternativa, incluindo vaginal, estômago, pele, estômago e infecções respiratórias. Probióticos podem também ajudar a proteger contra as infecções provocadas pelo uso de antimicrobianos, como candidíase. Para obter os melhores resultados possíveis, consumir iogurte e kefir contendo culturas vivas, ativas, tais como Lactobacillus acidophilus e Bifidobacterium bifidus (presentes na microbiota do kefir de leite) rotineiramente.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post86

Os princípios básicos do Kefir

BeneficiosPosted by Kefir BR Aug 28, 2016 11:37:29
O KEFIR é um complemento e enriquecedor alimentar probiótico, com valores e empregos terapêuticos de relevante abrangência que vão além do mero uso na alimentação básica. Consiste em um conjunto de microrganismos vivos que condicionam uma cadeia de simbiose ente si e as células do organismo humano. São amigos da vida humana e grande aliados no combate de um número amplo de enfermidades e disfunções.
Trata-se de uma cultura de fácil utilização caseira, sua exploração industrial, não tem sido possível até o presente momento e as tentativas comerciais que se encontram no mercado e presentes em apenas alguns poucos países, colocam em circulação um similar com propriedades reduzidas e incompletas. É possível a sua exploração artesanal. Na Rússia 70% dos laticínios são a base de culturas de kefir. É conhecido também como um elemento da ecologia corpórea por promover um eco sistema orgânico dentro do corpo com total equilíbrio. Seu emprego diário alimentar e terapêutico varia em quantidade de acordo com a finalidade e especificação. Não possui efeitos colaterais nem desenvolve intolerância, pode ser consumido em veículo líquido, água, sucos, leite de vaca, cabra, búfala, ovelha, leite de coco, de soja, queijos e receitas culinárias. Há vinagres balsâmicos e comuns desenvolvidos a partir da cultura do kefir. Crianças com intolerância ao leite comum podem assimilar o kefir lácteo e por ser algo caseiro é inúmeras vezes mais barato do que as alternativas à venda. É chamado de matriz os grãos que formam o produto a ser consumido, o resultado da inoculação por grãos de kefir pode ser chamado de cultura mãe, também serve para obter a inoculação de leite e sucos, há uma diferença grande entre os grãos de kefir e a fermentação derivada de seu produto. Esta última não é capaz de produzir a chamada isca para um novo kefir ou produto. Kefir é uma realidade comunitária biologia em defesa da vida e da saúde, uma união agregativa e não desagregativa de forças do bem em nossas vidas.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post85

Kefir - Proteção da saúde óssea e redução do risco de osteoporose

BeneficiosPosted by Kefir BR Aug 24, 2016 09:13:11
A osteoporose (ossos "porosos") é caracterizada pela deterioração do tecido ósseo e é um enorme problema nos países ocidentais, sendo especialmente comum entre as mulheres idosas, dramaticamente aumentando o risco de fraturas. Garantir uma ingestão adequada de cálcio é uma das maneiras mais eficazes para melhorar a saúde óssea e retardar a progressão da osteoporose (11). O kefir feito a partir de produtos lácteos integrais não é apenas uma grande fonte de cálcio, mas também de vitamina K2, a qual desempenha um papel central no metabolismo do cálcio; sua suplementação pode reduzir o risco de fraturas até 81% (12, 13). Estudos recentes em animais mostraram que o kefir pode aumentar a absorção de cálcio pelas células ósseas. Isto leva a uma melhor densidade óssea, o que deve ajudar a prevenir fraturas (14). Conclusão: O kefir feito a partir de laticínios é uma excelente fonte de cálcio. Se produzido a partir de produtos lácteos sem a retirada da gordura, ele contém vitamina K2 com benefícios importantes para a saúde óssea.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post84

Saiba como Acrescentar os probióticos em sua alimentação

ProbióticosPosted by Kefir BR Aug 18, 2016 21:30:52
Conheça melhor esses potentes estimulantes do sistema imunológico, que podem ser consumidos em todas as idades

No passado, a regra básica da boa alimentação era escolher ingredientes que suprissem as necessidades diárias de nutrientes. Com a evolução da nutrição, essa prática se aprimorou e, hoje, além de ser nutritiva, a dieta deve ser funcional, isto é, rica em alimentos cujos componentes influenciam determinadas funções orgânicas. O objetivo é garantir o bem-estar físico, mental e, principalmente, reduzir o risco de doenças. Entre os alimentos funcionais, os probióticos — termo que significa “a favor da vida” — chamam a atenção. Definidos como micro-organismos vivos (bactérias ou fungos), eles equilibram a flora intestinal, potencializando o sistema imunológico. Suzana Marta Isay Saad, farmacêutica- bioquímica e professora associada da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP), diz que a introdução desses micro-organismos nas dietas tem a finalidade de melhorar a saúde. Há anos estudando o uso dos probióticos, a especialista explica que existem vários tipos deles, mas os mais utilizados são oslactobacilos e as bifidobactérias. “Os 56 tipos que pertencem ao primeiro grupo auxiliam na digestão da lactose (açúcar presente no leite), reduzem a constipação e a diarreia infantil e do viajante, previnem a salmonela, aliviando também a síndrome do intestino irritável. As bifidobactérias, com 29 espécies, estimulam o sistema imunológico, a produção de vitamina B, inibem a multiplicação de agentes causadores da doença, reduzem a concentração de amônia e colesterol no sangue, bem como ajudam no restabelecimento da flora, após uso de antibióticos”.
Mil e uma propriedades

As causas de tantos benefícios são as características desses micro organismos, hábeis na multiplicação das chamadas bactérias boas em detrimento da proliferação daquelas prejudiciais. A consequência para o organismo é o reforço dos mecanismos naturais de defesa. “Quanto maior a resistência gastrintestinal aos agentes causadores de doenças (patógenos), e quanto maior for a redução desses agentes por meio dos compostos antimicrobianos, maior será a promoção da digestão da lactose, o alívio da constipação, a absorção de minerais e também a produção de vitaminas”, explica Suzana. Diminuir o risco de câncer de cólon e de doenças cardiovasculares são alguns dos resultados de estudos científicos preliminares que justificam o entusiasmo pelos probióticos. Na prevenção do câncer, uma recente pesquisa dirigida por Ingrid Wollowski, publicada pelo The American Journal of Clinical Nutrition, revelou que esses micro organismos parecem neutralizar as mutações genéticas estimuladas pelos tumores. Outras investigações reconheceram o mérito dos probióticos na melhora da saúde urogenital das mulheres e nos níveis sanguíneos de lipídeos, além do controle da pressão sanguínea. Segundo Guilherme T. Araújo, médico residente de Nutrologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP — Ribeirão Preto, “as ações dos probióticos vão muito além.” Na opinião do nutrólogo, a principal função desses alimentos é diminuir reações alérgicas e doenças inflamatórias intestinais. “Se administrados na época correta, os probióticos podem diminuir o pH intestinal, estimular a produção de antibióticos naturais pelo organismo e melhorar a barreira intestinal, impedindo a passagem de bactérias do intestino para o sangue”, explica Araújo.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post83

Mecanismos de ação dos Probióticos

BeneficiosPosted by Kefir BR Aug 18, 2016 21:25:55


O Kefir é um complemento e enriquecedor alimentar probiótico, com valores e empregos terapêuticos de relevante abrangência que vão além do mero uso na alimentação básica.
Consiste em um conjunto de microrganismos vivos que condicionam uma cadeia de simbiose ente si e as células do organismo humano. São amigos da vida humana e grande aliados no combate de um número amplo de enfermidades e disfunções.
Ajuda a combater os males contraídos por irradiações, exposições a monitores de vídeo, na desintoxicação de poluentes tóxicos, etc. Combate distúrbios nervosos, a ansiedade e a insônia, reduz o colesterol e regulariza a digestão, restaura rapidamente a micro flora intestinal, ótimo para quem se submeteu a longos tratamentos com antibióticos. Promove uma absorção orgânica muito maior de sais minerais e vitaminas, principalmente a vitamina B12, ajudando nos problemas de desnutrição. Auxilia a absorção de proteínas. Tem sido usado no tratamento de pacientes que sofrem de AIDS pois aumenta a imunidade em grande escala. Tem colaborado no tratamento de herpes, câncer e síndrome de fadiga crônica. O uso regular de kefir pode ajudar a remover todo tipo de desordem do aparelho digestivo. A purificação orgânica que promove auxilia a obtenção de um eco sistema interno perfeito para a saúde e para a longevidade.
Pode ser usado nos casos de desequilíbrios emocionais e de origem nervosa. Erupções cutâneas. Problemas renais e da bexiga. Anemias. Problemas respiratórios.
Alergias. Disfunções hepáticas. Diarreia. Prisão de ventre.
Problemas cardio-vasculares (infarto e arteriosclerose).
Reumatismos. L.E.R. Tumores. Doenças do estômago, úlceras pépticas e duodenais, gastrite. Digestivo, não produz intolerância ou efeitos colaterais.
Para bebes a sua colaboração no desenvolvimento de um aparelho digestivo saudável é vital. Kefir é rico em vitamina B12, B1 e vitamina K. É uma fonte excelente de biotina, a vitamina B que aumenta a assimilação das outras vitaminas do complexo B.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post82

Calorias do kefir

ProbióticosPosted by Kefir BR Aug 18, 2016 21:18:42

O kefir é um alimento de baixa caloria. Em 100 gramas de grãos teremos 37 calorias. O kefir, após adicionado ao leite, terá outros valores calóricos, que vão variar entre os diferentes graus de gordura dos leites disponíveis. Nesse caso, cada 100 ml da mistura terá aproximadamente 90 calorias.
O kefir de água apresentará menor valor calórico ainda, dependendo apenas da quantidade de açúcar que for adicionada a ele.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post81

Diferenças entre grãos de Kefir de água e grãos de Kefir de leite

ProbióticosPosted by Kefir BR Aug 14, 2016 11:33:17

Hoje vamos responder uma pergunta bastante frequente. Há diferenças entre os grãos de kefir? A resposta é sim. Os grãos de Kefir de água fermentam na água com açúcar mascavo, podendo também ser cultivados em em água e coco e sucos naturais, enquanto que os grãos de Kefir de leite fermentam no leite, se alimentando da lactose nele presente. Os grãos de água são massas mucilaginosas transparentes e pequenas, que consistem em polissacarídeos (dextrans) com cadeias compostas apenas de glicose. Em um nível físico, são mais densos do que os grãos de Kefir de leite originais do Cáucaso, pois têm uma propriedade elástica que a estes falta. Os grãos de água são extremamente delicados, tendo uma tendência a lascar ou se cortar facilmente com qualquer aresta. Estes grânulos saltam quando deixados cair em uma superfície sólida, o que não acontece com os grãos de Kefir de leite. Os grãos de Kefir de água podem se multiplicar de forma acentuada, apesar de ocorrer grande flutuação na taxa de crescimento diário, que pode chegar até a 50% do seu volume, ao contrário do Kefir de leite, que demora um mês ou mais para que sua colônia dobre o tamanho.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post80

Consuma kefir e mantenha seu sistema imune fortalecido

BeneficiosPosted by Kefir BR Aug 12, 2016 09:49:56
A Defesa é sempre o melhor ataque :)



Os grãos de kefir tem propriedades anti-tumorais, antibacterianas e antifúngicas. Estas propriedades abrangentes podem explicar a razão para o uso do kefir no numeroso relato de curas das doenças. O trabalho experimental realizado no Japão mostrou que o consumo do kefir pode proteger o corpo de encontro a um desafio do câncer. Se o kefir for consumido antes da exposição ao câncer, a incidência de se que desenvolver é reduzida. Se o uso se mantiver após a exposição ao câncer o crescimento e a velocidade do crescimento do câncer estão reduzidos.

O kefir tem sido usado no tratamento de pacientes que sofrem de AIDS pois aumenta a imunidade em grande escala e ainda atua como elemento desintoxicador da enorme carga de medicamentos a que o doente se vê submetido.

Promove uma absorção orgânica muito maior de sais minerais e vitaminas, principalmente a vitamina B12, ajudando nos problemas de desnutrição. Auxilia a absorção de proteínas.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post79

Kefir melhora o trânsito intestinal e ajuda na perda de peso

BeneficiosPosted by Kefir BR Aug 07, 2016 14:45:30


O kefir é uma bebida láctea fermentada originada séculos atrás nas montanhas do Cáucaso, com sabor levemente azedo e refrescante, semelhante ao iogurte. Mas ele é muito mais saudável e poderoso do que o seu primo, pois contém uma grande população de leveduras e bactérias benéficas. O kefir também fornece valiosas vitaminas, minerais e proteínas facilmente digeríveis. Ele é um super probiótico com inúmeras ações benéficas no organismo, notadamente na nossa imunidade.

Um microbioma extraordinário

A microbiota intestinal (mais de 100 trilhões de bactérias que colonizam o cólon) não é apenas importante para a melhor digestão dos alimentos e absorção de nutrientes, ela também ajuda o corpo a produzir vitaminas, neurotransmissores e hormônios, é responsável pela imunidade e ainda acelera a eliminação de toxinas, pesticidas e metais pesados. Esta legião de bactérias que nos habitam atua no metabolismo e no humor, e chega a pesar quatro quilos! Elas moram basicamente no nosso intestino, e na maioria, são bactérias benéficas (probióticos) que protegem o nosso corpo de infecções.

Probióticos e imunidade

Existem mais de 500 tipos de bactérias, um verdadeiro zoológico interno, que produzem compostos como as citoquinas e o ácido butírico, com ação antimicrobiana e antibacteriana, ou seja, agem na redução de bactérias e micro-organismos indesejáveis protegendo o nosso corpo. Os probióticos também agem no sistema imunológico estimulando a produção de uma substância chamada gama-interferon, cujos níveis aumentados no sangue ajudam o organismo a lutar contra infecções, o que diminui a incidência de gripes e resfriados, por exemplo.

O que é o kefir?

Kefir é um composto de partículas brancas gelatinosas chamadas grãos. Estes grãos contêm uma mistura de bactérias e leveduras aglutinada sobre uma matriz de proteínas e açúcares complexos (polissacarídeos). Os grãos de kefir se assemelham a floretes de couve-flor, e podem ser pequenos como uma ervilha ou crescer até o tamanho de uma noz. Os grãos fermentam o leite incorporando seus micro-organismos no produto cultivado. Depois de pronto os grãos são removidos com um coador antes do consumo do kefir e adicionados a uma nova porção de leite. O kefir pode ser feito com qualquer tipo de leite animal (vaca, cabra ou ovelha) ou com leites vegetais (coco, arroz ou amêndoa) para os mais sensíveis ao efeito da lactose. Ele também pode ser preparado com água de coco e outros sucos de frutas.

Composição biológica do kefir

A população de micro-organismos que habita o grão de kefir é extensa e variada, podendo haver vários bilhões deles na sua porção diária.

Bactérias: Lactobacillus (acidophilus, brevis, casei, bulgaricus, delbrueckii, gasseri, lactis, helveticus, kefiranofaciens, kefiri, paracasei, plantarum, rhamnosus, sake, cremoris), Lactococcus lactis, Leuconostoc (cremoris, dextranicum, mesenteroides), Streptococcus thermophilus, Bifidobacterium bifidum, Acetobacter

Leveduras: Saccharomyces (cerevisiae, martiniae, unisporus), Chamaerops humilis, Kazachstania (unispora, exigua), Kluyveromyces (siamensis, lactis, marxianus).

O kefir contém sais minerais (cálcio, ferro, fósforo, magnésio, potássio, sódio, cobre, molibdênio, manganês e zinco), vitaminas (A, complexo B, C, D, E, K2) e aminoácidos essenciais (metionina, cisteína, triptofano, fenilalanina, tirosina, leucina, isoleucina, treonina, lisina e valina).

Intolerância à lactose e kefir

As bactérias e leveduras do kefir produzem lactase, uma enzima que consome a maior parte da lactose presente no leite, e por isso ele fica com o sabor azedo. Isto significa que até os intolerantes à lactose podem se beneficiar do seu consumo. Um estudo publicado na revista científica da American Dietetic Association mostrou que o kefir melhora a digestão da lactose, com redução ou ausência de sintomas de intolerância à lactose. Os sintomas mais comuns da intolerância à lactose são gases, inchaço, náusea, diarreia, fezes fétidas e cólicas. É difícil dizer quanta lactose realmente é transformada em lactase no kefir, mas se não houver nenhum sintoma, isso significa que a lactase produzida foi suficiente para neutralizar a lactose.

Muitos benefícios

O kefir aumenta a imunidade, melhora a densidade óssea, desinflama o intestino e ajuda em doenças inflamatórias do cólon, combate alergias e asma, protege contra o câncer, melhora a digestão da lactose e pode ajudar a quem tem intolerância, detona a candidíase e desintoxica do corpo.

Kefir emagrece?

Um estudo muito interessante, publicado em 2006 na revista científica Nature, mostrou que há uma clara diferença na população microbiana de pessoas magras e gordas, o que sugere uma ligação entre o tipo de bactéria intestinal e a ocorrência de obesidade. Várias bactérias presentes no kefir têm ação emagrecedora por diferentes mecanismos: L. plantarum, L. rhamnosus, L. gasseri, e provavelmente outras mais serão avaliadas em novos estudos.

Dose indicada

O kefir pode ser tomado diariamente, 1 copo de 200 ml, ao natural, misturado com frutas, no suco ou no shake. Para conseguir os grãos e iniciar o processo de produzir o seu próprio kefir consulte a internet - há vários doadores.


Fonte: http://www.minhavida.com.br/





  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post78

Kefir - Whey protein

BeneficiosPosted by Kefir BR Aug 07, 2016 12:44:48
O whey protein promove uma maior facilidade para o ganho de massa muscular, favorecendo a recuperação e síntese proteica, redução da fadiga e aumento da lipólise (queima de gordura) É consumido por quem malha e quer aumentar a massa muscular. Mais como é feito o Whey protein? Whey não é nada mais é do que o soro do iogurte processado e transformado em pó. O soro do kefir é rico em proteína e é ainda mais nutritivo. Para conseguir esse soro, é necessário deixar o kefir de leite coando em um filtro de café por algumas horas.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post77

Principais Benefícios do Kefir

BeneficiosPosted by Kefir BR Aug 07, 2016 12:34:18

1- O maior benefício do kefir é que ajuda a equilibrar a flora bacteriana que existe em nosso intestino. Tomar este ingrediente contribui para que o nosso organismo transforme a flora intestinal putrefativa, que é prejudicial para o nosso organismo, através da fermentação láctea repleta de propriedades antissépticas. Por esta razão, é um ingrediente que funciona perfeitamente para depurar nosso intestino e dotá-lo das defesas necessárias para se manter forte e saudável.

2- O kefir reforça as defesas do organismo principalmente nas pessoas que sofreram alguma doença. Foi observada uma melhoria em pacientes que sofrem de asma, reumatismo, prisão de ventre, hipertensão arterial, artrite, úlceras gástricas ou má digestão. Também serve como complemento nutritivo para pessoas com HIV ou com câncer, pelo motivo que comentamos anteriormente: traz propriedades antissépticas ao organismo reforçando, assim, as defesas.

3- Também ajuda a melhorar o sistema digestivo pois potencia a melhoria e assimilação dos alimentos. Desta forma, ao tomar kefir o nosso organismo aproveita ao máximo os ingredientes ingeridos, otimizando o rendimento dos nutrientes e conseguindo que as digestões sejam mais leves e menos pesadas.

4- O trânsito intestinal é regulado ao tomar kefir pois este é um potente depurativo natural para o organismo, ajudando a eliminar toxinas e resíduos orgânicos e funcionando, também, como um potente laxante. Sendo assim, ao adicionar este ingrediente à sua rotina alimentar conseguirá regular o seu organismo e eliminar toxinas de forma natural e saudável.

5- O kefir também atua como estimulante natural e pode ser usado para tratar o estresse ou o cansaço e sentir como seu organismo fica mais forte e vital. Além disso, também é usado para regular o colesterol e reduzir sua presença no sangue.

6- Para os vegetarianos, o kefir é um alimento muito benéfico pois tem uma grande quantidade de vitamina B12, encontrada normalmente nas proteínas da carne. Este ingrediente natural contém grandes doses deste nutriente e é ideal para incluir nas dieta veganas ou vegetarianas.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post76

Danoninho Caseiro

ReceitasPosted by Kefir BR Aug 04, 2016 11:11:13
Danoninho Caseiro


Ingredientes:

1 leite condensado

200 ml de iogurte de kefir

600 ml de leite fervente

1 gelatina de morango

Preparo:

Dissolva a gelatina no leite e coloque tudo no liquidificador.

Leve ao freezer por 30 minutos e depois bata na batedeira p dar consistência.

Distribua em copinhos e Boa Saúde!!




O Kefir pode ser substituído por iogurte natural, pois esta receita não será beneficiada pelos probióticos, somente com aroma e textura.





  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post75

Beneficios do Kefir para pele

BeneficiosPosted by Kefir BR Jul 27, 2016 11:30:36

Essas bactérias do bem, quando entram em ação, regulam o intestino e ajudam o organismo a eliminar corretamente as toxinas que poderiam afetar o aspecto e a aparência saudável da pele! Os probióticos em geral trazem benefícios para nossa pele.

Melhoram a elasticidade da pele, tom e cor. Agem como um hidratante. Como antioxidante natural ajuda significativamente na elaboração de colágeno, o que promove a elasticidade da pele e melhora a sua aparência...

Combate também outros sinais de envelhecimento, ajudando as células a se reparar e proteger.

Possui propriedades que combatem problemas fúngicos, como candidíase ou herpes.

Também é um bom antisséptico, pois colabora na cicatrização de feridas ou abrasões.

Previne a acne e se nós já temos, ajuda no controle e paralisação deste transtorno.

Nutre os cabelos, dando vitalidade e luz. Com sua função desintoxicante notaremos o nosso corpo cheio de vitalidade, algo que se refletirá em nossa pele.

As pessoas relatam uma redução de rugas, cicatrizes, sardas, manchas marrons e erupções cutâneas. Ela tem sido usada para tratar a psoríase, eczema, acne, úlceras tropicais, erupções, furúnculos, verrugas, e muitas infecções fúngicas como pé de atleta



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post74

Como introduzir os probióticos na dieta das crianças

ProbióticosPosted by Kefir BR Jul 23, 2016 18:57:14

Com que idade uma criança pode começar a tomar os probióticos e em que quantidade?

Ela pode começar a tomar a partir um ano de vida ou a partir do momento que o pediatra introduzir alimentação pastosa, começando com 1 colher de sopa (15 g) e vai aumentando aos poucos.

Algumas pessoas não acham dificuldade alguma em introduzir kefir e ouros alimentos fermentados em sua dieta, já outras pessoas preferem fazer a introdução de forma gradativa. Para aqueles que podem ter algum tipo de sensibilidade à produtos lácteos, mesmo os fermentados, então a introdução do kefir, principalmente o de leite, deve ser feita de forma lenta e gradativa.

Se você toma vitaminas no café da manhã ou na hora do lanche, uma boa idéia pode ser substituir o leite por kefir ou iogurte. Se para você a substituição total, de uma hora para outra, pode soar radical demais, comece usando pequenas partes de kefir ou iogurte para outras tantas partes de leite. Com o tempo o ideal é você diminuir a quantidade de leite e aumentar a proporção de iogurte ou kefir no preparo da vitamina, até que um dia o leite desaparece da receita.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post73

Kombucha - Chamado de "milagre cura para tudo"

BeneficiosPosted by Kefir BR Jul 22, 2016 10:27:38

Kombuchá é chamado

o "milagre cura para tudo"

O segredo de Kombucha é que ele cura uma infinidade de doenças, alternativamente, incluindo câncer. Kombucha estimula o sistema imunitário para combater o cancro e outras doenças debilitantes atingindo um equilíbrio saudável dos órgãos do metabolismo e corporais.

Chamado de "milagre cura para tudo", Kombucha foi feito em casa para a saúde e vitalidade por muitas gerações ao redor do mundo.

Bebedores Kombucha em todo o mundo têm relatado uma enorme lista de doenças e enfermidades que têm respondido positivamente para beber Kombucha de forma regular base.

O segredo de Kombucha não é que 'cura' uma infinidade de doenças, mas, que impulsiona próprio sistema do seu corpo para lutar contra essas doenças.

Ele tem vários componentes, que em seus próprios problemas luta, mas suas propriedades probioitic são o que fazem Kombucha chá tão extraordinário. Kombucha chá é probiótico, desintoxicante e energizante. Ela ajuda a construir o sistema imunológico, combate infecções fúngicas e ajuda a problemas comuns.

Kombucha chá é uma bebida de saúde poderoso, que é relatado para ser a resposta para muitos problemas de saúde. Pronunciado [Com-boo-cha], é feita Ele e bebido todo o mundo. Tem sido uma "fórmula secreta" para aqueles "saber" e um salva-vidas para muitos uma pessoa pobre nas nações menos abençoados. Kombucha trabalha com seu corpo para aumentar a sua capacidade natural, inerente a combater doenças e enfermidades, bem como trazer um equilíbrio saudável de volta para o seu metabolismo e órgãos. Porque ele tem sido em torno de tanto tempo, muitos pesquisadores, químicos e outros da profissão médica ter passado algum tempo investigando os resultados por vezes bastante surpreendentes deste remédio natural. Mesmo o FDA (Food and Drug Administration) pesquisamos Kombucha. Você provavelmente já ouviu pessoas dizem que "tudo o que é bom para você gosto ruim." Bem, Kombucha não se encaixa nessa categoria. É muito agradável degustação bebida, tanto assim, que muitas pessoas usá-lo como uma bebida para os hóspedes e ocasiões especiais. Espumante e um sabor agradável, você pode até mesmo alterar o sabor servir a si mesmo. Kombucha é feito em casa e realmente é bastante simples de fazer.

Você poderia ter uma melhor saúde?

Precisa de um sistema imunológico mais forte?

Quer se livrar de doenças em seu corpo?

Quer garantir uma vida saudável?

Deseja mais energia e vitalidade?

Quer melhorar o aspecto da pele?

Não importa qual é a sua situação.

Você será capaz de encontrar Kombucha (em outros paises) feita por produtores comerciais - tome cuidado!

Muitos fabricantes de Kombucha temos que preservar a bebida para manter sua vida de prateleira - muitas vezes isso envolve a pasteurização, que mata um monte de elementos salutares que você deseja manter.

Valores terapêuticos do Kombuchá

Kombuchá é benéfico para todo o corpo. kombucha

Fortalece o sistema imunológico,

Combate a infecções fúngicas,

Ajuda a problemas nas articulações.

Provoca sensação de bem-estar do corpo.

Ajuda a evitar o enrugamento e a remoção de manchas, ou seja, é um hidratante da pele, quando aplicado topicamente e simultaneamente tomadas internamente - trabalha a partir de dentro para fora, e de fora para dentro

Ajuda a evitar a formação de certos tipos de células cancerosas

Reduz os afrontamentos durante a menopausa

Neutraliza constipação crônica

Fortalece funções renais e da bexiga

Tonifica o coração, ajudando a prevenir ataques cardíacos

Ajuda a reduz a pressão arterial e os depósitos de colesterol ao suavizar veias e artérias.

Protege contra e ajuda a curar a arteriosclerose, reumatismo, artrite e ataques ischmatic.

Auxilia no tratamento de trombose e tromboflebite

Alivia a insônia

Auxilia na disfunção hepática e processo de desintoxicação do fígado

Alivia muitas alergias e nervos doloridos

Estimula a limpeza da vesícula biliar, e alivia a colite e nervoso estômago

Ajuda a controlar o peso, estimulando maior metabolismo da gordura.

Ajuda a estabilizar a glicose, contribuindo assim para evitar quedas bruscas de açúcar no sangue em diabéticos. Além disso, se tomada diariamente, irá otimizar níveis de uréia em aproximadamente 100 dias.

Co-terapia útil em casos de bronquite, asma, tosse, geralmente aliviar essas condições no reboque para três dias.

Estimula o crescimento do cabelo de saúde, cabelo espessamento e ajudando a eliminar os cabelos grisalhos, assim, ajuda a longo prazo para evitar a calvície. (Calvície, uma vez estabelecido, não pode ser revertida)

Útil na prevenção e tratamento da gota e úlceras.

Kombuchá é uma simbiose de

Ludwigii Saccharomyces,

Saccharomyces apiculatus-tipos,

Bactéria xylinum,

Xylinoides bactéria,

Bactéria Gluconicum,

Schizosacchaomyces pombe,

Acetobacter ketoghenum,

Trula-espécies,

Rermentans Picia e outras leveduras.

Produz

Ácido glicurônico,

Vitaminas B1, B2, B3, B6 e B12

Acido fólico

Ácido D-Lacgic ({+} direito rotativo).

Um fígado saudável produz quantidades adequadas de ácido glicurônico e até hoje ele não pode por sinteticamente reproduzida.

Este ácido liga todas as toxinas que são de lavada através da vesícula biliar através do cólon e através dos rins através do trato urinário. Estas toxinas ligadas não vai se contentar em qualquer cólon ou do trato urinário.

Um organismo saudável é capaz, em condições normais para produzir ácido glicurônico suficiente para desintoxicar suficientemente o corpo.

Um fígado fraco é incapaz de produzir quantidades suficientes de ácido glicurônico que leva a um eventual desligamento do sistema imunológico e é um convite para o câncer e outras doenças.

É também muito importante e digno de nota que o ácido glucurônico na forma ligada é o bloco de construção para valiosa Polysaccharids por exemplo,

Ácido Hyaluron (substância básica para a estrutura celular),

Sulfato de condroitina (substância de base para a cartilagem),

Sulfato de Mucoitin (substância básica para a mucosa gástrica e córnea), e

Heparina.

Outro componente importante do kombucha é o ácido Usninic que tem fortes efeitos anti-bacterianos e invariavelmente inativa vírus.

O ácido D-láctico (+) é quase inexistente na estrutura da célula corporal de indivíduos com câncer.

Desde que o ácido D-láctico é o cancro predominante não irá desenvolver.

Em doentes com cancro do valor do pH é maior do que 7,56.

Organismos livres de cancro têm um valor de pH abaixo de 7,5.

A falta de ácido D-láctico em nutrição leva à inanição de oxigénio na célula, fermentação de açúcares e formação de ácido L-láctico (esquerda rotativo) na estrutura de corpo celular.

A mistura desses dois ácidos em quantidades iguais com as suas acções giratórias neutralizar um ao outro e, assim, incentivar o desenvolvimento de câncer.

Alimentos com abundância de ácido D-láctico, treinamento muscular, sauna, etc. encoraja;

a excreção de toxinas,

a libertação deste ácido láctico e

Por conseguinte, regula o valor do pH do sangue para um valor inferior.

testes de massa revelou que o Kombuchá desloca o valor do pH para a acidez visivelmente.

Em testes de urina de indivíduos que foram tratados com Kombuchá e que nunca tiveram bebeu antes, traços consideráveis ​​de chumbo, mercúrio, benzol, caeslum, e outras toxinas estavam presentes.

HISTÓRIA DO chá de cogumelo

O cogumelo chá é mais do que um cogumelo - é um symbiose de algas e fungos. Kombuchá é um líquen (um tipo de musgo).

Kombuchá é a vida, sustenta a vida e promove a vida.

É pátria é a Ásia Oriental onde ainda é um remédio caseiro amado.

Kombucha já era conhecido sob a dinastia China, 221 aC; foi valorizada como um elixir da imortalidade e foi acreditado para irradiar força mágica.

O chá era conhecido sob vários nomes diferentes. Um dos mais famosos foi "Tea Divina ', que até hoje é dado para gastrite crônica na província de Cantão.

Além disso ela está relacionada sobre um médico coreano, nome Kombu, que no ano de 414 tratados com sucesso o imperador Inkyo no Japão. É assim que o "Tea Divino" veio da China através da Coreia para o Japão e, agora, foi nomeado o "Cha (chá de Kombucha) ou Kombu-cha, e encontrou o seu caminho através da Mongólia na Rússia.

O conhecimento a respeito do Kombuchá se espalhar rapidamente nos países da Europa de Leste e logo foi um valioso remédio casa, em quase todos os lares onde foi usado para a digestão e doenças relacionadas com a circulação.

Em ambos os soldados das guerras mundiais como prisioneiros de guerra aprendeu sobre Kombuchá e voltou para casa com contos memoráveis.

Nas regiões de língua alemã, o alemão Dr. Rudolf Sklenar foi o pioneiro no uso de Kombuchá em práticas médicas.

Através de sua pesquisa intensiva e estudos médicos, ele reintroduziu esta antiga remédio natural e tornou-se mundialmente conhecida .

Em seus mais de 30 anos de trabalho intensivo com Kombuchá ele reconheceu e testadas as vastas possibilidades terapêuticas.

Há médicos homeopatas e na Alemanha que o utilizam extensivamente hoje e têm sucessos surpreendentes com tratamentos kombucha.

Após a Primeira Guerra Mundial câncer II aumentou rapidamente na Rússia.

Assim, em 1951, a Academia de Ciências da Rússia e do Instituto de Pesquisa Oncológica Central em Moscou decidiu avaliar os dados estatísticos sobre o câncer em várias regiões e cidades.

Eles estudaram em detalhe hábitos de vida e ambiente da população com a menor quantidade de pacientes com câncer.

Anomalias eram mais evidente nas regiões de Ssalikamsk e Beresniki perto de Perm no Kama, a parte ocidental meio de Ural.

Aqui quase não havia pacientes com câncer .

A indústria crescente havia potássio, chumbo, mercúrio, fábricas de amianto e outras indústrias que produziram a poluição mais perigoso do que em outras partes do país.

Já naqueles anos florestas e peixes estavam morrendo no Kama. A população consumiram quantidades elevadas de álcool e nicotina.

No entanto, a incidência da doença era muito baixo e o moral era muito bom, apesar de os dados que indicam que a água, terra, flora e fauna foram altamente contaminada.

Não houve explicações para teses descobertas. Os investigadores suspeitaram que as autoridades locais podem estar ocultando as verdadeiras estatísticas.

Dr. Molodeyev tinha levado um grupo de teste com 10 associados em Salikamks, Dr. Grigorlyes em Beresinki.

Após mais de um mês de intensa investigação de locais de trabalho e espaços públicos, os investigadores encontraram as áreas a serem altamente contaminada.

A população foi encontrado para ter um realmente baixa incidência de várias doenças, mas especialmente o câncer.

As equipes médicas estavam em uma perda para explicar seus achados incongruentes.

Em seguida, em um dia de verão quente Dr. Molodeiev visitou pessoalmente uma família na área de teste e foi oferecido uma bebida pela governanta (o resto da família não estava em casa no momento).

Ele descobriu a bebida para ser refrescante e saboroso. Ele perguntou sobre a origem desta bebida e foi dito que era "Tea-Kvass.

Dr. M. ficou surpreso quando ele soubesse "kvass", que foi preparado a partir de pão fermentado.

A velha explicou que "chá-kvass" não foi feita a partir de pão, mas foi feito com chá doce que foi fermentado com a ajuda de um cogumelo.

Ele ainda não compreender este processo, de modo a mulher mostrou-lhe uma sala onde 10 potes de grés cobertas com pano de linho foram mantidos em prateleiras. Ela disse hem que a maioria todas as famílias Ssalikamsk foi preparar e beber este "vinho de cogumelo". O "vinho de cogumelo" tinha sido uma tradição de centenas de anos.

estudiosos chineses, disse ela, apresentou o cogumelos como um presente para o Csar que não gostava de seu sabor. Mas ele ordenou o povo, para fazer "vinho" fora do "chá".

Através de um incidente similar, Dr. Grigoriyev descobriu sobre o chá de cogumelo na área ao redor Bersniki.

Em ambas as regiões o "vinho de cogumelo" foi consumido em grandes quantidades: era uma bebida barata e benéfica. Apesar do elevado consumo de álcool nessas regiões, os acidentes no local de trabalho ou relacionados ao dirigir alcoolizado eram escassos. Mas nenhum dos membros dos dois grupos de teste foram capazes de identificar este estranho "chá de cogumelo" exatamente.

O centro Instituto Bacteriológico de Moscovo ajudou a identificá-lo através de fotos coloridas e testes como o pouco conhecido "Kombuchá '.

Sua base de pesquisa foi um manual sobre fermentação de bacteriologia pelo germe W. Henneberg, 2 nd edição de 1926. Mas este manual alemão não explicar nada sobre as funções bioquímicas da simbiose Kombuchá. Outras informações foi procurado pelo Instituto biológica-Biochemical Central, em Moscou.

Prof. Vinovgradov, médico particular pessoal de Stalin, ordenou testes intensivos do kombucha.

Os rumores de uma substância milagrosa contra o câncer atingiu o chefe do serviço secreto, Lavrenti Beria.

Stalin estava tão deprimido que os médicos sentiu algo tinha de ser feito. Stalin também sofria de cerebralsclerosis grave, e foi decidido para tratar dele com Kombuchá antes de uma preparação farmacêutica foi desenvolver [ed. Em 1952 Prof. V. formada uma comissão de 12 médicos que concordaram sobre o tratamento com o Kombuchá.

Berija deu a ir em frente sem consultar seus adjuntos, os generais do KGB, Ryumin e Ignatley. Eles também ouviu falar sobre tudo isto, visitou os laboratórios-se e tornou-se morbidamente ambicioso. Cada um procurou formas de Beria postos de lado. Neste momento particular, Stalin não pensar favoravelmente de judeus e R. e I. usado esse fato para a sua vantagem como Dr. V. e seus cúmplices cresceu particularmente perigosas "cogumelos mofados 'a partir do qual eles extraídos venenos para envenená-lo lenta mas seguramente unnoticeably . Stalin em sua desconfiança doente autorizada R. e I. prender Dr. V. e seus associados que levou à "Moscou Médicos Trial" em 1953. Dr. V. e seus companheiros foram presos, mas reabilitado após a morte de Stalin. Beria, R. e I. foram executados e pesquisas sobre Kombusha parado.

Por outro lado, era aceitável para tratar pacientes com câncer em hospitais prisionais "disfarçado" com Kombuchá.

Testemunho disso são obras de Alexander Solzhenytsin, por exemplo, suas autobiografias, The Cancer Ward e a mão direita .

Ele descreve em detalhes como ele mesmo caiu doente incurável com câncer de estômago e inúmeras metástases no pulmão, fígado e cólon. Ele bebeu Kombuchá crescido no chá Birchleaf e milagrosamente se curado completamente.

Em seu livro The Cancer Ward ele descreve como câncer atingidas altos funcionários do governo estavam dispostos a sacrificar todas as suas fortunas para ser capaz de obter o "cogumelo milagre".

Em 1983, foi relatada pela primeira vez que Ronald Reagan estava doente com câncer. Periodicamente relatos de quimioterapia em curso para cólon, bexiga e agora metástases foram dados a conhecer.

Os resultados de tais alopáticos "cortar e queimar" métodos padrão foram inconclusivos, e Reagan cresceu cada vez mais desconfortável com eles.

médicos de renome nos EUA lembrado as dicas de terapia nos escritos de Solzhenytsin. Este foi ainda investigado e Solzhenytsin, que viveu como imigrante nos EUA, foi questionada.

Ele deu os médicos dicas valiosas e de uma só vez vários Kombuchá foram obtidos a partir do Japão.

Ronald Reagan consumidos diariamente um litro (cerca de um litro) do kombucha e nenhuma menção de câncer é feito mais. Reagan parece ter continuado até ao consumidor o suco de cogumelos ao longo de sua vida.


Fonte: http://www.treating-cancer-alternatively.com/Kombucha.html



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post72

Efeitos relatados do probiótico kombucha

BeneficiosPosted by Kefir BR Jul 22, 2016 10:10:21
Durante os muitos séculos de kombucha, pessoas de todo o mundo, além de pesquisadores (Dufresne e Farnworth 2000 (1)), atribuíram muitas características e efeitos benéficos a kombucha. Vários dos efeitos relatados vieram de observações pessoais.

  1. Desintoxica o sangue;
  2. Reduz o nível de colesterol;
  3. Reduz a aterosclerose;
  4. Reduz a pressão sanguínea;
  5. Reduz problemas inflamatórios;
  6. Alivia artrite, reumatismo e sintomas da gota;
  7. Promove as funções hepáticas;
  8. Normaliza a atividade intestinal, equilibra a flora intestinal e cura hemorroidas;
  9. Reduz a obesidade e regula o apetite;
  10. Previne/cura infecção urinária e reduz a calcificação dos rins;
  11. Estimula o sistema glandular;
  12. Protege contra o diabetes;
  13. Tem um efeito antibiótico contra bactérias, vírus e leveduras;
  14. Melhora o sistema imunológico e estimula a produção de interferon;
  15. Alivia bronquite e asma;
  16. Regula menstruações desregulares e reduz os calores da menopausa;
  17. Melhora a saúde dos cabelos, da pele e das unhas;
  18. Reduz a necessidade de álcool nos alcoólicos;
  19. Reduz o stress, perturbações nervosas e insônia;
  20. Alivia dores de cabeça;
  21. Melhora a visão;
  22. Combate o envelhecimento;
  23. Melhora o metabolismo de forma geral.


  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post71

7 opções de consumo para o KEFIR DE ÁGUA

ProbióticosPosted by Kefir BR Jul 18, 2016 22:44:50

O Kefir de água é um probiótico excelente e produz uma maravilhosa bebida fermentada. Hoje iremos ensinar 7 formas de consumo. Se você quiser dar um toque gaseificado a sua bebida, precisará engarrafar o seu kefir de água para uma segunda fermentação . Também poderá criar suas próprias combinações de sabores com frutas, sucos, ervas e especiarias As possibilidades são infinitas!

1 - Limonada de kefir de água

Produza o kefir de água e remova os grãos de kefir.

Adicione ¼ xícara de suco de limão para cada litro de kefir de água. Sirva frio.

2 - Kefir de água com raspas de Laranja

Adicione os grãos de kefir e várias tiras de casca de laranja orgânica (não o suco) a um lote padrão de água com açúcar.

Cultura de 24-48 horas.

Remova e descarte as raspas de laranja.

Retire os grãos de kefir e sirva-o frio.



3 - Refrigerante de Kefir de água

Produza o kefir de água e remova os grãos de kefir.

Adicione 2 a 3 colheres de chá de extrato de baunilha por litro de kefir de água e conserve em uma garrafa pet ou em recipiente que fique bem vedado.

Mantenha de 24 a 48 horas em temperatura ambiente antes de refrigeração. Sirva-o frio.

Dica: Tenha cuidado ao abrir a garrafa!



4 - Fermentação com frutas

Produza o kefir de água e REMOVA os grãos de kefir. Poderá adicionar frutas frescas ao kefir de água. Se estiver usando frutas frescas, mudar o fruto a cada 24 horas. Manter sob refrigeração em recipiente vedado.


5 - Cultivo no suco de Uva ou suco de maçã

Adicione 4 colheres de sopa de grãos de kefir para 1 litro de suco uva orgânico ou suco de maçã.

Mantenha fora da geladeira por 24-48 horas. Não será necessário adicionar o açúcar mascavo.

Obs: Separe uma porção exclusiva para o suco.

6 - Cultivo na água de coco

Adicione 4 colheres de sopa de grãos de kefir para 1 litro de água de coco natural de preferência. Poderá produzir com a água industrializada, porém procure uma que seja sem conservantes.

Mantenha fora da geladeira por 24-48 horas. Não será necessário adicionar o açúcar mascavo.

Obs: Separe uma porção exclusiva para a água de coco.


7 - Infusão de Kefir de água

Produza o kefir de água e remova os grãos de kefir.

Misture a água do kefir a água da infusão de ervas em proporções iguais. (por exemplo, folhas de urtiga, folhas de framboesa vermelha, etc.).

Para fazer infusões de ervas, misture um punhado de ervas frescas ou secas com água fermentada do kefir.

Obs: Deixe esfriar completamente antes da mistura da infusão com a água do kefir de água. Um período de fermentação mais longa irá produzir um teor de álcool superior devido à quantidade de açúcar no suco. Por favor, use o bom senso ao servir suco cultivadas para crianças.

NOTA: Um período de fermentação mais longa irá produzir um teor de álcool superior devido à quantidade de açúcar no suco. Por favor, use o bom senso se servir suco cultivadas para crianças.

NOTA : Evite adicionar frutas com os grãos, a fermentação com algumas frutas pode ser prejudicial para os grãos. Fatias de limão orgânico ou passas orgânicas sem óleo adicionado são as únicas exceções e podem ser adicionados à fermentação inicial com os grãos.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post70

Ouvimos muito sobre os benefícios de Kombucha, mas o que seria o JUN ?

ProbióticosPosted by Kefir BR Jul 18, 2016 10:57:13

O Jun é uma colônia semelhante ao Kombuchá. Ele tradicional produzido com chá verde e mel ( Isto significa que Jun chá seria livre de quaisquer potenciais resíduos de dissacarídeos do açúcar branco). Para aqueles que gostam do kombucha, o JUN pode ser uma boa alternativa. Mais você provavelmente está fazendo a pergunta, qual é a diferença?

Há um sabor distinto para kombucha, um gosto azedinho, enquanto JUN tem um sabor mais delicado e menos azedo. O processo do cultivo é muito semelhante entre os dois, embora JUN tem um ciclo de fermentação mais rápido do que kombucha.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post69

Três opções para consumo do leite fermentado.

ProbióticosPosted by Kefir BR Jul 17, 2016 10:26:26

Descobrir a forma que você mais gosta de consumir o kefir de leite é importante para aproveitar ao máximo os benefícios deste alimento probiótico. Você vai perceber que é um alimento muito versátil e você pode consumir de diferentes maneiras, fazer molhos para salada, bolos, sobremesas, cremes, queijinhos. O importante é usar a criatividade para aproveitar ao máximo e fazer receitas e pratos deliciosos.

OPÇÃO 1: leite fermentado puro ou com frutas

Depois de fermentado o leite kefirado já está pronto para ser consumido. Você pode optar por consumir ele puro mesmo ou ainda bater com alguma fruta, mel e/ou especiarias para saborizar.


Você poderá consumir o leite kefirado/fermentado batido com frutas. Ha possibilidade de mistura de diversos sabores. Ex: frutas vermelhas, maracujá, caqui, mamão, kiwi, coco. Misturas como morango e cubos de leite de coco congelados, banana congelada com manteiga de amendoim, maracujá com gengibre e hortelã são as combinações mais preferidas.

Pode optar por adoçar ou não, dependendo do seu paladar. Além do mais algumas frutas já conferem o sabor doce necessário. Aqui é importante você encontrar a mistura que mais agrade e diversificar sempre, para obter sempre um sabor novo e também uma fonte de vitamina e nutrientes diferentes.

Se você bater o kefir de leite com frutas congeladas a consistência fica muito parecida com um smoothie e é delicioso para dias quentes.

Outra opção ainda é utilizar este leite para fazer molhos para a salada. Substituir o leite na hora de fazer bolos e molhos em geral.

OPÇÃO 2: dessorar o leite fermentado

Outra opção é dessorar o leite kefirado, ou seja, separar o soro e isso muda totalmente a consistência.

É só colocar o leite fermentado (depois de retirar os grãos) em um coardo de papel (filtro de café) ou de pano e deixar dessorando dentro da geladeira. Aí, dependendo do tempo que você deixar dessorando você vai obter versões diferentes.

Em 8 horas você vai ter o grego de kefir, um iogurte mais denso. É um dos jeitos que eu mais gosto de consumir. Acho que a textura fica bem cremosa e dá para adicionar frutas, granola, fazer parfait. Enfim, servir como você serviria o iogurte grego. Normalmente eu misturo com frutas. Neste da foto foi amassado meio kiwi, adicionado ao kefir grego e na outra metade em pedaços intercalando com granola caseira.

Depois de 12 horas a consistência já é mais firme, similar ao cream cheese. E fica incrivelmente gostoso para comer com torradas, pães, crackers e usar em receitas.


Nesta consistência fica perfeito para fazer molhos para salada, adicionar mostarda e limão. Fica uma delícia. E Uma dica: picar meio pepino, algumas folhas de hortelã, dill (opcional), sal, pimenta, limão e um pouquinho de azeite e colocar 1/2 xícara de cream cheese de kefir.

Ainda, nesta consistência mais firme é possível fazer um queijinho temperado. É só colocar um pouquinho de azeite em um recipiente, colocar bolinhas de queijo modeladas com a colher, temperar com os temperinhos que você preferir (sal, pimenta, páprica, ervas em geral) e cobrir com azeite. Depois só guardar na geladeira e ir consumindo, na salada fica delicioso.

E, deixando entre 24 e 48 horas você vai ter um queijinho mais firme, que muito se assemelha a ricota, mas é mais saboroso na minha opinião. Para esse queijo eu gosto de fazer a segunda fermentação, que vou falar mais abaixo.

Ainda, nesta consistência mais firme é possível fazer um queijinho temperado. É só colocar um pouquinho de azeite em um recipiente, colocar bolinhas de queijo modeladas com a colher, temperar com os temperinhos que você preferir (sal, pimenta, páprica, ervas em geral) e cobrir com azeite. Depois só guardar na geladeira e ir consumindo, na salada fica delicioso.

E, deixando entre 24 e 48 horas você vai ter um queijinho mais firme, que muito se assemelha a ricota, mas é mais saboroso na minha opinião. Para esse queijo eu gosto de fazer a segunda fermentação, que vou falar mais abaixo.


E o soro que sobra? Bem esse soro nada mais é do que a proteína do leite (o famosos whey protein). Há quem consuma esse soro puro mesmo em substituição ao whey industrializado. Outra função ainda é adicionar um pouco (cerca de 1/4 de xícara) na hora do demolho de grãos e cereais, pois ajuda na liberação dos fitatos.

OPÇÃO 3: segunda fermentação

Depois de coar os grãos é possível ainda deixar o leite kefirado fermentar uma segunda vez. As bactérias e leveduras já presentes no leite fermentado vão continuar agindo e fermentando. É só colocar o leite fermentado em um recipiente, tampar e deixar fermentando (dentro de um armário de preferência, como fazemos com o leite e grãos).

Eu deixei fermentando mais 48 horas sem os grãos de Kefir e tive este resultado. O soro (kefiraride) se separou completamente da parte sólida (kefiran).


Enfim, existem muitas formas de consumir os probióticos. Vá testando, experimentando e usando a criatividade você vai achar a que mais te agrada e a melhor maneira de introduzir este alimento tão rico em sua vida!


Fonte: http://www.temperando.com/




  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post68

Como cultivar o Kefir de leite

ProbióticosPosted by Kefir BR Jul 12, 2016 14:20:55

Os grãos de Kefir de leite são brancos e constituem uma cadeia de bactérias e leveduras que tem a aparência muito semelhante a uma couve flor. Quando bem cultivados produzem uma rica bebida probiótica e continuam crescendo indefinidamente.

Preparar o Kefir de Leite é muito fácil. Os grãos são cultivados leite, seja de vaca, cabra ou ovelha. As bactérias e leveduras presentes nos grãos metabolizam o açúcar do leite, ou seja, a lactose, reduzindo a caseína, albumina, além de sintetizar o ácido lático, a lactose e outras enzimas. Também modificam os sais de cálcio, que se tornam mais fáceis de serem absorvidos pelo organismo humano. O leite de Kefir é composto por um conjunto de microorganismos benéficos, repleto em vitamina, aminoácidos e enzimas.

Quando fermentado pelo Kefir o leite se assemelha muito ao iogurte que conhecemos, no entanto é nutricionalmente mais rico, com menos lactose e repleto de probióticos. São mais de 30 tipos diferentes de lactobacilos, incluindo Lactobacillus bulgaricus, Streptococcu thermophilus, Lactobacillus acidophilus e Lactobacillus casei.



Primeiro você precisa dos grãos. Conforme você cultiva, os grãos irão crescer e se reproduzir, e você poderá também doá-los. O Kefir de Leite se reproduz sintetizando o açúcar presente no leite, ou seja, a lactose. O ideal é usar leite integral de boa qualidade. Se você tem acesso a alguém que vende leite fresco, melhor ainda!

Além dos grãos e leite você irá precisar de um recipiente de vidro para fermentar os grãos, um pano estilo voal ou gaze, uma peneira e um recipiente para armazenar o seu leite já fermentado.



Além dos grãos e leite você irá precisar de um recipiente de vidro para fermentar os grãos, um pano estilo voal ou gaze, uma peneira e um recipiente para armazenar o seu leite já fermentado.

Em um recipiente de vidro bem limpo coloque o leite.

Adicione os grãos de Kefir – cerca de 2 a 3 colheres (sopa) para cada litro de leite.

Cubra com um papel toalha ou um pano estilo voal (gaze ou fralda funcionam bem) e prenda com um elástico e deixe fermentando entre 12 e 48 horas em temperatura ambiente.

* Importante salientar aqui que, quanto maior a temperatura ambiente mais rápido irá fermentar e, ainda, que quanto mais tempo fermentando mais ácido ficará. Faça suas experiências e veja qual o melhor método (tempoXquantidade de grãosXtemperatura) é melhor para o seu paladar. Pode ser que em temperaturas mais quentes 12 horas seja o suficiente.

Depois de fermentar, coe os grãos de kefir. Armazene o leite fermentado em um recipiente com tampa (por até 3 dias sob refrigeração).

Retorne os grãos para um recipiente limpo com leite para reiniciar o processo.

Tampe com uma gaze, fralda, voal ou papel toalha e guarde em um cantinho do seu armário.

Depois de fermentado entre 12 a 48 horas, coe e reinicie o processo.

Depois de coado o leite de kefir, também chamado de iogurte de kefir, deverá ser armazenada em um recipiente devidamente tampado, na geladeira.

Agora é só consumir o kefir puro ou pode-se, ainda, bater com frutas diversas e de acordo com o seu gosto. Ainda há outras possibilidades, dessorar para deixá-lo mais consistente estilo iogurte grego.

Teste várias combinações de quantidade de grãos, quantidade de leite, tipo de leite e tempo de fermentação para chegar ao Kefir que mais agrade o seu paladar.

Não é necessário lavar os grãos entre um cultivo ou outro, mas recomenda-se fazer isso uma vez na semana ou a cada duas semanas. Não será necessário lavar os grãos.

É normal que, quando for coar o Kefir, você note a presença de uma espécie de viscosidade, isso é totalmente normal, e os cientistas chamam essa “liga” que se desprende de Kefiran, que é altamente benéfico e está associado a propriedades anti-cancerígenas. Por isso evite ficar lavando!

Para cada litro de leite recomenda-se usar cerca de 2 a 3 colheres (sopa) de grãos de kefir. Se usar mais o processo de fermentação será mais acelerado.

Depois de fermentado, o leite fica mais grosso, na consistência de iogurte.

Pode acontecer durante o processo de fermentação a separação do leite e do soro, se isso acontecer não se desespere é totalmente normal. Misture tudo e coe normalmente.

A coloração normal dos grãos é mais branquinha, se você encontrar algum mais escuro ou amarronzado, descarte!

Nunca consumir o kefir que apresentar gosto ou cheiro estranho. É normal um sabor um pouco mais ácido, mas nunca cheiro e gosto totalmente desagradável.

Conforme o seu Kefir for aumentando, guarde uma porção no congelador e doe o excedente!


Fonte: http://www.temperando.com/

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post67

Como cultivar o kefir de água

ProbióticosPosted by Kefir BR Jul 12, 2016 14:00:44

Os grãos de Kefir de água são pequenos, translúcidos ou caramelos (dependendo do açúcar que você usa) e tem a aparência de micro cristais. Quando bem cultivados produzem uma rica bebida probiótica e continuam crescendo indefinidamente.

Preparar o Kefir de Água é super simples. Os grãos são cultivados em água adoçada com açúcar ou rapadura (nunca use mel). As bacterias e leveduras presentes nos grãos metabolizam o açúcar, transformando em um conjunto de microorganismos benéficos, repleto em vitamina, aminoácidos e enzimas. Como toda bebida fermentada, a cultura de kefir de água produz uma quantidade pequena de álcool, que varia de 0.5% a 0.75%, dependendo o tempo de fermentação e a quantidade de açúcar. Quando fermentado suco de frutas, que possuem mais açúcar a quantidade de álcool sobre para 0.9% a 1%.

Primeiro você precisa dos grãos, também conhecido como tibicos. Conforme você cultiva e fermenta a água, os grãos irão crescer e se reproduzir, e você poderá doá-los. O Kefir de Água se reproduz melhor em um ambiente mineral e preferencialmente com açúcar orgânico. Se usar açúcar mascavo, por exemplo, o seu Kefir terá uma coloração caramelo, usando açúcar refinado a coloração será mais límpida. Eu particularmente uso água mineral e açúcar mascavo.

Além dos grãos, água e açúcar você irá precisar de um recipiente de vidro para fermentar os grãos, um pano estilo voal ou gaze, uma peneira e um recipiente para armazenar a sua água já fermentada.

250 ml de água filtrada ou mineral.

Adicione ¼ de xícara de açúcar (mascavo de preferência ou rapadura) e dissolva bem.

Complete com mais 750ml de água filtrada ou mineral.

Obs. Se for preparar uma quantidade menor, utilize cerca de 1 colher (sopa) rasa de açúcar para 250ml de água.

Prepare a água de açúcar e coloque em um recipiente de vidro

Adicione os grãos de Kefir – cerca de 4 a 5 colheres (sopa) para cada litro de água.

Adicione os grãos de Kefir – cerca de 4 a 5 colheres (sopa) para cada litro de água.

Cubra com um papel toalha ou um pano estilo voal (gaze ou fralda funcionam bem) e prenda com um elástico e deixe fermentando entre 24 e 48 horas em temperatura ambiente

* Importante salientar aqui que, quanto maior a temperatura ambiente mais rápido irá fermentar e ainda que quanto mais tempo fermentando menos doce ficará. Faça suas experiências e veja qual o melhor método (tempoXquantidade de grãosXtemperatura) é melhor para o seu paladar.

Depois de fermentar, coe os grãos de kefir. Armazene o líquido fermentado em um recipiente com tampa sob refrigeração (por no máximo 3 dias).

Retorne os grãos para um recipiente com água de açúcar para reiniciar o processo.


A tonalidade mais amarelada/caramelo é porque eu uso açúcar mascavo. Depois de fermentada a água ficará mais clara, com um cheiro de fermentado (aparentemente fermento de pão) e com um sabor mais ácido/azedinho.

Agora é só consumir a água de kefir pura ou pode-se, ainda, adicionar aromatizadores, como por exemplo suco de frutas, sachê de chá, frutas frescas ou secas para saborizar. Uma dica é utilizar o suco de limão, fica parecendo uma limonada, ou aromatizada com gengibre. Dentro da garrafa com a água de kefir pronta (depois de coado os grãos), colocar pedacinhos de gengibre e manter na geladeira. Com sachê de chá também fica muito bom.

Não é necessário lavar os grãos entre um cultivo ou outro, mas recomenda-se fazer isso uma vez na semana ou sempre que a água estiver muito ácida . Depois de peneirado, lave os grãos com água filtrada e depois reinicie o processo.

Para cada litro de água recomenda-se usar cerca de 4 a 5 colheres (sopa) de grãos de kefir. Se usar mais o processo de fermentação será mais acelerado.

Além da água com açúcar é possível usar suco de frutas e água de coco para fermentar. O ideal é separar grãos específicos para essa finalidade porque os grãos usados para fermentar os sucos irão dar um gosto diferente na água. Se notar que os grãos estão ficando fracos, colocá-los na solução de água com açúcar pelo menos uma vez a cada duas semanas, descartando a água em seguida.

Nunca consumir o kefir que apresentar gosto ou cheiro estranho. É normal um cheiro de fermentado e um sabor um pouco mais ácido, mas nunca cheiro e gosto totalmente desagradável.

Conforme o seu Kefir for aumentando, guarde uma porção no doe o excedente!

Fonte: http://www.temperando.com/



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post66

Queijo produzido com Iogurte Caspian

ReceitasPosted by Kefir BR Jul 08, 2016 11:18:12
Queijo produzido com Iogurte Caspian.

Super simples de fazer. Dessore o iogurte por 2 dias, tempere a gosto e coloque em uma forminha. No meu caso optei só pelo sal e o orégano! A textura é ótima e não fica com aquele gostinho ácido como fica o que é feito com kefir de leite. :)

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post65

Kefir - Benefícios Comprovados (Que Poucos Sabem)

BeneficiosPosted by Kefir BR Jul 06, 2016 21:18:06

1 – Ajuda a combater problemas digestivos

2 – Normalmente pode ser ingerido por que tem intolerância a lactose

3 – Tem fortes propriedades antibacterianas

4 – Fortalece os ossos e diminui as chances de osteoporose

5 – Estimula o sistema imunológico e pode auxiliar no combate ao câncer

6 – É um probiótico melhor do que o iogurte

7 – É uma fonte de vários nutrientes

1 – Ajuda a combater problemas digestivos. Probióticos como o kefir ajudam a restaurar o balanço das bactérias “do bem” do nosso intestino.

Já existem muitas evidências de que o kefir também auxilia qualquer tipo de problema digestivo (5, 6). Assim como a síndrome do intestino irritável, infecção por H. pylori, entre outros

2 – Normalmente pode ser ingerido por quem tem intolerância a lactose

O kefir de leite pode servir como alternativa ao leite para os intolerantes a lactose. Isso acontece na maioria dos casos, a menos que você tenha uma intolerância muito forte.

Isso acontece porque a bactéria do ácido lácteo presente no kefir transforma a lactosoe em ácido lácteo. Por esse motivo, o kefir tem bem menos lactose do que o leite. Além de ter enzimas que ajudam a quebrar ainda mais a lactose.

Se você tem uma intolerância muito severa, opte pelo kefir de água, suco ou de água de coco que são alternativas 100% seguras, pois não tem nada de lactose.

3 – Tem fortes propriedades antibacterianas

Determinados probióticos do kefir protegem contra infecções. Incluindo o probiótico que é único do kefir: Lactobacillus kefiri.

Pesquisas mostram que esse probiótico pode inibir o crescimento de várias bactérias prejudiciais, como a salmonela, E. coli e Helicobacter pylori.

Além disso, um carboidrato encontrado no kefir, o kefiran, tem propriedades antibacterianas

4 – Fortalece os ossos e diminui as chances de osteoporose

O kefir é uma excelente fonte de cálcio e por isso é ótimo para retardar a progressão da osteoporose, que é uma doença que enfraquece os ossos. Quando o kefir é feito com leite integral, ainda pode diminuir o risco de fraturas em 81%, através da vitamina K2

5 – Estimula o sistema imunológico e pode auxiliar no combate ao câncer

Os probióticos da fermentação do kefir de leite podem inibir o crescimento de tumores através da redução de compostos cancerígenos, além de estimular o sistema imunológico.

Porém, não temos evidências suficientes de que o kefir pode auxiliar no tratamento de tumores em seres humanos. Ainda há poucas pesquisas com esse tema.

6 – É um probiótico melhor do que o iogurte

Como já mencionei, os probióticos são microorganismos muito benéficos a saúde. Auxiliam na digestão, controle de peso, saúde mental.

Apesar do iogurte ser o probiótico mais popular, o kefir se mostra melhor do que o iogurte. Isso ocorre porque os grãos de kefir tem aproximadamente 30 diferentes bactérias e leveduras capazes de auxiliar nossa saúde.

Enquanto outros probióticos tem bem menos bactérias e muitas vezes nem tem leveduras.

7 – É fonte de vários nutrientes

O kefir contém :

Proteína

Cálcio

Fósforo

Vitamina B12

Riboflavina (vitamina B2)

Magnésio

Vitamina D.

E também contém ácidos orgânicos e peptídeos que auxiliam a saúde.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post64

Beneficios do kefir de água

ProbióticosPosted by Kefir BR Jul 05, 2016 19:19:19

Dentre os benefícios do kefir de água, estão relatos de melhoras em dores nas juntas, alivio de reumatismo, dores de cabeça e enxaquecas, melhoras nas funções hepática e renal, diminuição de crises de rinite alérgica, bronquite e asma, fortalecimento dos cabelos, diminuição do colesterol, melhoras no astral, no sono e na disposição para as tarefas do cotidiano.

Microbiota.

Lactobacilos:

Lactobacillus galactose
Lb. brevis
Lb. casei subsp. casei Lb. paracasei subsp. paracasei Lb. casei subsp. Ramos Lb. casei subsp.tolerante Lb. coraciiform subsp. torquens Lb. frutose Lb. Hilarities Lb. homofobia Lb. plantarum Lb.pseudo plantarum Lb. admoesta


Estreptococos / lactococci:

Streptococcus cremeris
Str. faecalis
Str. lactis
Leuconostoc mesenteroides
Pediococcus damnosus


Leveduras:

Saccharomyces cerevisiae
Sacc.Florentinus
Sacc.pretoriensis
Candida valida
C. lambica
Kloeckera apiculata
Hansenula yalbensis

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post63

Quais os Benefícios do Kefir para a nossa Saúde?

BeneficiosPosted by Kefir BR Jul 02, 2016 13:09:17
Benefícios do Kefir para a nossa Saúde:

– Ajuda a diminuir o colesterol ruim, reduzindo o colesterol LDL pois ele contém fitoesterol e stanol – compostos que bloqueiam a absorção de colesterol na corrente sanguínea, ajudando a prevenir doenças cardíacas.

– Ajuda a diminuir o risco de câncer do intestino, beneficia no controle do Diabetes – Saiba Mais como controlar seu diabetes – Diabetes Controlada

– Ajuda a limpar e desintoxicar nosso organismo, ajudando a estabelecer um equilíbrio saudável do nosso organismo inteiro.

– Equilibra a flora intestinal combatendo as bactérias que são nocivas à nossa saúde, e que podem causar doenças, substituindo-as por bactérias benéficas.

– Beneficia o organismo tanto na obstipação quanto na diarréia, e reduz os gases e melhorando o inteiro processo digestivo.

– Sintetiza a lactose – o leite kefirado possui menos carboidratos que o leite puro, excelente para quem tem diabetes, e alergias como a intolerância à lactose.

– Aumenta a nossa resistência a infeções, pois equilibra a flora intestinal que protege nosso organismo, estimulando e melhorando muito o nosso sistema imunológico.

– Aumenta consideravelmente a quantidade de vitamina B – essencial para a saúde, sendo rico em vitaminas B12, B1, biotina, K, cálcio, magnésio, ácido fólico e fósforo.

– Combate as infecções fúngicas como a cândida.

– Beneficia a saúde da pele e ajuda a aliviar doenças como acne e eczema.

– Por conter quantidades elevadas de triptofano – aminoácido conhecido por seu efeito relaxante no sistema nervoso – ajuda no combate aos estresse e depressão.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post62

Kefir - Saúde digestiva e Intestinal

BeneficiosPosted by Kefir BR Jul 01, 2016 09:50:14


Por que seu corpo precisa de probióticos?

Nosso revestimento estomacal tem cerca de 400 espécies de bactérias probióticas. Essas bactérias são necessárias para a saúde digestiva e intestinal. Sem essas bactérias boas nós seríamos alvo de muitas doenças que vão de úlcera a várias infecções. Probióticos são os alimentos funcionais modernos. Alimentos funcionais são aqueles que trazem benefícios à saúde. Esses alimentos são bons para o sistema imune já que eles afastam infecções e constroem imunidade.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post61

9 Benefícios do kefir baseados em evidências

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 25, 2016 10:57:44


1. Fantástica fonte de nutrientes

Kefir é uma bebida fermentada, tradicionalmente feita a partir de leite de vaca ou de cabra. Isso é feito através da adição de “sementes” de kefir ao leite, no que “sementes” significam aqui as culturas de leveduras e bactérias de ácido láctico que se assemelham a uma couve-flor na aparência.








Durante um período de mais ou menos 24 horas, os micro-organismos nas sementes multiplicam-se e fermentam os açúcares no leite, transformando-o em kefir. Em seguida, as sementes são removidas do líquido podendo ser usadas novamente. Então, basicamente, o kefir é a bebida, mas as sementes de kefir são o "start kit" que você usa para produzir a bebida.

De origem de partes da Europa do Leste e Sudoeste da Ásia, o nome é derivado da palavra turca Keyif, que significa "sentir-se bem" depois de comer (1). As bactérias do ácido láctico transformam a lactose no leite em ácido láctico, assim o kefir possui gosto azedo como o iogurte, porém tem uma consistência mais fina.


Uma poção de 175ml de kefir de leite contém (2,3):

Proteína: 6 gramas.

Cálcio: 20% do VDR.

Fósforo: 20% do VDR.

Vitamina B12: 14% do VDR.

Riboflavina (B2): 19% do VDR.

Magnésio: 5% da VDR.

Uma boa quantidade de vitamina D.


Cerca de 100 calorias, 7 a 8 gramas de carboidratos e 3 a 6 gramas de gordura, dependendo do tipo de leite que é usado. O kefir também contém uma grande variedade de compostos bioativos, incluindo os ácidos orgânicos e peptídeos que contribuem para a saúde (1).

Versões sem leite de kefir podem ser feitas com água de coco, leite de coco e outros líquidos doces. Estes não têm o mesmo perfil de nutrientes como kefir à base de produtos lácteos.

Conclusão: Kefir é uma bebida de leite fermentada, rica em proteínas, cálcio e vitaminas do complexo B.

2. Kefir é um probiótico mais poderoso do que o iogurte

Alguns microrganismos podem ter efeitos benéficos para a saúde quando ingeridos (4). Conhecidos como probióticos, esses microrganismos podem influenciar a saúde de várias maneiras, incluindo a digestão, controle de peso e saúde mental (5, 6, 7). O iogurte é o alimento probiótico melhor conhecido na dieta ocidental, mas é, na verdade, o kefir uma fonte muito mais potente.

As sementes do kefir contêm cerca de 30 estirpes de bactérias e leveduras, tornando-se uma fonte de probióticos muito rica e diversificada. Outros produtos lácteos fermentados são feitos a partir de não tão numerosas estirpes, e não contêm quaisquer leveduras.

Conclusão: O kefir contém cerca de 30 microrganismos diferentes, tornando-se uma fonte de probióticos mais potente do que outros produtos lácteos fermentados.

3. Propriedades antibacterianas potentes

Alguns probióticos do kefir atuam contra infecções e isso inclui o probiótico Lactobacillus kefiri, que é exclusivo dele, e estudos mostram que este probiótico pode inibir o crescimento de várias bactérias, incluindo Salmonella, Helicobacter Pylori, e E. coli (8, 9).Kefiran, um tipo de carboidrato presente no kefir, também possui propriedades antibacterianas (10).

Conclusão: Kefir contém o probiótico Lactobacillus kefiri, e o kefiran, os quais podem proteger contra bactérias nocivas.

4. Proteção da saúde óssea e redução do risco de osteoporose

A osteoporose (ossos "porosos") é caracterizada pela deterioração do tecido ósseo e é um enorme problema nos países ocidentais, sendo especialmente comum entre as mulheres idosas, dramaticamente aumentando o risco de fraturas.

Garantir uma ingestão adequada de cálcio é uma das maneiras mais eficazes para melhorar a saúde óssea e retardar a progressão da osteoporose (11).

O kefir feito a partir de produtos lácteos integrais não é apenas uma grande fonte de cálcio, mas também de vitamina K2, a qual desempenha um papel central no metabolismo do cálcio; sua suplementação pode reduzir o risco de fraturas até 81% (12, 13).

Estudos recentes em animais mostraram que o kefir pode aumentar a absorção de cálcio pelas células ósseas. Isto leva a uma melhor densidade óssea, o que deve ajudar a prevenir fraturas (14).

Conclusão: O kefir feito a partir de laticínios é uma excelente fonte de cálcio. Se produzido a partir de produtos lácteos sem a retirada da gordura, ele contém vitamina K2 com benefícios importantes para a saúde óssea.

5. Proteção contra o câncer

O câncer é uma das causas principais de morte no mundo. Ele ocorre quando existe um crescimento descontrolado de células anormais no corpo, tal como um tumor.

Os probióticos em produtos lácteos fermentados são apontados como inibidores do crescimento tumoral, reduzindo a formação de compostos carcinogênicos, bem como estimulantes do sistema imunológico (15). Este papel protetor tem sido demonstrado em vários estudos em tubo de ensaio (16, 17).

Um estudo descobriu que o extrato de kefir reduziu o número de células de câncer de mama humano em 56%, em comparação com apenas 14% quando usado extrato de iogurte (18). No entanto, precisamos tomar esta informação com cautela desde que ela está longe de ser comprovada em seres vivos.

Conclusão: Alguns estudos em tubos de ensaio e em animais mostraram que o kefir pode inibir o crescimento de células cancerosas. Isto ainda não foi estudado em pessoas.

6. Os Probióticos podem ajudar em vários problemas digestivos

Os probióticos como o kefir podem ajudar a restaurar o equilíbrio de bactérias amigas no intestino e é por isso que eles são altamente eficazes para muitas formas de diarreia (19, 20).

Há também uma grande quantidade de provas que os probióticos e alimentos probióticos podem ajudar em todos os tipos de problemas digestivos (5), incluindo a síndrome do intestino irritável (IBS), úlceras causadas por infecção por H. pylori, e vários outros (21, 22, 23, 24). Por esta razão, o kefir pode ser útil se você tiver problemas de digestão.

Conclusão: Os probióticos como o kefir podem tratar várias formas de diarreia. Eles também podem levar a grandes melhorias em várias doenças do aparelho digestivo.

7. O kefir é geralmente bem tolerado por pessoas que são intolerantes à lactose

Laticínios regulares contêm um açúcar natural chamado lactose. Muitas pessoas, especialmente os adultos, são incapazes de quebrar e digerir a lactose corretamente. Esta condição é chamada de intolerância à lactose (25).

As bactérias lácticas em alimentos lácteos fermentados (como kefir e iogurte) tornam a lactose em ácido láctico, por isso, esses alimentos são muito mais baixos em lactose que o leite, e também contêm enzimas que podem ajudar a quebrar a lactose ainda mais.

Devido a isso, o kefir é geralmente bem tolerado por pessoas com intolerância à lactose, pelo menos, quando comparado ao leite normal (26).

Saiba também que é possível fazer kefir 100% livre de lactose, usando água de coco, suco de frutas ou qualquer outro fluido não lácteo.

Conclusão: As bactérias lácticas já pré-digerem a lactose no kefir. Pessoas com intolerância à lactose, muitas vezes podem ingerir o kefir sem problemas.

8. Melhora dos sintomas de alergia e asma

As reações alérgicas são causadas por uma reação inflamatória contra substâncias ambientais inofensivas.

Pessoas com um sistema imunológico mais sensível são mais propensas a alergias, o que pode causar doenças como a asma.

Em estudos em animais, o kefir foi mostrado para suprimir as respostas inflamatórias relacionadas à alergia e asma (27, 28). São necessários estudos em humanos para explorar melhor estes efeitos.

9. Fácil de fazer

Mesmo não sendo um benefício para a saúde, pode ser bem importante. Se você não tem certeza sobre a qualidade do kefir comprado no comércio, então você pode facilmente fazê-lo em casa. E quando combinado com algumas frutas frescas, torna-se uma deliciosa sobremesa. Você pode comprar semente de kefir em algumas lojas de produtos naturais e supermercados.

Há alguns bons posts e vídeos sobre como fazer kefir, mas o processo é muito simples:

Fonte: http://authoritynutrition.com/9-health-benefits-of-kefir/



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post60

Kefir Emagrece

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 25, 2016 10:31:50


O kefir é uma bebida probiótica fermentada. Composta por uma mistura de bactérias e leveduras a bebida age melhorando o sistema imunológico e proporcionando incontáveis benefícios.

No que diz respeito à composição biológica, o kefir contém uma infinidade de bactérias e leveduras. Mas não é só isso. A bebida também é rica em sais minerais como o sódio, potássio, zinco, molibdênio, cobre, cálcio, manganês, fósforo, magnésio e ferro. Além disso, contém vitaminas e aminoácidos essenciais.
O kefir é realmente uma bebida muito poderosa. Dentre os benefícios que ele proporciona para a saúde, podemos destacar os seguintes:
Aumenta a imunidade, pois seus compostos estimulam a produção da gama-interferon, uma substância que ajuda o organismo a vencer e a se proteger de infecções;
Melhora a densidade óssea;
Protege contra doenças graves como o câncer, e ajuda a combater problemas como alergia e asma;
Melhora a digestão da lactose, sendo útil, portanto, àquelas pessoas que sofrem com intolerância (consulte o seu médico antes de utilizar); Favorece a desintoxicação do organismo.

Alguns estudos já descobriram que a população microbiana das pessoas que sofrem com o excesso de peso é diferente da população microbiana das pessoas magras. Assim, parece existir uma ligação entre obesidade e o tipo de bactéria intestinal.

Nesse sentido, segundo alguns especialistas, várias bactérias presentes no kefir podem favorecer a perda de peso. Além disso, ele é um alimento com pouquíssimas calorias, ou seja, você pode se beneficiar dele sem correr o risco de estragar a sua dieta.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post59

Kombucha – Descubra seus benefícios

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 24, 2016 12:30:03
Milenar na cultura oriental, o chá de kombucha ou kombuchá é muito famoso por suas propriedades medicinais, sua eficácia nos tratamentos e também pelos resultados, que já são visíveis com pouco tempo de consumo. Ele é probiótico e possui um alto índice de antioxidantes, além de muitas vitaminas do complexo B. Conhecido em muitos lugares como “chá de cogumelo”, o kombucha é na verdade uma combinação estratégica de bactérias boas e leveduras.

A maioria dos adeptos desta bebida exótica juram de pés juntos que ela é a melhor arma natural contra o câncer quando tomada diariamente. Acontece que a mistura de leveduras e bactérias boas impedem que alguns ambientes do organismo se tornem favoráveis ao desenvolvimento do câncer, e por isso chegam a fazer o corpo recuperar seu estado natural depois de infectado.

Ele não apenas atua na prevenção, como também no tratamento do câncer;
O chá age no intestino melhorando consideravelmente a digestão;
Muito usado para aguçamento da visão;
Ajuda também a diminuir as taxas de colesterol ruim e gorduras no sangue;
Este chá é capaz de dissolver gorduras na digestão, e por isso é muito indicado para quem quer emagrecer;
Auxilia bastante na elasticidade da pele;
Elimina toxinas e impurezas do organismo.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post58

Perguntas e Respostas

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 18, 2016 22:12:29
Aqui vocês acharão as respostas para a maior parte das suas dúvidas sobre o kefir, como: Benefícios, indicações, dosagem, preparação, sabor, receitas, cuidados/higiene/ Crescimento,conservação, kefiraride, kefiran, aparência, kefir viscoso e outros probióticos. Se existem regras que podem ser aplicadas no preparo do kefir, elas estão aqui.
Mantenha todos os utensílios limpos, e use, para o kefir de leite, somente leite fresco de boa qualidade e para o kefir de água, dê preferência à água mineral ou sucos naturais.
Tenha paciência quando fizer mudanças significativas no preparo do kefir. Os grãos de Kefir são muito robustos, mas precisam de tempo para se adaptar a quaisquer mudanças feitas na forma de cultivá-los.

1 - Qual é o tempo de fermentação correto?
2 - Recebi os grãos de kefir e agora o que fazer? Quanto tomar inicialmente?
3 - Até quanto posso encher o vasilhame da fermentação?
4 - Como eu sei quando meu kefir de leite está pronto?
5 - Eu preciso coar ou remover todo o kefir antes de adicionar leite fresco?
6 - Qual a taxa de crescimento dos grãos de kefir?
7 - Quanto leite eu adiciono aos grãos?
8 - Qual é o melhor modo para aumentar o leite ou a produção de kefir?
9 - Por que é tão difícil coar meu kefir?
10 - Qual a temperatura ideal para fermentar meu kefir?
11 - Devo apertar ou espremer os grãos quando for coá-los?
12 - Que tipos de leite eu posso usar fazer kefir?
13 - Devo lavar meus grãos de kefir após coá-los?
14 - É correto agitar o kefir durante fermentação?
15 - Por que se formou uma camada amarelada sobre o kefir de leite?
16 - Por que se formou uma película marrom sobre o kefir de água ?
17 - Por que meu kefir de leite fica tão azedo ou ácido?
18 - Eu preciso esterilizar meus utensílios e ingredientes?
19 -O que é kefiraride?
20 - Qual a diferença entre kefiraride e kefiran?
21 - Não houve separação de kefiraride no kefir,há algo errado?
22 - Por que meu kefir fica viscoso?
23 - Já existiu algum caso de problemas de saúde devido a consumir kefir?
24 - Quanto tempo dura o kefir na geladeira num potinho tampado?
25 - Quem tem diabetes pode consumir kefir?
26 - Quando eu côo meu kefir, os coalhos aderem aos grãos fazendo parecerem maiores, isto é normal?
27 - Meus grãos flutuam, o que está ocorrendo?
28 - Como os grãos de kefir podem morrer?
29 - Por que o kefir se divide em camadas?
30 - O que é necessário para fazer um kefir bem carbonatado?
31 - Que outras fontes de alimentação,além do açúcar mascavo posso usar para fazer o kefir de água?
32 - Por que não usar açúcar branco no preparo do kefir ?
33 - O kefir pode agir sobre a Cândida Albicans?
34 - Eu não consigo achar um coador não metálico para coar meu kefir, o que eu posso fazer?
35 - Não quero usar plásticos ou outros materiais sintéticos para fermentar o kefir. Que outras opções eu tenho?
36 - Como fazer o cream cheese?
37 - Fiz cream-cheese (keijo) e ficou muito ácido?O que posso fazer?Quanto tempo dura?
38 - Quem tem lupus pode tomar kefir?
39 - Por que meus grãos de leite não se reproduzem?
40 - Por que meus grãos de água não se reproduzem?
41 - O kefir engorda?
42 - Como posso auxiliar o kefir no processo de emagrecimento?
43 - Qual a quantidade de Kcal contidas no kefir de leite?
44 - Qual a quantidade de kcal contidas no kefir de água?
45 - Meus grãos de kefir de água estão com pontinhos escuros, o que fazer?
46 - Quem tem intolerância à lactose pode consumir kefir de leite?
47 - Como reduzir o índice alcoólico do kefir de água?
48 - O que são Tibicos?
49 - Kefir e Cogumelo do Sol, são a mesma coisa?
50 - O que é kombuchá?
51 - Qual a diferença de benefícios entre as diferentes formas de kefir (água, leite, mais fermentado, menos fermentado)?
52 - Quanto o tempo de fermentação do kefir afeta meu organismo?
53 - Com que idade uma criança pode começar a tomar o kefir? E em que quantidade?
54 - Em quanto tempo obtenho resultados para problemas de intestino?E que quantidades tomar?
55 - Em quanto tempo obtenho resultado usando kefir para problemas de acne e manchas no rosto?
56 - Devo tampar hermeticamente o vasilhame de fermentação? Ou não posso vedá-lo para que os grãos possam respirar?
57 - Como fazer sabonetes naturais e loção usando kefir(grãos de água e kefiraride
58 - Posso fazer gel para cabelos e pele com o kefir ?
59 - Qual os benefícios do kefir na gravidez?
60 - Quais os resultados do kefir sobre o Colesterol?E em que quantidades tomar?
O probiótico
61 - O Kefir pode ser usado como tratamento para o herpes labial?
62 - Quais os benefícios do kefir para meus animais domésticos?

1) Qual é o tempo de fermentação correto?
Em geral, o tempo necessário para completar a fermentação do kefir é determinado pela temperatura ambiente e pela proporção entre grãos e leite ou água com açúcar mascavo.
Na média, o Kefir deve estar pronto depois de uma fermentação de 24 horas. Quanto mais tempo você deixa o Kefir fermentar mais ácido ele se torna. Para eliminar a lactose você deve fermentar seu kefir por mais ou menos 36 horas. Quando você receber os seus grãos de Kefir pode ser que leve uns dias, para eles se recomporem do "stress" da viagem. Mas com lotes contínuos o grão se tornará cada vez mais ativo. O Kefir de leite estará pronto quando todo o leite estiver completamente coagulado e o de água, quando não for mais possível sentir o sabor adocicado do açúcar mascavo. Para mais detalhes, por favor, veja pergunta 4.

2)Recebi os grãos de kefir e agora o que fazer? Quanto tomar inicialmente?
Se recebeu seus grãos em mãos, geralmente é uma colher de sopa de grãos, coloque-os em 1 copo (200 a 250 ml) de leite, tampe-o e deixe fermentar em temperatura ambiente (veja sobre temperatura na pergunta 10) por 24 h. Após esse período pode coar e tomar o kefir que deverá estar completamente coagulado.
Se recebeu seus grãos pelos correios precisa dar um tempo para que todas as bactérias e fermentos voltem a trabalhar, de uns 3 a 4 dias. Neste período o leite pode talhar e ter cheiro de azedo; então, coe a cada 24 h e descarte o líquido, fazendo nova troca. Quando os grãos coagularem o leite e este tiver cheiro similar a iogurte, pode tomar, está pronto o kefir.
Se recebeu grãos de água, eles costumam reativar em menor tempo. Mais como prevenção é prudente descartar o líquido dos primeiros dias.
É aconselhável, inicialmente, começar a tomar pequena quantidade(100 ml) para acostumar o organismo e ir aumentando aos poucos; com isso evitará reações "bruscas".

3) Até quanto posso encher o vasilhame da fermentação?
Nunca encha mais de 3/4 do volume total do vasilhame usado para fermentar seu kefir. Especialmente se estiver usando uma tampa bem apertada; por que a levedura do kefir pode produzir uma quantidade grande de CO2. Isto produzirá uma pressão, que em um ambiente fechado, pode quebrar o jarro ou a tampa, ou mesmo provocar uma pequena explosão. Nada grave, mas vai sujar todo o seu ambiente de leite ou água com açúcar mascavo.

4) Como eu sei quando meu kefir de leite está pronto?

Você pode ver pela quantia de coágulos. Esta coagulação pode variar por causa dos tipos diferentes de leites que estão disponíveis no mercado, pela temperatura e relação de grãos/leite.

Falando de modo geral, você deve ver coalhos e Kefiraride distintamente separados e não deve haver nenhum leite não coagulado.

Em último lugar é que se completa a coagulação no fundo do jarro. Se você ainda vê leite fresco no fundo de seu recipiente, então você precisará deixar mais tempo. Você pode acelerar o processo, agitando o jarro lenta e cuidadosamente. Quando pronto, o Kefir será firme.

Até que você se torne mais experiente, pode ser enganador distinguir entre leite fresco ou coalho. Novamente, o sinal é dado inclinando o jarro para ver se a seção mais baixa do leite se reposiciona como um gel coalhado ou tem aparência de leite fresco. É uma boa idéia usar um jarro de vidro para fazer seu Kefir.

Também ajuda se você agitar o jarro de kefir fermentando por alguns segundos duas ou três vezes ao dia.

OBS.:se você tem problema de intestino preso e precisa tomar o kefir fermentado por 12 h, seu Kefir ficará similar a uma bebida láctea,pouco encorpado, por isso é muito importante agitar o jarro para que todo o leite tenha contato com os grãos de Kefir.

5) Eu preciso coar ou remover todo o kefir antes de adicionar leite fresco?

Não é necessário, nem ideal, coar todo o kefir antes de adicionar leite fresco para seu próximo lote. Deixar algum kefir (mais ou menos 1/3), ao adicionar leite fresco faz bem aos grãos, que se reproduzem mais rápido e acelera o processo de fermentação, pois reduz o pH do leite fresco (tornando-o mais ácido), o que pode ajudar a reduzir microrganismos indesejáveis.

6) Qual a taxa de crescimento dos grãos de kefir?

Em condições normais, observa-se um crescimento médio diário de 5% para os grãos de kefir de leite e cerca de 45% para os grãos de kefir de água. Porém, o crescimento dos grãos de Kefir depende de muitos fatores. Em geral, eles parecem crescer mais rapidamente quando:

não são lavados;

não são "espremidos", ao coar;

a temperatura ambiente mantém entre 18°C a 35°C;

o frasco de fermentação é agitado algumas vezes durante o dia

7) Quanto leite eu adiciono aos grãos?

A quantia de leite para usar é normalmente determinada pela temperatura (estação do ano), quantidade e nível de atividade dos grãos.

Em temperaturas quentes (20º - 30º C.) relações de grãos para o leite de 1 : 30 (uma parte de grãos, para 30 de leite) ou 1 : 50 são as ideais. Em temperaturas mais frias (abaixo de 20º C) as relações de 1: 10 ou pouco menos são aceitáveis. Mas estas são regras gerais determinadas principalmente pela atividade dos grãos e temperatura.

O Kefir pode ser feito com uma relação tão pequena quanto 1 : 3 ou tão grande quanto 1 : 60. Geralmente quem decide é você, se decidir por uma quantidade maior de leite, você deve ter um tempo para fermentar maior e vice-versa. Como você pode ver, não existe nenhuma regra rígida aqui, porque os grãos de kefir são muito versáteis.

Falando de modo geral, os grãos de Kefir farão pouco ou tanto Kefir conforme seu gosto e com o tempo eles se ajustarão a sua rotina.

Outro detalhe importante é que os grãos crescerão em quantidade com o tempo e eventualmente você precisará remover um pouco deles ou aumentar a quantidade do leite.

8) Qual é o melhor modo para aumentar o leite ou a produção de kefir?

Se você decidiu aumentar a quantia de leite ou outro meio que você está usando, você pode fazer isto de dois modos:

Aumente de 5% a 10% sucessivamente nos próximos lotes. Se depois do aumento seu kefir não coagular todo o leite em 24 horas, isto é, você vê porções de leite fresco, normalmente na parte inferior de seu jarro, então deixe-o mais tempo até que ele esteja todo coagulado, antes de aumentar a quantia novamente. Em outras palavras, dê aos grãos uma chance de regenerar;

Se você decidir aumentar a quantia de leite mais que 20% será necessário ajustar o período de fermentação do kefir, pois pode levar mais de 24 horas para coagular completamente. Dentro deste período de regeneração você notará que seus grãos se tornarão mais ativos a cada lote, diminuindo gradativamente o tempo necessário à fermentação, até quando eles fermentarão em 24 horas. Este período varia podendo levar de 2 dias a 1 semana.

9) Por que é tão difícil coar meu kefir?

Provavelmente:

a malha do coador é muito fina: experimente usar um coador com uma malha mais larga (tamanho de buracos de mais ou menos 2 milímetros);

você está usando pouco leite para seus grãos: aumente a quantidade de leite ou diminua a de grãos;

você deixa fermentar por muito tempo para a quantia de leite usado: diminua o tempo ou aumente a quantidade de leite, ou ainda, diminua a quantidade de grãos;

a temperatura ambiente está muito alta, acelerando demais o tempo da fermentação: experimente deixar parte do tempo na geladeira (na parte inferior, onde é menos frio) ou aumente a quantidade de leite, diminua a de grãos ou deixe menos tempo;

alguns coalhos do leite aderem aos grãos: diminua o tempo ou aumente a quantidade de leite, ou ainda, diminua a quantidade de grãos;

Além disso, também ajuda: antes de coar, aperte a tampa, então suavemente inverta o jarro algumas vezes. Ou suavemente balance o jarro até que os coalhos sejam misturados com uma parte do Kefiraride (até uma consistência cremosa)

despeje o kefir para ser coado em seu coador, e suavemente bata o coador. É melhor usar um recipiente largo ou tigela para coar seu kefir, para nenhum kefir ser perdido.

10) Qual a temperatura ideal para fermentar meu kefir?

Na maioria das situações o kefir é feito em temperatura ambiente (5º C. a 40º C).

Em regiões muito frias, você precisará que seu kefir seja mantido em temperatura maior que 10º C. Isto não é 100% essencial, mas abaixo desta temperatura, seu kefir exigiria muito mais tempo para fermentar (aproximadamente 3 x mais) e temperaturas muito baixas por um longo tempo podem inibir certos tipos de micróbios da microflora dos grãos. Os caucasianos faziam kefir em bolsas de pele de cabras e durante os meses mais frios, deixavam-nas ao sol durante o dia e próximas a uma lareira durante a noite.

11) Devo apertar ou espremer os grãos quando for coá-los?

NÃO! Você não deve apertar ou espremer os grãos com qualquer coisa para tentar coar mais kefir. Isto irá quebrá-los. A maioria dos Grãos de Kefir é uma bolsa e é importante tentar mantê-las intacta. Eu acredito que aquele grão de kefir que não foi danificado apertando, produza polissacarídeo mais solúvel e um Kefir mais espesso e mais cremoso.

Quebrar ou danificar os grãos apertando não os matará e quando você parar de apertá-los, eles voltarão a crescer novamente em bolsas (como grãos de sagu).

12) Que tipos de leite eu posso usar fazer kefir?

Você pode usar qualquer tipo de leite para fazer kefir. Você pode usar leite integral, desnatado e semidesnatado, homogeneizado, em pó, UHT e até reconstituído

13) Devo lavar meus grãos de kefir após coá-los?

Lavar seus grãos com água fria antes da troca do leite não é essencial e nem recomendável. Usando leite fresco limpo, existe pequena chance de qualquer micróbio indesejável ser cultivado no meio do kefir. Os coalhos que aderem aos grãos formam uma barreira ácida protetora ao redor deles, ajudando a inibir organismos indesejáveis muito mais que quando os grãos são lavados.

Pelo contrário, lavá-los remove este coalho, expondo-os ao ambiente durante as horas necessárias para que eles consigam reconstruí-lo. A repetição deste processo aumenta as chances de contaminação dos Grãos de Kefir. Lavar os Grãos de Kefir remove muitos micróbios importantes da superfície, e combinações possivelmente protetoras ou mecanismos possivelmente ainda não descobertos, que podiam ser essenciais para o saldo da microflora!

Os caucasianos nunca lavaram seus Grãos de Kefir. Eles ordenhavam seus próprios animais e colocavam o leite diretamente para fermentar com grãos de kefir. Então o leite era tão fresco quanto você possa imaginar!

14) É correto agitar o kefir durante fermentação?

Sim! E é altamente recomendado!

Os caucasianos faziam isso com as bolsas de couro onde fermentavam o kefir. Estas bolsas eram frequentemente movimentadas, especialmente em dias mais frios, quando eles tentavam colocá-las em lugares mais quentes (ensolarados durante o dia e próximos a lareiras ou fogões à noite). A agitação suave do kefir pode ajudar:

na fermentação, misturando a microflora com porções de leite não inoculadas e frescas;

quando se vai coar o Kefir, porque os coalhos maiores que aderem aos grãos, serão parcialmente removidos e misturados de volta com o Kefiraride;

acelerando a taxa de crescimento dos Grãos de Kefir e seu tamanho real

produzindo um Kefir mais cremoso!

Você pode balançar seu recipiente de fermentação do Kefir colocando e fixando uma tampa apertada, e, em seguida, suavemente, balançando ou agitando o recipiente por mais ou menos 5 - 10 segundos. Isto pode ser feito duas vezes por dia. Agitar o recipiente só antes de coar, não produz os mesmos efeitos, mas também é uma boa ideia, pois ajuda a coar.

15)Por que se formou uma camada amarelada sobre o kefir de leite?

O kefir deve ser agitado uma ou duas vezes ao dia para permitir que todo o leite tome contato com os grãos e haja uma fermentação homogênea.Quando isso não ocorre há a formação de uma camada amarelada sobre o kefir que são as gorduras contidas no leite (e sua espessura vai depender do tipo de leite utilizado, tanto mais grossa quanto maior a gordura contida), que os grãos de kefir por serem compostos de bactérias e fermentos, não processam. Embora o desenvolvimento inicial dessa camada não seja prejudicial, fungos não desejados podem propagar-se nelas;a agitação impede que isso ocorra, possivelmente devido ao aumento de oxigênio disponível.

16)Por que se formou uma película marrom sobre o kefir de água ?

O kefir deve ser agitado uma a duas vezes ao dia para impedir que os fermentos e aceto bactérias formem colônias em sua superfície; se não for agitado, estas colônias podem ser vistas como uma película ondulada marrom luminosa, chamada de "flores do kefir".Embora o desenvolvimento inicial de tais colônias não seja prejudicial, fungos não desejados podem propagar-se nelas;a agitação impede que isso ocorra, possivelmente devido ao aumento de oxigênio disponível.

17) Por que meu kefir de leite fica tão azedo ou ácido?

O sabor de kefir de leite em muito se assemelha ao do iogurte natural. Se você não aprecia o sabor do iogurte natural, certamente não irá apreciar o sabor do kefir puro. Nesses casos, dê uma olhada em nossas receitas. Há várias que podem tornar o sabor do kefir bem mais palatável.

Porém, se seu kefir está mais ácido do que o iogurte natural, é provável que você esteja cometendo alguns erros na hora de prepará-lo. Quanto mais tempo fermentando, quanto maior a temperatura ambiente e quanto mais grãos para uma determinada quantidade de leite, mais ácido ele fica. Procure trabalhar essas variáveis até encontrar a fórmula ideal ao seu paladar. Algumas pessoas deixam o kefir fermentar uma parte do tempo na geladeira.

Se seu kefir fica azedo, ao invés de ácido, é possível que os grãos estejam com o metabolismo baixo. Pode ser por causa da viagem, se tiverem vindo pelos Correios, pode ser que eles estivessem armazenados na geladeira. Prepare-o com menos leite até perceber que o leite está coalhando sem azedar.

18) Eu preciso esterilizar meus utensílios e ingredientes?

Não existe nenhuma necessidade de fazer isso. Só mantenha os utensílios limpos. Basta a limpeza básica doméstica.

19) O que é kefiraride? É o soro do leite? Ou é a água resultante do Jejum dos Grãos? Como posso usá-lo?

Ambos são chamados de Kefiraride e são úteis.

20)Qual a diferença entre kefiraride e kefiran?

Kefiraride é o líquido amarelado que vemos separar durante a fermentação do leite pelos grãos de kefir, sendo muito rico em kefiran.Veja em: kefiraride e o Kefiran é um gel solúvel polissacarídeo identificado como uma gosma esbranquiçada de consistência igual a clara de ovo. Apesar do aspecto não muito agradável o kefir produzido por eles é um dos mais saudáveis pela eficácia em benefícios.

21)Não houve separação de kefiraride no kefir,há algo errado?

Não, pois não é obrigatório haver separação de kefiraride no kefir, com isso seu kefir ficará homogêneo e levemente ácido. Se precisa separá-lo,use a opção de fazer cream-cheese,drenando-o;o líquido amarelado drenado é o kefiraride. Vários fatores influenciam para que haja separação do kefiraride:temperaturas altas( acima de 25°C,principalmente nas estações primavera/verão),recipiente fechado hermético, proporção maior de grãos x leite,cultura-mãe formada de grãos maiores onde haverá maior formação de CO2(gás carbônico)durante a fermentação; resultando num kefir mais ácido.

22) Por que meu kefir fica viscoso?

Ah!… o gel polissacarídeo solúvel, kefiran está confundindo você com algo que parece ruim ou estragado! Esta substância é normal e muito saudável. tem comprovada capacidade de reduzir algumas poucas formas de câncer e de tumores em ratos. Também é esta substância que dá ao Real Kefir essa textura cremosa rica sem igual, só os Grãos de Kefir podem produzir isto. Se você usar menor proporção de leite quando estiver fazendo o Kefir, esta substância pode ser em maior quantidade. Isto também ocorre quando você deixar seu kefir fermentar mais que 24 horas.

23) Já existiu algum caso de problemas de saúde devido a consumir kefir?

Não há nenhum caso documentado de quaisquer problemas de saúde causados por consumir o Kefir. Como também é verídico que para tudo tem uma contraindicação. É muito raro o kefir "estragar" quando cuidados elementares de higiene forem tomados, mas não é impossível acontecer e há muitas razões possíveis para isso:

Condições anti-higiênicas, inclusive o uso de meios contaminados (leite, água, suco de fruta, etc.).

Aquecimento dos grãos de kefir acima de 40ºC (fermentar continuamente nestas altas temperaturas danifica ou mata os grãos).

Condições inadequadas - deixar os Grãos de Kefir fora do meio por um tempo maior que 2 -3 dias, pode viabilizar o crescimento de algum microrganismo que contamine os Grãos. Veja no site algumas dicas para armazenar grãos ou kefir .

24)Quanto tempo dura o kefir na geladeira num potinho tampado?

O kefir dura cinco dias sem problemas, podendo deixar até 7 dias. Haverá uma separação do kefiraride, mas é só misturar bem para homogeneizá-lo e também sua acidez acentua um pouquinho; mas, se nesse período não conseguir consumi-lo todo pode fazer um queijinho(cream-cheese),veja como: cream_cheese

25) Quem tem diabetes pode consumir kefir?

É bom lembrar que o Kefir não é uma panaceia para todos os males. Ele atua, principalmente, normalizando o sistema digestivo.

Qualquer pessoa com qualquer problema de saúde deve em primeiro lugar consultar o seu médico, o único com condições de lhe orientar.

Como leigos, aconselhamos a NÃO consumir o kefir de água, pois sempre pode sobrar um pouco de açúcar mascavo, após a fermentação. A não ser que seja fermentado em água de coco ou sucos cítricos (Neste caso sem a adição do açúcar mascavo)

O consumo do Kefir de leite é bem indicado, já que possui as mesmas propriedades do Kefir de água, e com 24 horas de fermentação, muita lactose (açúcar do leite) é eliminada, sendo possível reduzi-la ainda mais através de uma fermentação secundária.

26) Quando eu côo meu kefir, os coalhos aderem aos grãos fazendo parecerem maiores, isto é normal?

Sim, isto é normal e o ideal é que se mantenha assim, sem lavá-los, pois isto não só acelera seu próximo lote de kefir, mas a taxa de crescimento e o tamanho do grão parecem aumentar também. Veja a questão 14.

27) Meus grãos flutuam, o que está ocorrendo?

Os Grãos de Kefir normalmente flutuam algumas horas depois de serem colocados no meio de fermentação, devido à densidade especifica do grão ou devido ao gás CO2 produzido pelas leveduras Há também a formação de bolhas em torno dos grãos, que os leva a flutuarem.

28) Como os grãos de kefir podem morrer?

Você acidentalmente pode matar seus grãos de Kefir se:

submetê-los ao calor excessivo: água quente, fontes de calor (fogão ou aquecedor)";

adicionar os ingredientes errados, como alvejante, detergente etc. ou se você decidir fazer "Kefir de água" ou "Kefir de erva medicinal", e você adicionar sal em vez de açúcar mascavo;

jogar fora. Se você deixar alguém ajudar em sua cozinha, lembre-se de explicar-lhes, que você tem essas pequenas criaturas e tem um carinho muito grande para com elas.

29) Por que o kefir se divide em camadas?

Isto é um fenômeno normal devido ao gás carbônico (CO2) produzido pela levedura do kefir. Este CO2 forma uma camada de bolhas em torno dos coalhos fazendo com que eles flutuem.

Você pode perceber que seu kefir separa-se em duas ou mais camadas: um coalho espesso flutuando com os grãos acima de uma camada de líquido claro. A camada clara (quase transparente) é o Kefiraride, e a separação é mais proeminente quando:

A temperatura é mais alta durante a fermentação (aprox. 30º C), por exemplo, durante o verão pode haver uma separação maior devido à produção excessiva do gás CO2;

Você usa leite pasteurizado. Devido à caseína do leite (proteínas) que passa por mudanças durante o processo de pasteurização, os coalhos se separam e ficam extremamente firmes, flutuando mais facilmente, devido a bolhas de CO2, e podem ser vistos como duas ou mais camadas com os grãos normalmente no topo;

Você não usa leite suficiente ou deixa fermentar por pouco tempo. Algumas pessoas deixam seu kefir até 3 dias fermentando para obter um Kefir mais ácido e com menos lactose.

30) O que é necessário para fazer um kefir bem carbonatado?

Então você gosta de seu kefir... efervescente? Para fazer um Kefir extra carbonatado, primeiro tenha certeza não encher o jarro mais que 2/3 com leite (ou água com açúcar mascavo) e grãos, Fixe uma tampa bem apertada no jarro e fermente conforme o habitual por 24 horas. Você pode fazer um Kefir bem carbonatado dessa maneira continuamente, e nenhum dano será causado para os grãos.

31)Que outras fontes de alimentação,além do açúcar mascavo posso usar para fazer o kefir de água?

Você pode usar para alimentá-los: suco de frutas(frutose), mel(sem própolis), rapadura, melado,caldo de cana, água de coco. Se houver necessidade na hora do consumo, podera utilizar um adoçante. Dê preferência aos naturais como a stevia 100%pura.

32)Por que não usar açúcar branco no preparo do kefir ?

O açúcar refinado praticamente só existe no Brasil, portanto não há referências, para seu uso no Kefir, porém todos devem concordar que ele (o açúcar) faz mal a saúde e possui quantias ínfimas de vitaminas e sais minerais.

Todos os demais países, utilizam-se do açúcar branco aqui chamado de cristal o qual em muitos deles não é retirado da cana de açúcar e sim de fontes alternativas (beterraba por exemplo). Portanto, por analogia se não devemos utilizar o açúcar refinado (lembram-se da história dos três pós brancos que matam: açúcar, sal e cocaína), por que dá-los aos grãos de Kefir?

33)O kefir pode agir sobre a Cândida Albicans?

Há um vínculo biológico equilibrado entre o nosso organismo e os microorganismos(cândida albicans) nele existentes e quando cai nossa imunidade abre-se a porta para que os microorganismos(cândida albicans) se desenvolvam em maior quantidade causando desequilíbrio e a doença cândidíase.Podemos dizer que "quase" todos nós temos em nosso organismo a cândida, que só vai se manifestar quando estivermos com nossa imunidade baixa.

O kefir em sua composição possue entre outras a levedura Candida Kefir, levedura do bem que junto as demais vai restabelecer o equilíbrio do organismo.

Segundo a Drª.Orla Jenson(bacteriologista dinamarquesa):-""O Kefir digere as células de leveduras e tem efeito benéfico na flora intestinal" de onde pode ser usado na prevenção e combate a cândida"".Veja mais informações sobre: Controle da Cândida Albicans: kefiraride e Composição da microflora do grão de kefir em: Ciclo e Microflora

34) Eu não consigo achar um coador não metálico para coar meu kefir, o que eu posso fazer?

Os coadores de plástico estão disponíveis em grandes lojas. Se você não puder achar um vá a uma loja asiática ou em lojas naturais. Você deve achar um coador com a malha de tal maneira que não perca os grãos e nem fique muito difícil de coar o Kefir (2.5mm - 3 mm). Tente encontrar um coador de bambu ou da casca da cana de açúcar. Você também pode coar seu kefir colocando um tecido, como um pano de fralda (claro que sem uso e esterilizado com ferro de passar roupa) ou gaze de linho em uma tigela, então verta seu kefir com os grãos neste. Juntando as pontas, erga este material e suavemente coe o kefir. Não aperte os grãos, mas, com suavidade corra uma colher ou espátula para ajudar a coar (agite seu kefir suavemente antes de coar com este método).

Se o kefir for difícil de coar usando qualquer método acima, então eu sugiro que antes de coar, se aperte a tampa do kefir e inverta o jarro algumas vezes (virar de cabeça para baixo e para cima). Isto ajudará a quebrar o coalho mais firme e deixar livres quaisquer coalhos que aderiram aos grãos, que é o que normalmente dificulta o coar. Veja mais em Coar Kefir.

35) Não quero usar plásticos ou outros materiais sintéticos para fermentar o kefir. Que outras opções eu tenho?

Existem milhares de pessoas que parecem não ter nenhum problema com o uso de coadores de plástico para coar seu kefir. Mas existem aqueles que não querem usar plásticos para fazer ou armazenar kefir. Os grãos de Kefir são ácidos e a maioria dos plásticos, em certo grau reagem com ácidos.

Não se pode garantir 100% que qualquer plástico ou material de fibra sintética não reagirá com Grãos de Kefir. Não é recomendado o uso de plástico para fermentar kefir, use só coadores de plástico, o tempo de contato é mínimo. Se desejarmos coar o kefir sem o uso de plástico, pode-se também achar coadores não metálicos e não plásticos na maioria dos supermercados asiáticos ou lojas de produtos naturais. Estes coadores são normalmente feitos com tiras de bambu ou de cana, Existem tamanhos variando de mais ou menos 12 cm a 15 cm de diâmetro e são normalmente em forma de um coador.

36) Como fazer o cream cheese?

Coloque o kefir fermentado e já separado dos grãos dentro de um coador de café novo. Coloque um jarro ou pote de plástico embaixo, para recolher o kefiraride. Deixe por 24 horas na geladeira, tampado para não ressecar. O creme branco do coador é o cream_cheese.

37) Fiz cream-cheese (keijo) e ficou muito ácido?O que posso fazer?Quanto tempo dura?

Para fazer o cream-cheese (keijo) deixe o leite fermentar por no máximo 24 h, coe e drene por 24 h na geladeira, assim terá um keijo levemente ácido.Ele dura uma semana,podendo deixar até 15 dias, mas vai aumentando a acidez quanto maior for o tempo; acrescentando uma colher de sopa de azeite de oliva vai suavizar um pouco a acidez. Se passar do tempo pode usá-lo para fazer requeijão.

38) Quem tem lupus pode tomar kefir?

Sim e traz muitos benefícios, melhorando o intestino, que fica mais preguiçoso por causa da medicação. Há um site sobre a doença que pode ser interessantewww.lupusonline.com.br

39) Por que meus grãos de leite não se reproduzem?

É normal a reprodução muito lenta - no máximo 5% ao dia. Observe a proporção correta entre grãos e leite. Use um leite de qualidade.

Se usar leite UHT, dê preferência para os que têm um período de validade mais curto. Certifique-se de não estar usando "bebida láctea". É um erro comum, pois as embalagens são idênticas às do leite.

Se o leite não for industrializado, ferva-o bem.

Use peneira fina, para perder poucos "filhotes", deste modo o aumento será mais perceptível.

Se você já faz como descrito acima, experimente ainda:

Mudar a marca do leite - às vezes, até numa mesma marca pode haver diferenças muito grandes entre um lote e outro;

Dar um descanso aos grãos - deixe-os fermentar por 24 horas em água sem cloro ou kefiraride;

Acrescentar uma colher de leite em pó ao leite na próxima partida

40) Por que meus grãos de água não se reproduzem?

Os grãos de kefir de água costumam reproduzir-se muito rapidamente - cerca de 45% ao dia.

Observe a proporção entre grãos e água com açúcar mascavo. Veja Kefir de Água. Certifique-se de estar usando açúcar mascavo de boa qualidade e de que a água não tem resíduos de cloro, de preferência use água mineral de qualidade.

Se você já faz como descrito acima, experimente ainda:

Mudar a marca do açúcar mascavo ou usar melado de cana;

Dar um descanso aos grãos - deixe-os fermentar por 24 horas em água pura.

41) O kefir engorda?

Não, sendo inclusive indicado para regular o peso, pois provoca uma aceleração no metabolismo. Dê uma olhada em Benefícios. Porém, o açúcar mascavo assim como qualquer outro tipo de açúcar mascavo pode sim pesar em sua dieta hipocalórica. Para saber das vantagens e desvantagens você deve analisar o custo beneficio para o seu caso; se no momento o que mais atrapalha a sua saúde é o peso, então você deve considerar outro tipo de preparação do kefir, como por exemplo com suco de frutas, pois mesmo após a ação do kefir (metabolizando a lactose do leite e a glicose do açúcar mascavo), o açúcar mascavo e o leite ainda contêm calorias (poucas, mas contém). Se no seu atual momento a sua maior preocupação é a saúde, ou algum problema associado a ela, talvez valha a pena o consumo extra de calorias. Procure equilibrar sua dieta da melhor forma possível e praticar atividades físicas regularmente - obviamente, sempre com acompanhamento médico.

42)Como posso auxiliar o kefir no processo de emagrecimento?

O emagrecimento vem como consequência de mudanças de hábitos, pois a partir do momento que você opta por um alimento probiótico você assume uma nova postura diante de sua alimentação e de sua vida.E o Kefir atuando como um enzimático potente aumenta o anabolismo fazendo o seu organismo assimilar mais nutrientes causando um equilíbrio geral, desintoxicando-o; então o que você precisa fazer é auxiliá-lo neste processo:

§ Tomando a 1ª porção em jejum,

1º)As outras 1 hora antes das refeições, o que provocará sensação de saciedade reduzindo o apetite na hora das refeições evitando o comer por compulsão,

2º)Substituir os lanchinhos calóricos pelo kefir de frutas ou kefir de leite desnatado com frutas ou granola light,

3º)Fazer 5 pequenas refeições:comendo carnes brancas,verduras,legumes,cereais,fibras, tomar 2 litros de água diários,não esquecendo dos exercícios físicos pelo menos uma boa caminhada.

4º)Falar com seu médico para uma avaliação.

Adotando essas medidas você poderá dizer que emagrecer com Kefir é uma Verdade. Lembrando que é desaconselhável jejuar tomando o kefir, é recomendado no dia que quiser jejuar dar uma pausa no consumo.

43)Qual a quantidade de Kcal contidas no kefir de leite?

Se você fizer com leite integral:

1 Copo (250 ml) de leite integral (B) tem 189 Kcalorias ou calorias simplesmente, supondo que os grãos de Kefir devorem no mínimo 70% da lactose (açúcar) do leite teremos em um copo de Kefir 57 calorias, menos que duas rosquinhas (biscoitos) de leite Tostines (33,46 Kcal cada uma).

Se você fizer com leite desnatado, então fica melhor ainda:

1 Copo (250 ml) de leite desnatado (B) tem 84 Kcal, fazendo a mesma suposição temos que um copo de Kefir tem 26 calorias, muito menos que uma rosquinha de leite.

Como você pode ver um litro de kefir feito com leite integral tem aprox. 228 calorias.

Um litro de Kefir feito com leite desnatado tem 104 calorias.

Só para comparar uma lata (350 ml) de Coca-Cola tradicional tem 140 calorias.

Em tempo, 100 gramas de banana tem 99 calorias.

Fonte: Tabela para Avaliação de Consumo Alimentar em Medidas Caseiras - Ana Beatriz Viera Pinheiro-4ª Edição - Revisada - Rio de Janeiro 1998

44) Qual a quantidade de kcal contidas no kefir de água?

Se você fizer com açúcar mascavo que contenha 312 kcal em 100 gramas e usar a proporção de:

4 colheres de sopa rasas de açúcar mascavo x 4 colheres de sopa cheias de grãos x 1 litro de água, considerando que o açúcar residual numa fermentação de 24 h é de 3%, você terá em um copo(250 ml) apenas 1,40 kcal e em 1 litro: 5,62 kcal.

Se usar stevita 100%pura em pó:nas proporções de 4 colheres de sopa cheias de grãos x 1 litro de água x 1 colher de chá de stevita 100% pura ,você terá em um copo(250 ml) apenas 0,17 kcal e em 1litro:0,67 kcal.

Equivalência da stevita e o açúcar refinado:1 colher de café(= 1 grama)de stevita há 3,7 kcal = 2 colheres de chá(cada colher de chá= 6 gramas) de açúcar refinado há 24 kcal.

45)Meus grãos de kefir de água estão com pontinhos escuros, o que fazer?

Esses pontinhos escuros são grumos do açúcar mascavo que alguns grãos que ficam no fundo do recipiente, envolvem ao crescerem novas colônias ao redor. Para evitar isso, procure comprar açúcar mascavo de cor mais clara que possuem menor umidade(sem grumos) e menos impurezas.

46) Quem tem intolerância à lactose pode consumir kefir de leite?

Seria uma imprudência afirmar que o kefir consome toda lactose do leite. Claro que quanto mais tempo fermentando, mais ácido se torna o Kefir e menos Lactose terá também. Nesses casos, recomenda-se 36 horas de fermentação e também, a retirada do Kefiraride.

No princípio (uma semana) tome apenas uma xícara de café de Kefir por dia... Caso não venha a ter problemas pode ir dobrando a quantidade até o ponto que deseje tomar. Não tenha pressa e nem force seu organismo. Lembre-se que, em apenas uma xícara de café há microorganismos e kefiran suficiente para melhorar de uma forma geral sua qualidade de vida.

47) Como reduzir o índice alcoólico do kefir de água?

Observe a proporção entre grãos, açúcar mascavo e água. Veja em Kefir de Água.

O índice alcoólico está entre 0,08 a 2% de álcool, numa fermentação de 24 h temos índices médios de 0,5% usando pote com tampa frouxa( ou pano fino com elástico para fixá-lo) e 1,0% para pote com tampa hermética).Agitar o pote durante a fermentação também aumenta o índice alcoólico.

48) O que são Tibicos?

Kefir de água e tibicos são a mesma coisa. Grãos compostos de lactobacilos e outros microorganismos que fermentam leite ou água com açúcar mascavo.

49)Kefir e Cogumelo do Sol, são a mesma coisa?

Não, são organismos com estruturas diferentes.O Kefir é composto de bactérias e leveduras (fermentos) e o Cogumelo do Sol que é um fungo (não possue em sua composição bactérias), sendo essas em grande número no Kefir.

E a dúvida de que o Kefir é o Cogumelo do Sol,surgiu quando algumas pessoas(sem conhecimento de sua composição) o distribuem com esse nome erroneamente. Para evitar que isso ocorra quando doarmos precisamos passar o máximo de informações sobre o Kefir.

50) O que é kombuchá?

Kombuchá também é uma cultura de microrganismos, passada de mão em mão, de geração a geração, mas que fermenta chá preto ou verde adoçado.

51) Qual a diferença de benefícios entre as diferentes formas de kefir (água, leite, mais fermentado, menos fermentado)?

Basicamente, há apenas diferenças sutis, mas cada tipo pode ter mais utilidade e eficácia dependendo do histórico individual de cada um. É interessante dar uma olhada na página Benefícios para conhecer melhor essas características.

52)Quanto o tempo de fermentação do kefir afeta meu organismo?

Costuma-se afirmar categoricamente que o kefir de 12 horas solta o intestino, o de 24 horas o regula e o de 36 a 48 horas o prende, sendo desaconselhado o consumo do kefir com mais de 48 horas de fermentação, pois este pode provocar prisão de ventre.Isto é parcialmente verdade apenas para o kefir de água; porém, deve-se levar em consideração que outros fatores afetam o processo de fermentação como: a temperatura ambiente, a pressão dentro do vasilhame de fermentação e a proporção de grãos e água com açúcar mascavo. O ideal é que a pessoa vá experimentando diversos tempos de fermentação até encontrar aquele que melhor atua sobre seu organismo.

53)Com que idade uma criança pode começar a tomar o kefir? E em que quantidade?

Ela pode começar a tomar o kefir a partir do momento que o pediatra introduzir alimentação pastosa, começando com 1 colher de sopa (15 g) e vai aumentando aos poucos.

54)Em quanto tempo obtenho resultados para problemas de intestino?E que quantidades tomar?

Cada organismo reage de forma diferente, enquanto algumas pessoas começam a sentir melhoras entre 10 e 15 dias de uso contínuo tomando 1 litro de kefir diário(água ou leite fermentado por 12 h),algumas demoram até 1 mês.O importante é ajudar o kefir cuidando da alimentação( que deve ser rica em fibras,frutas,vegetais.legumes,...)e adicionando no seu kefir 1 colher de sopa de semente de linhaça triturada ou ameixas pretas batidas para potencializá-lo.

Lembrando que é imprescindível para auxiliá-lo no processo de desintoxicação do organismo, beber muita água.

55)Em quanto tempo obtenho resultado usando kefir para problemas de acne e manchas no rosto?

Resultados significativos são obtidos a partir de 3 meses para acne e de 6 meses para clareamento de manchas; mas além de tomar o kefir (1 litro diário),tem que haver um controle na alimentação(evitando chocolates, amendoins,...etc), e para potencializar o kefir ,pode fazer compressas com kefiraride: protegendo os olhos com algodão, aplicar no rosto limpo, gaze umedecida em kefiraride,deixar por 20 a 30 minutos.De preferência pode fazer a aplicação a noite.

O Kefiraride é um adstringente natural que ajuda a desinfeccionar e fechar os poros.

56) Devo tampar hermeticamente o vasilhame de fermentação? Ou não posso vedá-lo para que os grãos possam respirar?

Utilizar uma tampa frouxa ou pano fino fixado por elástico.

57)Como fazer sabonetes naturais e loção usando kefir(grãos de água e kefiraride)?

Importante:

Para fazer sabonetes com base glicerinada ou perolada e o kefir (em grãos)não perder as propriedades, após derreter a base em banho-maria,deixe esfriar até 30/35°C,use um termômetro para se certificar, se não tiver use o dedômetro : ) ,depois acrescente os grãos, em seguida coloque em moldes e deixe esfriar. O uso de corante e essência é opcional.

Para sabonete líquido: em 1 litro (onde é usado 250 ml de base para sabonete) ,reduza parte da água(de 800 ml para 600 ml) e complete com 20 % de kefiraride(200 ml),só que precisa acrescentar lauril éter sulfato de sódio (qsp_quantidade suficiente para),pois a acidez do kefiraride diminui a quantidade de espuma.Coloque a base num recipiente de vidro e adicione a água lentamente para hidratar, depois coloque o kefiraride aos poucos e por último o lauril.O uso de corante e essência é opcional.

Para fazer loção para o corpo: use 1 colher de sopa de creme não-iônico(comprado em farmácias de manipulação)e 2 colheres de sopa de kefiraride.Misture muito bem para deixar homogêneo e aplique.Não precisa enxaguar.O que sobrar guarde em pote fechado na parte baixa da geladeira (pode deixar por uma semana). Terá um excelente hidratante natural.

58)Posso fazer gel para cabelos e pele com o kefir ?

Sim,veja a receita:

1 xícara de chá de grãos de kefir de água

1 xícara de kefiraride ou 1xicara de água mineral (para quem não tem Kefir de leite)

Bater no liquidificador por uns 5 minutos mais ou menos, até ficar um gel.

Cabelos

Lave os cabelos com shampoo e enxágüe, tire o excesso de água com uma toalha e aplique o gel na raiz, faça massagem com a ponta dos dedos e coloque uma touca plástica, não usar touca térmica.

Deixe o gel agir por uma hora, enxágüe bem.

Rosto

Aplicar uma camada não muito fina na pele e fazer massagem circular.

Deixe agir por uma hora, até secar completamente e enxágüe bem.

59) Qual os benefícios do kefir na gravidez?

O kefir de leite é rico em ácido fólico,veja mais em: Benefícios,sendo muito importante na gravidez.

O ácido fólico é uma vitamina do complexo B cuja ingestão deve começar desde o planejamento da gravidez,pois garante saúde para a mãe e o desenvolvimento do bebê,já que é responsável pela síntese dos ácidos nucléicos(substâncias que produzem proteínas, tecidos e também o código genético,como o DNA,por exemplo).

A simples suplementação do ácido fólico três meses antes e nos três primeiros meses da gravidez são suficientes para reduzir até 95% de problemas da má formação do tubo neural.O tubo neural funciona como o sistema nervoso primitivo do feto. É uma estrutura do embrião precursora do cérebro e da medula espinhal. O fechamento deste tubo é essencial para formar a calota craniana e coluna vertebral do bebê. Isso ocorre entre 22º e 28º dias após a concepção.

60) Quais os resultados do kefir sobre o Colesterol?E em que quantidades tomar?

O probiótico

Kefir por produzir ácido láctico,pode absorver o colesterol ruim(LDL) e impedir sua reabsorção pela corrente sanguínea.

É recomendado para se obter resultado tomar 1 litro diário,porém há controvérsias,como exemplo temos informação de resultados obtidos após 6 meses de uso para pessoas que tomaram 1 litro diário e para uma outra que tomou apenas 1 copo,ambos com queda na taxa do colesterol ruim(LDL),então é prudente usar o bom senso e recomendamos sempre a consulta e acompanhamento de seu médico

61) O Kefir pode ser usado como tratamento para o herpes labial?

Sim, pode.

O Herpes é uma infecção que se manifesta devido a diversos fatores, tais como: exposição à luz solar intensa, fadiga física e mental, estresse emocional, febre ou outras infecções que diminuam a resistência orgânica.

O kefir aumenta a imunidade do organismo e pode sim ajudar o tratamento do Herpes.

/Doenças da Pele/ Herpes e não esqueça consulte sempre o seu médico, nada o substitui.

62)Quais os benefícios do kefir para meus animais domésticos?

Se seu animal doméstico for um mamífero, provavelmente os efeitos serão muito semelhantes aos operados nos humanos. Como a maioria de nossos amigos peludos estão habituados a ração, é conveniente ir administrando o kefir e os grãos aos poucos, para evitar diarréias e vômitos.Dê preferência ao kefir de leite. Uma boa forma de administrar o kefir é misturar o kefiraride na água dos bichinhos.

Para os aquários, acrescentar alguns grãos após a limpeza e troca parcial da água pode ajudar a mantê-la límpida por mais tempo. Observe, porém, que os filtros mecânicos muito fortes podem capturar os grãos e acabar entupidos por eles.











  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post57

Manual Completo do Kefir. Dúvidas Perguntas e Respostas

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 18, 2016 22:00:04

KEFIR – O que é isso ?
O uso do Kefir como alimento pode trazer benefícios e auxílio no combate a problemas de:
asma, acne, problemas renais, acidez estomacal, problemas circulatórios, colesterol, reumatismo, osteoporose, hepatite, bronquite, catarro, tuberculose, descontrole da produção de bilis, alergias, enxaqueca, males do cólon, úlceras, problemas digestivos, colites, bactérias hostis,
prisão de ventre, diarréia, candidíase, inflamações intestinais, ansiedade, depressão, diversos eczemas.

O Kefir é uma colônia de microrganismos que tem uma aparência de grãos de cogumelo branco, com aspecto gelatinoso, textura macia e firme e tamanho irregular.
Estes grãos são formados por uma mistura complexa de bactérias e leveduras aglutinadas com a caseína (proteína do leite) e açúcares complexos que quando adicionados ao leite (de vaca, cabra, ovelha) vão fermentá-lo, incorporando na sua composição esses microrganismos benéficos para a flora intestinal.

Os grãos são adicionados ao leite em recipiente de vidro, esterilizado, o qual fermenta à temperatura ambiente (± 25Cº) por aproximadamente 24 horas. Após a fermentação, são coados, e o líquido resultante é o Kefir, que pode ser consumido fresco ou maturado.
Esses microrganismos vão processar o leite, consumindo a lactose e reduzindo a caseína, albumina, além de sintetizar ácido lático, a lactose e outras enzimas. Também modificam os sais de cálcio, que se tornam mais fáceis de serem absorvidos pelo organismo humano.

Os grãos podem ser adicionados novamente a mais leite, e o processo repetido infinitamente
O leite “Kefirado” fica nutricionalmente mais rico, com menos lactose (o que é bom para quem fica com intestino solto com leite normal), e cheio de probióticos: mais de 30 tipos diferentes de lactobacilos, incluindo Lactobacillus bulgaricus, Streptococcu thermophilus, Lactobacillus acidophilus e Lactobacillus casei, enquanto os iogurtes têm normalmente apenas 2 variedades.

Os lactobacilos no Kefir podem existir em concentrações variando de cerca de 1 a 1.000 milhões de unidades formadoras de colónias por mililitro. Além disso, o Kefir é de fácil digestão, pois existem estirpes de levedura que podem metabolizar a lactose, sendo indicado para intolerantes à lactose.

O Kefir Nosso de Cada Dia.
Para se produzir kefir é necessário conseguir primeiro os grãos de Kefir que contém uma variada flora de microorganismos benéfica ao ser humano. Uma vez obtidos os grãos de Kefir pode-se ter kefir em casa para sempre, basta cultivá-los ou até mesmo guardá-los em condições especiais por longos períodos quando não estiverem sendo consumidos. O Kefir para nosso consumo é o leite fermentado por algumas horas com grãos de Kefir, podemos ingerir os grãos também, mas normalmente preserva-se os grãos para a produção de mais Kefir. Devemos ter em mente que o Kefir é diferente do iogurte, yakult, coalhadas caseiras e similares. Pessoa tem tentado gerar os grãos de Kefir em casa e o máximo que conseguem é uma coalhada.

O Kefir foi criado na antigüidade e até hoje é desenvolvido sob condições particularmente quase impossíveis de serem repetidas na maioria das nossas residências atuais.
Para se gerar os grãos de Kefir “do nada” hoje em dia seriam necessários simular um “ambiente” propício para seu surgimento, como foi feito a mais de 4.000 anos atrás, o que seria extremamente complexo e difícil para a maioria de nós, portanto será muito mais econômico e prático adquiri-los com conhecidos ou pela internet.

O liquido do Kefir pode ser refrigerado para consumo. O líquido fresco pode ficar até 5 dias na geladeira para consumo próprio e até 7 dias para uso culinário e no freezer pode ficar até 1 ano.
No trato gastrointestinal de crianças recém nascidas são naturalmente encontrados diversos microorganismos contidos no Kefir, com o passar do tempo e também porque provavelmente paramos de consumir muito leite, perdemos esses microorganismos, e eles praticamente só podem ser reencontrados no Kefir

Origem do Kefir
O nome é oriundo da palavra eslava Keif, que significa bem-estar e também é conhecido por outros nomes: kéfer, kefyr, kiaphur, kepi, knapon.
É uma bebida consumida há muito tempo no Cáucaso, na Russia, uma região da Europa oriental e da Ásia Ocidental, entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, que inclui a cordilheira do Cáucaso e as planícies adjacentes.

Em sua história conta-se que os tártaros, um grupo étnico proveniente da Turquia, teria recebido o fermento e o transmitido de geração em geração e ao que chamavam “milho do profeta de Maomé” que, por sua vez segundo a tradição, o recebeu de Alá.
Para obter esta bebida espumosa os tártaros semeavam os grãos de Kefir no leite de cabra, vaca ou ovelha, colocando-a em bolsas de pele que logo atavam e transportavam em cima dos camelos. A bebida era guardada zelosamente por acreditarem que se fosse conhecido dos infiéis, o produto perderia a eficácia, mesmo para os crentes.

Foram os médicos russos, estabelecidos na região do Cáucaso, que notaram as qualidades terapêuticas da bebida, empregando-a no tratamento de diversas doenças do aparelho digestivo e ampliado o seu uso para os países próximos.

Benefícios do Consumo de Kefir

Durante a fermentação, uma substância conhecida como quefirano (Kefiran ou fator de crescimento de Kefir – KGF) é secretada por algumas bactérias presentes nos grãos. É um tipo de carboidrato composto de várias unidades de monossacarídeos (galactose e glicose).

Uma propriedade interessante do Kefir é sua característica de resistir ao suco gástrico e sais biliares, além de se adequar à possível presença de antibióticos. Desta forma chegam vivos ao intestino em quantidades suficientes para promover seus efeitos benéficos.

Principais Benefícios do Kefir
– Reestabelece e equilibra a flora intestinal, combatendo as bactérias nocivas à saúde, trocando-as por bactérias benéficas.
– Ajuda tanto na constipação quanto na diarreia e reduz a formação de gases
– Possui atividade antimicrobiana e anti-inflamatória
– Previne diarreias associadas ao uso de antibióticos
– Melhora a digestão da lactose
– Diminui a absorção de glicose, auxiliando diabéticos e no emagrecimento
– Auxilia na redução dos níveis de mau colesterol sanguíneo (LDL)
– Auxilia no tratamento da síndrome do intestino irritável
– Efeito relaxante no sistema nervoso pela quantidade elevadas de triptofano
– Aumenta a resistência a infeções por atuar no sistema imunológico
– Aumenta o aporte de cálcio e vitamina D.
– Novos estudos apontam a proteção do Kefir contra o câncer de cólon (intestino)
– Promovem profunda depuração no organismo, eliminando as toxinas e regulando o intestino, aceleram o metabolismo auxiliando na perda de peso, mantém pele e cabelos saudáveis, reduzem a ansiedade e a depressão, mantendo uma sensação de bem estar. Solucionam e previnem vários tipos de eczema e desordens da pele, como acne, psoríase e mesmo a candidíase, entre inúmeros outros benefícios.
– Síndrome do intestino irritável, qualquer doença relacionado ao intestino como diarreia persistente ou constipação, gases, muco nas fezes, sensação de inchaço, dor abdominal ou cólica relacionado ao intestino.
– Estresse, asma, acne, problemas renais, acidez estomacal, problemas circulatórios, colesterol, reumatismo, osteoporose, hepatite, bronquite, catarro, tuberculose, descontrole da produção de bilis, alergias, enxaqueca, males do cólon, úlceras, problemas digestivos, colites, bactérias hostis,prisão de ventre, diarréia, candidíase, inflamações intestinais, ansiedade, depressão, diversos eczemas.
– Regular pressão sanguínea Sistema imunológico melhorando a resistência contra inúmeras doenças. Regular o açúcar no sangue melhorando o diabetes. Reduzir o processo de envelhecimento. Possui Kefiran um anti-cancerígeno. Beneficia coração, pâncreas, rins, próstata, fígado, músculos, cabelo, pele, sistema nervoso. Kefir de Leite é um alimento probiótico muito potente.
– Distúrbios nervosos (ansiedade, insônia, síndrome de fadiga crônica)
– Catarros bronquiais e outros problemas respiratórios
– Alergias (em caso de erupções cutâneas, a ingestão de ½ litro por dia basta e recomenda-se o uso externo, friccionando o kefir nas áreas afetadas e deixando secar na pele)
– Escleroses
– Reumatismo e L.E.R. (lesões por esforços repetitivos)
– Tumores
– Problemas cardiovasculares (infarte e arteriosclerose)
– Problemas de vesícula
– Disfunções hepáticas
– Problemas renais e icterícia
– Doenças do estômago: gastrite, úlceras, regulariza a digestão
– Problemas intestinais: diarréias, intestino preguiçoso ou preso, hemorróidas.
– Problemas de sangue: anemia, leucemia
– Problemas de pele: dermatites, eczemas, lúpus, cândida, psoríase, herpes
– Males do Século: irradiações, exposições a monitores de vídeo, na desintoxicação de poluentes tóxicos
– Excesso de peso: acentua amplamente a assimilação de nutrientes e equilibra de maneira geral as funções do organismo, provoca uma sensação agradável de saciedade, que reduz o hábito de comer por compulsão, depressão ou ansiedade. O kefir de leite, pode ser usado nos lanches entre as refeições, substituindo outros alimentos mais calóricos, mesmo quando batido com frutas e cereais, desde que se evite o uso de açúcar ou mel. No entanto não é recomendada a associação simultânea de kefir com jejum e para os que gostam de jejuar, o uso nestes dias pode ser suspenso. Se alimentar só de kefir é uma atitude errada e contra-indicada.
– Além disso o Kefir de Leite previne a prisão de ventre, regularizando o processo digestivo, restaurando a microflora intestinal, o que é ótimo para quem se submeteu a longos tratamentos com antibióticos. O kefir de Leite após 12 horas de fermentação produz efeito laxante e com 40 horas atua como normalizador.

Muitos estudos sobre o Kefir ainda estão em andamento e seus amplos benefícios não estão claramente elucidados por diversos motivos: interação sinérgica da flora intestinal, tipos de fonte de grãos existentes, diferentes substratos utilizados que variam sua textura e sabor, entre outros fatores.

PERGUNTAS E RESPOSTAS IMPORTANTES SOBRE O KEFIR:
Qual a temperatura e tempo ideais para cultivar o Kefir ?
O Kefir deve ficar em temperatura ambiente entre 12 a 40 graus, sendo que a temperatura ideal para produzir é em torno de 20 a 37 graus por um tempo de fermentação que pode variar de algumas horas até três dias caso a temperatura ambiente esteja menos de 22°C.

Embora o tempo recomendado seja de até 3 dias de fermentação, por medida de precaução recomenda-se que acima de 36 horas não devemos consumir o Kefir fermentado em temperatura acima de 20°C. Se mantivermos o líquido de Kefir depois de fermentado na geladeira ele manterá ainda condições para consumo por cerca de 3 dias. Se for feito queijo de Kefir o tempo de conservação poderá ser bem maior. Caso ocorra fermentação acima de 36 horas devemos peneirar os grãos e descartar o líquido e adicionar os grãos em novo leite e retomar o processo de cultivo se os grãos estiverem em boas condições.
A proporção ideal para seguir estes tempos é: Uma colher das de sopa de grãos de Kefir para cada meio litro de leite.

Primeiros Passos
Recebi os Grãos de Kefir e Agora o Que Fazer?

A) Se Ele for Fresco
Coloque-os em 1 copo (200 a 250 ml) de leite, cubra-o de forma a permitir a entrada de ar, cobrindo com gaze + elástico ou tecido de voal ou pano cru ou renda; e deixe fermentar em temperatura ambiente por 24 horas para uma coalhada mais cremosa e 30 horas ou mais, para uma coalhada mais firme. Após esse período, mexa até homogeneizar e é só coar os grãos utilizando uma peneira e apreciar o seu Kefir.

B) Se ele Estiver Congelado
Ao receber deixe em temperatura ambiente até descongelar por completo. Não coloque-o no micro-ondas nem coloque leite quente nem morno para apressar o processo. Acrescente 1 copo de leite (200 ml). Depois de 6 a 8 horas, acrescente novamente mais 1 copo de leite (200 ml). Após 24h de fermentação, você já poderá coar.
Atenção: Os grãos precisarão de um período de adaptação por causa do congelamento. É normal não fermentar e nem crescer por algum tempo. O prazo pode variar bastante, mas em geral após 1 semana sua colônia estará em plena atividade e reprodução.

C) Se ele for Desidratado (Enviado pelo Correio)
Coloque-os também em 1 copo (200 a 250 ml) de leite, cubra e aguarde a fermentação desejada.

Atenção: É preciso dar um tempo para que todas as bactérias e fermentos voltem a trabalhar, de uns 3 a 4 dias. Neste período o leite pode talhar e ter cheiro de azedo; então, coe a cada 24 h e descarte o líquido, fazendo nova troca. Quando os grãos coagularem o leite e este tiver cheiro similar a iogurte, pode tomar e está pronto o Kefir.

Como devo consumir o Kefir ?
Na hora de consumir o líquido que chamamos de Kefir não deve conter grãos, os grãos devem ser separados com a peneira para posteriormente produzirem novos lotes de Kefir para consumo, eventualmente poderá até comer os grãos, caso tenha muitos, ou seja, não ha problema nenhum em ingerir diretamente os grãos.
Na aparência o Kefir é semelhante a coalhada ou iogurte (mas apenas na aparência) e pode ser misturado com frutas por exemplo.

Qualquer pessoa pode consumir o Kefir ?
Não ha nenhuma restrição em princípio, qualquer pessoa poderá tomar o Kefir, salvo problemas de saúde que possam impossibilitar, nesse caso a orientação médica pode ser necessária.

Qual a quantidade de Kefir pode consumir por dia ?
O Kefir é um alimento e algumas pessoas ingerem um litro e meio por dia do Kefir de leite. Mas é obvio se você está iniciando o consumo, deve usar o bom senso. O Kefir é um depurativo natural com consumo inicial de quantidade expressiva poderá surgir um efeito colateral como: erupções cutâneas pelo corpo que ficam durante o tempo de depuração e depois somem, mal estares passageiros e indisposições.
É aconselhável, inicialmente, começar a tomar pequena quantidade (100 ml) para acostumar o organismo e ir aumentando aos poucos; com isso evitará reações “bruscas”.

Passo a Passo com os Grãos de Kefir
1. Após coar, coloque os grãos de Kefir, sem lavar, em um vasilhame de vidro, se possível de boca larga. Nunca use recipientes de plástico, ferro ou inox.
2. Despeje a quantidade de leite que você quer consumir.
3. Tampe e deixe fermentando à temperatura ambiente.
4. Se possível, mexa o seu fermentado a cada 12h para melhor aproveitamento e contato das bactérias do Kefir no leite disponível.

Até Quanto Posso Encher o Vasilhame da Fermentação?
Nunca encha mais de ¾ do volume total do vasilhame usado para fermentar seu Kefir. Especialmente se estiver usando uma tampa bem apertada, porque a levedura do Kefir pode produzir uma quantidade grande de CO2. Isto produzirá uma pressão, que em um ambiente fechado, pode quebrar o jarro ou a tampa, ou mesmo provocar uma pequena explosão. Nada grave, mas vai sujar de leite todo o seu ambiente.

Qual o Tipo de Leite Deve Usar Diariamente no Kefir ?
Nas maiorias das cidades do Brasil pode se usar o Leite UHT (Longa vida) integral ou desnatado. Em locais que possa se conseguir leite fresco de vaca ou cabra é melhor, mas esses devem ser fervidos e esfriados a temperatura ambiente antes de serem colocados os grãos.
Para quem prefere o leite em pó há ressalvas, primeiramente quanto a composição do leite, pois marcas menos conhecidas acrescem de muito açúcar refinado e aditivos em pó; o açúcar branco não é saudável para nós imagine para os grãos, ao desmanchar o pó na água esta deve ser mineral ou filtrada senão estará comprometendo a saúde dos seus grãos com o cloro e o flúor presentes na água da torneira.

O leite de soja é bem apreciado principalmente a quem tem intolerância a lactose, apesar do leite animal fermentado em 24h quase não possui mais a lactose visto ser o alimento dos grãos de kefir. Não podemos esquecer que o leite vegetal impossibilita o crescimento dos grãos de kefir, possibilitando apenas a fermentação.

Onde Coloco para Fermentar o Meu Kefir?
Use recipientes de vidro para facilitar o acondicionamento e a posterior higienização e manipulação, além disso ele impede a transferência de possíveis odores ao fermentado. Não utilize recipientes plásticos, nem de ferro, inox ou reutilizáveis (potes, garrafas). Não coloque em recipientes já utilizados como vidro de palmito, azeitona, requeijão, geleia, pois podem carregar microrganismos e odores indesejáveis. Reserve um dinheirinho e compre novos recipientes, que serão a nova moradia dos seus ‘kefilhos’.

Como eu Sei Quando Meu Kefir de Leite Está Pronto?
Você pode ver pela quantia de coágulos. Esta coagulação pode variar por causa dos tipos diferentes de leites que estão disponíveis no mercado, pela temperatura e relação de grãos/leite. De modo geral, você deve ver coalhos e líquidos (Kefiraride) distintamente separados e não deve haver nenhum leite não coagulado. Em último lugar é que se completa a coagulação no fundo do jarro. Se você ainda vê leite fresco no fundo de seu recipiente, então você precisará deixar mais tempo. Você pode acelerar o processo, agitando o jarro lenta e cuidadosamente. Quando pronto, o Kefir será firme.

Como Cubro o Meu Kefir?
Podemos utilizar materiais variados como papel toalha, pano com micro furos, filme plástico furadinho, tule, tecidos finos, gaze. Lembre-se de cobrir sempre o seu leite em fermentação, pois um descuido poderá ser fatal! Os insetos são os inimigos número 1, especialmente os menores que podem inesperadamente entrar em qualquer furinho. Proteja também da poeira ou de objetos e sujidades que possam cair sem querer.

Como Cultivar o Kefir ?
Para produzir o Kefir de leite usa-se apenas:
• Grãos de Kefir
• Leite (Qualquer tipo de leite, ressalvas ao leite vegetal que impossibilita o crescimento do cultivo)
Que devem ser colocados em um pote de vidro.
A proporção de grãos para leite é em média de uma colher das de sopa de grãos de Kefir para cada meio litro de leite, se tiver mais grãos proporcionalmente a fermentação deverá ser mais rápida e deve ser trocado o leite em menor tempo. O tempo de fermentação em temperatura média de 20° C (vinte graus centígrados) é o seguinte: Para consumir um Kefir mais suave a fermentação deve ser mínima e pode durar apenas umas 6 horas, (Em dias mais frios isso pode demorar mais tempo) que é quando o leite começa a ficar mais denso (engrossar), a partir do momento que chega nesse estágio retira-se os grãos com a peneira e pode-se consumir o líquido peneirado ou colocar na geladeira e consumir mais tarde.
O Kefir mais ácido pode ser obtido em até três dias de fermentação.

Existe Uma Temperatura Ideal Para Melhor Fermentação do Kefir?
A temperatura ótima, para a maioria dos micro-organismos que constituem os grãos do Kefir, é em torno de 22oC. No entanto, como não temos essa condição em permanente controle, sugere-se deixar o vasilhame em local mais aquecido quando o clima for mais frio. Na maioria das situações o Kefir é feito em temperatura ambiente (5oC a 40oC). Em regiões muito frias, você precisará que seu Kefir seja mantido em temperatura maior que 10oC. Isto não é 100% essencial, mas abaixo desta temperatura, seu Kefir exigiria muito mais tempo para fermentar (aproximadamente 3 x mais) e temperaturas muito baixas por um longo tempo podem inibir certos tipos de micróbios da microflora dos grãos. Os caucasianos faziam Kefir embolsas de pele de cabras e durante os meses mais frios, deixavam-nas ao sol durante o dia e próximas a uma lareira durante a noite.

Posso Gerar os Grãos de Kefir em Casa ?
Não, os verdadeiros grãos de Kefir não foram gerados assim.
Procure receber os verdadeiros grãos de alguém que os tenha, assim poderá cultivá-los em casa com mais segurança. Se não conhece o Kefir antes de adquirir pergunte se ele é real ou original, pois há a possibilidade de te fornecerem os grãos transformados.
Os grãos de Kefir verdadeiros são especiais e ao entrarmos em contato com eles nos os “reconhecemos” plenamente, talvez porque eles passam a fazer parte de nós, nos protegendo e alimentando, assim como nós fazemos com eles. E provavelmente podemos “reconhecê-los” também porque certamente quando fomos recém nascidos já tivemos contato com alguns microorganismos que o Kefir contém.

O Kefir é azedo mesmo? Tem como mudar o sabor ?
Seu gosto tradicional sem qualquer aditivo é refrescante e levemente azedo. Você decide se quer azedo ou não, o Kefir pode ficar azedo ou ácido quanto maior for o tempo de fermentação, se desejar um Kefir que não seja azedo, basta deixar menos tempo e terá um líquido suave. A proporção de grãos para o leite e temperatura ambiente também influencia na fermentação.

Os grãos de Kefir de leite soltam uma “gosma” branca ?
Sim, somente os grãos reais, verdadeiros possuem essa “gosma” branca que os grãos soltam e que normalmente vemos quando estamos peneirando é o que os pesquisadores batizaram de kefiran, que é um poderoso anticancerígeno.

Tenho grãos de kefir há meses e eles não se desenvolvem ?
Quando você adquire os grãos de Kefir de água ou de leite tem que estar ciente que é um cultivo e precisará dispor de alguns minutos por dia para a troca do líquido, lavagem do vasilhame, etc. e este procedimento tem que ser feito com disposição. De nada adianta você trocá-los diariamente, receber o benefício e sequer esterilizar o vasilhame pelo menos 1x por semana, ou então usar água de torneira para lavar o vasilhame e não secar antes usá-lo novamente. São pequenos cuidados que temos que ter e isso só é possível quando fazemos com disposição, gratidão, carinho ou no mínimo com cuidado. A qualidade do leite é fator importante, troque-o quando perceber algo errado, ou mude de marca.

E não se deve esquecer que os grãos de kefir só crescerão se estiverem sendo cultivado em leite animal, apesar de poder cultivá-los em leite vegetal o mesmo impossibilita o crescimento do kefir. Provavelmente porque o kefir se alimenta de Lactose e o leite vegetal não possui lactose.

Os grãos de água só deixam de crescer quando a água não é mineral ou filtrada possibilitando que o cloro e o flúor atuem negativamente no seu cultivo. Também devemos ter em mente que o açúcar mascavo deve ser de boa procedência, embalagem fechada e soltinho. Não use açúcar amascavado, que não é a mesma coisa, ele já passa por outro processo industrial não contendo as propriedades do açúcar mascavo. Também evite comprar açúcar aos pouquinhos ou pequenas quantidades aonde vendem em grandes embalagens abertas, pois não se sabe desde quando aquele produto está aberto e na maioria das vezes existe algum tipo de sujeira ou até larvas nos tambores de guarnecimento. Mesmo que você utilize a água fervida e batida no liquidificador, não esqueça que há possibilidade de não eliminar o flúor completamente e se os seus grãos não prosperarem em um mês, use água mineral.

Qual a Diferença Entre Kefiraride E Kefiran?

Kefiran ou Kefir Leban é a fase sólida obtida da filtração do kefir por 24 horas a 25ºC ± 2ºC. É um produto leve e altamente digerível, com sabor e textura semelhantes ao queijo Quark. Sua característica é de um gel solúvel polissacarídeo identificado como uma gosma esbranquiçada de consistência igual a clara de ovo.

Kefiraride é fase líquida, o soro de Kefir, obtido da mesma filtração e pode ser aproveitado como matéria-prima na elaboração de bebidas lácteas, até a utilização de modernas tecnologias para obtenção de produtos específicos a serem utilizados principalmente pelas indústrias alimentícia. Sua característica é um líquido amarelado que vemos separar durante a fermentação do leite pelos grãos de Kefir.

Eu Preciso Coar ou Remover Todo o Kefir Antes de Adicionar Leite Fresco?
Não é necessário, nem ideal, coar todo o Kefir antes de adicionar leite fresco para seu próximo lote. Deixar algum Kefir (mais ou menos 1/3), ao adicionar leite fresco faz bem aos grãos, que se reproduzem mais rápido e acelera o processo de fermentação, pois reduz o pH do leite fresco, tornando-o mais ácido, o que pode ajudar a reduzir microrganismos indesejáveis.

Meu Kefir Separou-se Em 2 Partes: Soro E Requeijão. Eles Morreram?
Não. Seus grãos de Kefir estão ótimos, eles não morreram. Esse é um processo normal que ocorre durante a fermentação e dizemos que ‘queijaram’. O leite divide-se em 2 partes: um “queijinho” furadinho na parte de cima (Kefiran) e um soro transparente ou amarelado- esverdeado na parte de baixo (Kefiraride).
A quantidade de soro também pode variar, depende do leite, da quantidade de grãos, da temperatura local e de quanto tempo os grãos ficaram fermentando. Algumas vezes isso pode começar a ocorrer em 2 a 3 horas, dependendo da temperatura local.

Qual a Taxa De Crescimento dos Grãos de Kefir?
Em condições normais, observa-se um crescimento médio diário de 5% para os grãos de Kefir de leite. Porém, o crescimento dos grãos de Kefir depende de muitos fatores. Em geral, eles parecem crescer mais rapidamente quando: não são lavados, não são espremidos ao coar, a temperatura ambiente mantém entre 18°C a 35°C e o frasco de fermentação é agitado algumas vezes ao dia.

Posso Lavar os Meus Grãos de Kefir?
Não é essencial e nem recomendável por vários motivos:
– Usando leite fresco limpo, existe pequena chance de qualquer micróbio indesejável ser cultivado no meio do Kefir. Os coalhos que aderem aos grãos formam uma barreira ácida protetora ao redor deles, ajudando a inibir organismos indesejáveis muito mais que quando os grãos são lavados. Lavá-los remove este coalho, expondo-os ao ambiente durante as horas necessárias para que eles consigam reconstruí-lo e a repetição deste processo aumenta as chances de contaminação dos grãos.
– Ao lavar você retira o Kefiran, o gel protetor dos grãos, que é muito saudável.
– Os grãos terão nova ação metabólica para produzir essa camada, que será reposta pelos grãos, atrasando a sua multiplicação.
– O cloro existente na água pode matar ou afetar a produção pelas bactérias.

Lembrando: Os caucasianos nunca lavaram seus grãos de Kefir. Eles ordenhavam seus próprios animais e colocavam o leite diretamente para fermentar, então o leite era tão fresco quanto você possa imaginar! Aliás, é cultural achar que tudo que é viscoso, pegajoso é estragado, mas não é.

Mas Meu Leite Fermentado com Kefir Está Muito Ácido. Eu Posso Lavar?
O mais indicado é rever a quantidade de leite e grão que você tem. Se a proporção de grãos for grande, você pode: 1) Adicionar leite numa medida razoável: 1 colher de sopa de grãos de Kefir + 500 ml de leite, ou 2) Separe grãos excedentes e ofereça a amigos/as ou então congele para doação posterior.

As bactérias do Kefir não me farão mal, são muitas ?
O Kefir contém cerca de 40 microorganismos. O que ocorre é que
esses microorganismos do Kefir são benéficos ao nosso organismo, principalmente porque grosso modo eles simplesmente “devoram” as microorganismos malignos que estão dentro do nosso corpo, principalmente no sistema digestivo, existem inúmeros microorganismos maléficos que são eliminados pelo Kefir e além de outras coisas o Kefir é também nutritivo.
Ou seja, a probabilidade de sermos atacados por organismos nocivos é total!
Mas o Kefir vai exatamente combater isso!
Com o Kefir, estaremos combatendo microorganismos nocivos que a humanidade vem “cultivando” em seus corpos e que podem causar doenças, inclusive o câncer .
Descubra também dentro de você mesmo, motivos para doar ou divulgar o Kefir.
No trato gastrointestinal de crianças recém nascidas são naturalmente encontrados diversos microorganismos contidos no Kefir, com o passar do tempo e também porque provavelmente paramos de consumir muito leite, perdemos esses microorganismos, e eles praticamente só podem ser reencontrados no Kefir.

Por Que Meu Kefir de Leite Fica Tão Azedo ou Ácido?
Se você não aprecia o sabor do iogurte natural, certamente não irá apreciar o sabor do Kefir puro, que realmente tem sabor mais acentuado. Uma orientação para isso é:
– Quanto mais tempo fermentando, quanto maior a temperatura ambiente e quanto mais grãos para uma determinada quantidade de leite, mais ácido ele fica.

Procure trabalhar essas variáveis até encontrar a fórmula ideal ao seu paladar. Algumas pessoas deixam o Kefir fermentar uma parte do tempo na geladeira. Se seu Kefir fica azedo, ao invés de ácido, é possível que os grãos estejam com o metabolismo baixo. Pode ser por causa da viagem, se tiverem vindo pelos Correios, congelados ou se estivam armazenados na geladeira. Prepare-o com menos leite até perceber que o leite está coalhando sem azedar.

Posso Apertar ou Espremer os Grãos Quando For Coá-Los?
Não, isto irá quebrá-los. A maioria dos grãos é uma bolsa e é importante mantê-la intacta para melhor produção de Kefir. Quebrar ou danificar os grãos não os matará, mas seu fermentado perderá consistência e cremosidade, já estarão mais esparsos entre sim, como grãos de sagu.

É Correto Agitar o Kefir Durante Fermentação?
Sim! E é altamente recomendado! Os caucasianos faziam isso com as bolsas de couro onde fermentavam o Kefir. Estas bolsas eram frequentemente movimentadas, especialmente em dias mais frios, quando eles tentavam colocá-las em lugares mais quentes (ensolarados durante o dia e próximos a lareiras ou fogões à noite). A agitação suave do Kefir pode ajudar:
– Na fermentação, misturando a microflora com porções de leite não inoculadas e frescas
– Quando se vai coar o Kefir, porque os coalhos maiores que aderem aos grãos, serão parcialmente removidos e misturados de volta com o Kefiraride
– Acelerando a taxa de crescimento dos grãos de Kefir e seu tamanho real produzindo um Kefir mais cremoso.
– Você pode balançar seu recipiente de fermentação do Kefir colocando e fixando uma tampa apertada, e, em seguida, suavemente, balançando ou agitando o recipiente por mais ou menos 5- 10 segundos. Isto pode ser feito 2x vezes por dia. Agitar o recipiente só antes de coar, não produz os mesmos efeitos, mas também é uma boa ideia, pois ajuda a coar.

O Kefir já foi testado em seres humanos ou não ?
Estima-se que Kefir tem sido usado por seres humanos por cerca de 4.000 anos, nesse período, seu uso foi secreto por povos da região do Cáucaso, região montanhosa entre o mar Negro e Cáspio, eles tinham medo que inimigos ou supostos inimigos deles tivessem acesso aos benefícios do Kefir ou que o Kefir perdesse suas propriedades benéficas, portanto, esconderam durante cerca de quatro mil anos o segredo de produzir o Kefir. Esses povos consomem o Kefir a vida toda, desde o nascimento e são conhecidos pela sua longevidade e atingem em média 110 anos de idade. O restante da humanidade
começou a ter contato com o Kefir apenas cerca de um século atrás, em 1908 foi distribuído pela primeira vez na Rússia, depois que um grupo de médicos membros de uma Sociedade de Medicina que acreditavam que o Kefir seria benéfico aos seus pacientes incitaram dois irmão, de sobrenome Blandov, produtores de laticínios a conseguirem o Kefir dos povos que o possuíam e guardavam em segredo.

Através de uma manobra que hoje chamaríamos de espionagem, com auxílio de Irina Sakharova que era empregada dos Blandov para a tarefa de obter os grãos de Kefir. Envovido por Irina um príncipe da região do Cáucaso se apaixona por ela. E apaixonado por Irina, o príncipe, possuidor de grãos de Kefir, termina preso por rapta-la, ele teve que comprar sua liberdade pagando cerca de 4,5 Kg de grãos de Kefir para Irina por determinação do Czar. A partir daí toda a Russia começou a consumir o Kefir e também passou a ser utilizado em hospitais. No século passado, dizem alguns, que os Russos conseguiram a ocupação da Sibéria, região extremamente inóspita pelo frio, graças ao uso do Kefir.

Portanto, 4.000 anos atestam os benefícios do Kefir.
Os grão de Kefir cultivados no leite tem várias denominações, conforme localização: Cogumelos tibetanos, planta do iogurte, bichinho do iogurte, cogumelo do iogurte, fungo do iogurte, bacilo do iogurte, lótus de neve, Kin-oko (Japão), tibetanischer pilz (alemanha).

Tenho alguns Grãos, como que eu faço Kefir ?
Basicamente, coloque os seus grãos em uma metade litro de leite (de preferência fresco, mas leite pasteurizado também o fará), e deixe em temperatura de ambiente por 24 horas. A proporção é uma colher de sopa rasa de grãos para meio litro de líquido. Para quantidades maiores ou pequenas, variem as proporções conseqüentemente. Diferentemente de yogurte, o leite não precisa ser aquecido.Realmente, preparando em uma temperatura de refrigerador faz um Kefir mais liso [mas leva mais tempo para preparar]. Uma vez que o Kefir está pronto, coe um um coador de plástico ou peneira. Recoloque os Grãos em leite fresco para preparar o grupo próximo. Este processo é repetido indefinidamente.

Eu devo esterilizar todos meus utensílios de uso do Kefir ?
Toda limpeza é sempre importante na cozinha, não é necessário manter um ambiente estéril, desde que os Grãos sejam robustos e sobrevivam bem em um “ambiente de cozinha normal”. Porém, não use utensílios de metal, pois isso fará com que tenhamos pequenas correntes elétricas nos Grãos de Kefir, prejudicando sua micro-flora. Também a acidez do Kefir pode fazer corrosão. Para evitar problemas, você deve optar por usar só pote de vidro e colher de plástico ou madeira.
Para iniciar o cultivo ou 1 x ao mês você pode esterilizar seu material com água quente e gotas de vinagre no enxágüe dos utensílios todos.

Por Que Se Formou Uma Camada Amarelada Sobre O Kefir?
O Kefir deve ser agitado uma ou duas vezes ao dia para permitir que todo o leite tome contato com os grãos e haja uma fermentação homogênea. Quando isso não ocorre há a formação de uma camada amarelada sobre o Kefir que são as gorduras contidas no leite (e sua espessura vai depender do tipo de leite utilizado, tanto mais grossa quanto maior a gordura contida), que os grãos de Kefir por serem compostos de bactérias e fermentos, não processam. Embora o desenvolvimento inicial dessa camada não seja prejudicial, fungos não desejados podem propagar-se nelas. Desse modo, aa agitação impede que isso ocorra, possivelmente devido ao aumento de oxigênio disponível.

Eu Preciso Esterilizar Meus Utensílios E Ingredientes?
Não existe nenhuma necessidade de fazer isso. Só mantenha os utensílios limpos. Basta a limpeza básica doméstica. No entanto, caso troque de recipientes, avalie bem as condições de higiene deles e, se necessário, compre novos para evitar problemas futuros.

Preciso Aquecer Ou Resfriar O Leite Antes De Adicionar?
Não, pois são microrganismos mesófilos, ou seja, fermentam em temperatura ambiente entre 20oC a 30oC, não necessitando de aquecimento.

Posso Deixar O Kefir Pronto, Fora Da Geladeira?
Não. Depois de coado, o líquido deve ser conservado sob refrigeração, como todo alimento perecível, por um prazo de 24 horas. Lembrando que eles não possuem conservantes e podem estragar, por isso devem ser consumidos num prazo mais curto.

Tenho Meu Kefir Há Alguns Dias E O Leite Está Com Gosto De Talhado. É Normal?
Sim, exceto se você recebeu ele na forma fresca. Tanto congelado, quanto desidratado há uma espécie de ‘despertar’ dos grãos, que aos poucos vão retornando ao seu estado natural e gerando o tão nosso tão esperado Kefir. Tenha calma com eles, logo estarão a todo vapor!

Ganhei Meu Kefir Há 1 Semana E Ele Não Está Grande E Bonito Como Eu Vejo Nas Fotos. Estão Com Algum Problema?
Não. Os grãos demoram para adaptar-se quando submetidos a desidratação, congelamento e no transporte, caso eles tenham viajado. Tudo isso gera um estresse nos grãos e é normal produzirem pouco no início ou nem crescer, mas é preciso cuidar e esperar que, aos poucos, eles crescerão bonitos e saudáveis como você vê nas fotos.

Posso Utilizar Talheres De Madeira Para Mexer O Kefir?
Não. Talheres de madeira são um dos grandes focos de contaminação de alimentos na cozinha. Isso se aplica também como regra geral, não apenas para o cultivo de Kefir. As bactérias e microrganismos conseguirem se fixar e viver nas ranhuras que se abrem na madeira e vivem por muito tempo, devido à dificuldade de retirá-los por completo ou por descuido na hora de lavar.

Não Quero Usar Plásticos Ou Materiais Sintéticos Para Armazenar Ou Fermentar O Kefir. Existem Outras Opções?
Os grãos de Kefir são ácidos e a maioria dos plásticos, em certo grau reagem com eles. Não é recomendado o uso de plástico para fermentar Kefir, use só coadores de plástico, o tempo de contato é mínimo. Se desejarmos coar o Kefir sem o uso de plástico, pode-se também achar coadores não metálicos e não plásticos em algumas lojas especializadas, feitos com tiras de bambu ou de cana. No entanto, não é imprescindível que seja desse modo.

Eu devo enxaguar os Grãos do Kefir entre cada mudança de leite ?
Isto não é necessário, nem o Ideal. Mas se você realmente quiser, você pode “jejuar” os Grãos colocando eles na água filtrada por um dia. Depois os Grãos são coados e colocados diretamente em leite fresco para preparar Kefir como sempre. Isto pode ser feito semanalmente, quinzenal ou mensal. Essa água coada contém Kefiran, um polissacarídeo saudável sem igual nativo dos Grãos de Kefir. Nós nos referimos a solução coada como “Kefiraride”, que tem uma variedade de aplicações. Em minhas pesquisas recentes eu prefiro deixar os Grãos no Kefiraride descansando.

Eu nunca tomei Kefir. O que eu antecipadamente preciso saber ?
Primeiramente é necessário moderação. Você pode optar por iniciar a tomar o Kefir de Água e o de Leite simultaneamente, sem maiores problemas, se for em porções moderadas. Inicialmente, se nunca tomou Kefir antes nos último 06 meses passados, comece com 50ml nas duas primeiras semanas (50 ml de Kefir de água durante o dia e 50ml de Kefir de leite de manhã ou a noite), após duas semanas aumente para 100ml e assim para de 50ml em 50ml para cada um.

Há possibilidade de reação inicial, semelhante a reação de Herxheimer. Estas câimbras de estômago podem variar de leves para diarréia, e até vomitando – podem ser atribuídas a mudanças da microflora intestinal devido aos novos organismos introduzidos por beber Kefir. Na maioria dos casos, os sintomas melhoram depois de um curto período. Os “Novatos para Kefir que experimentem tais problemas deviam ignorar a reação, ou então, sigam as instruções de iniciar com 50ml e aumentar gradativamente que não haverá reações maiores, mas se ainda assim acontecer comecem a tomar quantias pequenas de Kefir, por exemplo, umas duas colheres de sopa de Kefir diariamente, e depois aumentando uma colher de sopa diariamente ou 50 ml semanalmente.

Outro sintoma para quem inicia tomando grande quantidade são as erupções cutâneas não localizadas, na maioria das vezes no rosto e nas costas, mas deve seguir as mesmas instruções de reiniciar o uso o moderadamente. O Kefir é um depurativo em potencial e enquanto estiver atuando no organismo como depurador, isso acontece com mais ênfase no inicio, há possibilidade de ocorrer os efeitos colaterais diversos.

Posso Mexer O Kefir Com Colher De Aço Inoxidável?
Sim, pode! Isso é um mito na cultura de cultivo do Kefir. Os grãos são muito mais antigos que a descoberta do aço inoxidável. Os metais antigos utilizados na época realmente oxidavam formando zinhavre, zinabre, azebre, cardenilho ou verdete (nome dado à camada de cor verde resultante da oxidação do cobre ou ligas que contêm cobre, o óxido de cobre) e são sim altamente tóxicas e prejudiciais à saúde e aos grãos de Kefir também.
Existem alguns estudos que avaliaram a utilização de aço inoxidável e a questão da resistência elétrica entre os grãos, mas houve pouca significância, o que não impede a sua utilização.

Posso Guardar O Kefir Na Geladeira?
Para fermentar: Depende. Se na sua cidade faz calor, o leite fermentará rapidamente, ficando mais carbonatado (ácido) em função do aumento de fermentação. Caso você não aprecie, então a refrigeração é aconselhável. Depois de pronto: Coloque num recipiente, tampe e leve ao refrigerado. Se quiser, adicione mel, fruta e aveia! Fica uma delícia para consumir no outro dia!

Qual A Proporção Ideal De Kefir X Leite?
Não há uma regra fixa, porque os grãos de Kefir são muito versáteis, mas você pode se basear pela temperatura / estação do ano, devido à função da atividade das bactérias. Em temperaturas quentes (20 a 30oC), relações de grãos para o leite de 1 : 30, ou seja, uma parte de grãos, para 30 de leite. Na prática corresponde a 1 colher (sopa) 10 g x 30 de leite = 300 ml. Em temperaturas mais frias (abaixo de 20o C) as relações de 1 : 10 ou pouco menos são aceitáveis. Apesar dessas sugestões, isso varia individualmente de acordo com o seu gosto pessoal. Se decidir por uma quantidade maior de leite, você deve ter um tempo para fermentar maior e vice-versa. Não existe nenhuma regra rígida aqui, porque os grãos de Kefir são muito versáteis.

Qual O Leite Ideal Para O Preparo De Kefir?
O melhor é preparar o Kefir com leite desnatado, porque o número de bactérias lácticas aumenta com menores níveis de gordura, além disso a bebida fica com valor calórico reduzido, em função da ausência de lipídios (cerca de 25 Kcal para cada 100 ml de bebida).

Posso Usar Outros Tipos De Leite Para Fazer O Kefir?
Sim. Outros tipos de leite podem ser utilizados, tais como o leite de coco, de cabra, leite de arroz ou amêndoa. Basta estar atento à quantidade de gorduras e proteínas presentes, já que isso vai refletir na consistência final do Kefir.

Qual É O Melhor Modo Para Aumentar A Produção De Kefir?
Há dois modos para isso: 1) Aumente de 5% a 10% sucessivamente nos próximos lotes. Se depois do aumento seu Kefir não coagular todo o leite em 24 horas, isto é, você vê porções de leite fresco, normalmente na parte inferior de seu jarro, então o deixe mais tempo até que ele esteja todo coagulado, antes de aumentar a quantia novamente. 2) Se você decidir aumentar a quantia de leite mais que 20% será necessário ajustar o período de fermentação do Kefir, pois pode levar mais de 24 horas para coagular completamente. Dentro deste período de regeneração você notará que seus grãos se tornarão mais ativos a cada lote, diminuindo gradativamente o tempo necessário à fermentação, até quando eles fermentarão em 24 horas. Este período varia podendo levar de 2 dias a 1 semana.

Na continuidade do consumo quanto de Kefir pode-se beber ?
Você pode beber tanto quanto se sente confortável se seu consumo já passou de 60 dias de uso ininterrupto. Caso ainda esteja começando o uso consulte pergunta anterior e siga as instruções como colocadas que não haverá reações inesperadas. Muitas pessoas bebem uma xícara de manhã e uma de noite antes de dormir. Alguns apreciam um vidro pequeno de Kefir antes de cada refeição. Uma palavra de precaução: o Kefir contém bactéria láctica ácida que pode descalcificar o esmalte dos dentes, então não deixe de enxaguar sua boca ou escovar seus dentes depois de tomar. Todo alimento ou fruta ácida faz o mesmo.

É verdade que os Grãos do Kefir crescem ?
Sim, Grãos de Kefir saudáveis devem crescer em torno de 5% ao e o de Água em torno de 15 % diariamente.

É verdade que as pessoas comem os Grãos do Kefir ?
Sim! Os Grãos contêm muitas propriedades benéficas. Um estudo Japonês mostrou que ratos que tinha sido inoculados com câncer e que se alimentaram com Grãos de Kefir, o crescimento do câncer parou e até retrocedeu.

Algumas dicas na manipulação dos Grãos do Kefir ?
Evite expor os Grãos de Kefir a temperaturas extremas, pois alguns micro-organismos são bastante sensíveis para uma temperatura acima do nosso corpo. Como uma regra de dedo polegar, leite que é muito quente para você pôr um dedo nisto, seguramente matará seus Grãos. A melhor temperatura fica entre 22ºC a 25ºC.

Coloquei 1 Litro Para Fermentar Em 24h E Ficou Fraco. O Que Fazer?
Verifique a quantidade de grãos. Se você colocou pouco, eles vão demorar mais do que 24h para fermentar todo o conteúdo. O ideal é ir aumentando aos poucos, por exemplo, de 100 – 200ml por dia, até que sua colônia cresça e consiga fermentar todo o leite em menos tempo.

Posso Deixar O Kefir Fermentando Acima De 24h?
Sim, esse processo é a dupla fermentação, chamada também de “maturação” e consiste em fermentação secundária por 24 horas ou mais, para promover o crescimento de leveduras e conferir sabor e aroma específicos à bebida. No entanto, o aumento do teor de ácido láctico e a diminuição do pH acarretam mudanças no sabor do filtrado de Kefir que podem dificultar a ingestão para paladares seletivos.

Estou Com Dificuldade Para Coar O Meu Kefir. O Que Fazer?
Existem algumas razões, provavelmente: 1) a malha do coador é muito fina: experimente usar um coador com uma malha mais larga. 2) você está usando pouco leite para seus grãos: aumente a quantidade de leite ou diminua a de grãos. 3) você deixa fermentar por muito tempo para a quantia de leite usado: diminua o tempo ou aumente a quantidade de leite, ou ainda, diminua a quantidade de grãos. 4) a temperatura ambiente está muito alta, acelerando demais o tempo da fermentação: experimente deixar parte do tempo na geladeira (na parte inferior, onde é menos frio) ou aumente a quantidade de leite, diminua a de grãos ou deixe menos tempo. 5) alguns coalhos do leite aderem aos grãos: diminua o tempo ou aumente a quantidade de leite, ou ainda, diminua a quantidade de grãos.

Uma dica preciosa: antes de coar, aperte a tampa, então suavemente inverta o jarro algumas vezes ou balance suavemente o jarro até que os coalhos sejam misturados com uma parte do Kefiraride, até uma consistência cremosa, despeje o Kefir para ser coado em seu coador, e suavemente bata o coador. É melhor usar um recipiente largo ou tigela para coar, assim nenhum Kefir será perdido.

Como É A Consistência Do Leite Fermentado?
O leite fermentado com Kefir ficará ralo no início do cultivo, quase um leite normal. Com o tempo os grãos vão aumentar, deixando o fermentado mais cremoso, viscoso e o saboroso.

Quando Ele ‘Queijar, Preciso Fazer Alguma Coisa?
Sim. Mexa delicadamente com uma colher até os líquidos e os grãos se misturarem bem e adquirir uma consistência líquida e peneirável. Prefira peneira de malha grossa pois, talvez o líquido não passe. Coloque na peneira e agite o conteúdo. Caso reste algum grumo mais consistente, derrame um pouco de leite sobre os grãos e agite novamente a peneira. Não se preocupe em retirar tudo o que estiver grudado nos grãos, deixe-os assim com resíduos da fermentação anterior, isso é bom para os grãos crescerão mais rápido.

Não Houve Separação De Kefiraride No Kefir, Há Algo Errado?
Não, pois não é obrigatório haver separação de Kefiraride no Kefir, com isso ele ficará homogêneo e levemente ácido. Com essa separação, use a opção de fazer cream cheese, drenando-o; o líquido amarelado drenado é o Kefiraride, que é muito saudável e pode ser usado em várias preparações. Vários fatores influenciam para que haja separação do Kefiraride:
– Temperaturas altas (acima de 25°C, principalmente nas estações primavera/verão)
– Recipiente fechado hermético
– Proporção maior de grãos x leite
– Cultura-mãe formada de grãos maiores onde haverá maior formação de CO2 (gás carbônico) durante a fermentação, resultando num Kefir mais ácido.

O Que Eu Faço Se Os Grãos Do Kefir Se Parecem Contaminados Ou Aparecem Lugares Rosa Na Superfície No Meio Da Cultura ?
Isto poderia acontecer especialmente se você cobriu o jarro com um pano, que poderia favorecer cair certos esporos ou organismos daninhos ao Kefir. Simplesmente coe os Grãos e enxágüe-os na água filtrada. Coloque-os em água sem cloro ou mineral por 24 horas. Enxágüe os Grãos com a água fresca e coloque-os em leite fresco. Você poderia querer descartar o primeiro grupo de Kefir, desde que tivesse um sabor incomum. O segundo grupo de Kefir deverá ser bom o suficiente para beber. “Se Você tiver Kefiraride substitua pela Água por visto que é mais natural para o seu Meio e faça o processo acima”.

Como lavar os grãos e o que é jejuar o Kefir ?
Jejuar os Grãos
Uma alternativa para não lavar os grãos de kefir
Desde a apresentação do kefir ao resto do mundo, em 1903, tem-se tornado uma prática comum lavar os grãos com água, entre cada mudança do leite e esta prática tornou-se bem enraizada, porque os grãos do kefir são passados de pessoa à pessoa, normalmente acompanhados de instruções para isso. Porém, na maioria das circunstâncias não é essencial lavar os grãos de kefir.

Uma boa alternativa à lavagem dos grãos é o jejum de 12 a 24 horas. Coloca-se os grãos em água fresca sem cloro, em temperatura ambiente ou na geladeira (não no congelador).
A solução clara coada do jejum dos grãos do kefir, kefiraride, contém o kefiran, ácidos orgânicos (na maior parte ácido lático) e uma porcentagem pequena de proteína e de aminoácidos solúveis.
Jejuar os grãos uma vez por semana pode ajudá-los a formar colônias mais resistentes, embora isso não seja imprescindível, sendo que sob a maioria das circunstâncias os grãos de kefir podem ser cultivados continuamente no leite fresco.

Meus Grãos Flutuam, O Que Está Ocorrendo?
Os grãos de Kefir normalmente flutuam algumas horas depois de serem colocados no meio de fermentação, devido à densidade especifica do grão ou devido ao gás CO2 produzido pelas leveduras. Há também a formação de bolhas em torno dos grãos, que os leva a flutuarem.

Por Que Meu Kefir Fica Viscoso?
Porque ele está extremamente saudável! Esse é a ação do Kefiran, substância que dá ao real Kefir essa textura cremosa rica sem igual, que só os grãos de Kefir podem produzir. Se você usar menor proporção de leite quando estiver, esta substância será feita em maior quantidade. Isto também ocorre quando você deixa seu Kefir fermentar por mais do que 24 horas.

Quanto Tempo Dura O Kefir Na Geladeira Num Potinho Tampado?
O Kefir dura de 7 a 15 dias, sem problemas. Nesse caso há a separação de sólido x líquido, mas é só misturar bem para homogeneizá-lo e acidez também acentua. Caso não consuma tudo, faça o queijo cremoso (cream cheese).

É Verdade Que Colocar Azeite Em Cima Do Kefir Aumenta A Sua Durabilidade?
A película de lipídio criada pelo azeite pode sim proteger o Kefir por mais tempo da ação microbiológica, mas a ação das bactérias lácticas é constante, o que acidifica o meio.

Como Os Grãos De Kefir Podem Morrer?
Você acidentalmente pode matar seus grãos de Kefir se:
– Submetê-los ao calor excessivo: água quente, fontes de calor (fogão ou aquecedor)
– Adicionar os ingredientes errados, como alvejante, detergente, produtos químicos
– Se você decidir fazer “Kefir de água” ou “Kefir de erva medicinal”, e adicionar sal em vez de açúcar mascavo
– Jogar fora.
– Se você deixar alguém ajudar em sua cozinha, lembre-se de explicar-lhes, que você tem essas pequenas criaturas e tem um carinho muito grande para com elas.

Eu tenho problemas bebendo leite. O que eu posso fazer para tomar Kefir ?
1. Você é intolerante a lactose: neste caso, deixe seu Kefir para fermentar (amadurecer ) mais de um dia e aí poderá beber. Isto dará tempo para as bactérias do Kefir digerir mais da lactose no leite.
2. Você é alérgico a caseína (a proteína em leite). Em tais casos você poderia tentar o tipo de leite diferente (leite da cabra por exemplo é menos alérgico que o de vaca), ou você poderia evitar leite in natura completamente e tentar o leite de soja, talvez.

Eu Posso fazer Kefir com leite de soja ?
Sim, com um pouco de ajuste, você pode usar quase qualquer tipo leite.
A única desvantagem é que os Grãos não poderão crescer mais, porque eles precisam seu meio nativo (leite animal) para crescer.

Kefir do leite de Coco como posso Fazer ?
O kefir pode ser feito de qualquer tipo de leite, vaca, ovelha, cabra, búfalo. Existem muitas escolhas de leite; direto do curral, pasteurizado, UHT [Leite Longa Vida], Integral, desnatado, Leite em Pó.
Com um pouco de ajuste para o meio e processo de cultura existe também a opção para o de leite in natura; leite de coco, arroz, soja e semente de noz.

Kefir Versus Moscas Das Frutas. Como Acabar Com Elas?
Quem cultiva Kefir conhece esse grande vilão: a mosca das frutas, chamada de Drosophila. Basta um pequeno descuido e ela ataca o nosso Kefir e as consequências são desastrosas! Esse inseto entra no recipiente, que pra ele é uma excelente maternidade com aquele cheiro azedinho da fermentação e põe seus minúsculos ovos para garantir a multiplicação da espécie e continuar seu ciclo de vida. Seu ciclo é rápido e em poucas horas já existem centenas de larvas brancas boiando junto com os grãos de Kefir, ficando impossível saber qual é o grão e quais são as larvas, ocasionando a perda total de sua cultura. O que devemos fazer: cobrir muito bem os recipientes, verificando se não existem formas deles entrarem, garantindo assim colônias saudáveis.

Como Posso Consumir Meu Kefir?
Além da ingestão como bebida proteica, o Kefir pode ser apreciado na culinária em diversas formas seja no preparo das saladas, substituindo a maionese, no queijo cremoso, base para bebidas e vitaminas, ou em bolos, biscoitos e pudins, tornando-os mais saudáveis. Acesse o nosso “LIVRO DE RECEITAS – Probióticos Lácteos” e saiba com saborear da melhor maneira os fermentados que você está produzindo.

Qual A Diferença Entre Kefir E O Iogurte?

1) Benefícios nutricionais: O Kefir é fermentado por mais de 20 tipos de bactérias (lactobacilos – leveduras – ácidos láticos), enquanto que o iogurte geralmente é fermentado com 1 ou 2 bactérias do bem. Quanto mais bactérias, maior o potencial probiótico e o valor nutritivo.
2) Classificação: O Kefir é considera uma bebida probiótica complexa, enquanto que o iogurte é um probiótico simples, mas se aplica apenas a iogurtes de boa qualidade e procedência, excluindo as bebidas lácteas ou concentrado de frutas e açúcar, geralmente encontrados no supermercado.
3) Sabor: O Kefir tem um sabor mais ácido, enquanto que o iogurte tem sabor menos ácido, somado à adição de açúcar e outros ingredientes, que neutraliza essa sensação. No entanto é possível fazer vários tipos de receitas para utilizar o Kefir de uma maneira muito saborosa!
4) Praticidade: O Kefir requer preparo, cuidado e manutenção, enquanto que o iogurte industrializado, já está pronto para o consumo.
5) Valor: O Kefir precisa apenas de leite para sua fabricação e pode ser feito na quantidade que desejar, enquanto que o iogurte é consumido apenas uma vez e precisa ser adquirido em garrafa ou potes individuais. Exemplo: 1 litro de iogurte industrializado: R$ 7,00, 1 litro de Kefir natural: R$ 2,90 (preço médio de 1 litro de leite). Base: Maio/2016.

Qual A Diferença Entre O Kefir E O Viili?
1) Quantidade de lactobacilos presentes: No Kefir foram encontrados mais de 30 bactérias benéficas, enquanto que no Viili, até o momento, foram encontrados cerca de 10 tipos.
2) Formato dos microrganismos: No Kefir temos os grãos ou sementes, enquanto que no Viili a formação do iogurte é feita pela própria coalhada, que gera novos iogurtes.

O Kefir É Um Prebiotico, Probiotico Ou Simbiotico?
Ele é um simbiótico, uma combinação da ação prebiótica e probiótica. Ele é prebiótico porque fornece condições para bactérias benéficas se instalarem no intestino, assim como os iogurtes com fibras, enriquecidos com inulina e frutoligosacarídeos (FOS); e probiótico porque os micro-organismos ingeridos com o produto chegam vivos ao intestino, como alguns leites fermentados industrializados.

Já Existiu Algum Caso De Problemas De Saúde Devido A Consumir Kefir?
Não há nenhum caso documentado de quaisquer problemas de saúde causados por consumir o Kefir, como também é verídico que para tudo tem uma contraindicação A menos que ele cheire como ovos podres, ou tenha descoloração principalmente devido a cuidado impróprio (aquecimento, por exemplo), então tudo está bem. É muito raro o Kefir “estragar” quando cuidados elementares de higiene forem tomados, mas não é impossível acontecer e há muitas razões para isso:
– Condições anti-higiênicas, inclusive o uso de meios contaminados (leite, água, alimentos ricos em proteína, suco de fruta, etc.)
– Aquecimento dos grãos de Kefir acima de 40oC, fermentar continuamente nestas altas temperaturas danifica ou mata os grãos
– Deixar os grãos de fora do meio (leite) por um tempo maior que 2 a 3 dias, pode viabilizar o crescimento de micro-organismos protetores e então contaminar os grãos
– Produtos de limpeza, cosméticos ou medicamentos que eventualmente caíram ou migraram para os grãos
– Fermentados prontos colocados em refrigerador em condições inadequadas de higiene (tampas abertas, alimentos estragados, falta de limpeza, entre outros)

Grávidas Podem Tomar O Kefir?
Como gravidez não é doença, e se não houver restrições ou intolerâncias alimentares, o Kefir é um alimento que pode ajudar muito no trânsito intestinal da gestante, onde há a uma ocorrência frequente de constipação intestinal, além de beneficiar no sistema imunológico prevenindo gripes e resfriados. Na dúvida, consulte antes o seu Nutricionista e seu Médico.

Quem Tem Diabetes Pode Tomar Kefir?
Sim. No entanto, caso seja consumido adoçado, prefira o adoçante (sucralose) ou açúcar mascavo em pouca quantidade. Alguns estudos com Kefir demonstraram auxílio na diminuição da absorção de glicose, reduzindo o pico de insulina no sangue, favorecendo o controle de açúcar. Além de coadjuvante na redução do colesterol. Mas lembre-se: Kefir não é remédio. É alimento!

Quem Tem Intolerância À Lactose Pode Tomar Kefir?
O Kefir é bem tolerado por indivíduos intolerantes a lactose. Um estudo em 2007, realizado na Universidade de Brasília mostrou que o Kefir pode ser uma excelente opção para pessoas com intolerância à lactose uma vez que o leite fermentado pode chegar a uma redução do teor de lactose próxima do leite industrializado de baixa lactose.
O Kefir pode chegar a 74% de redução do teor de lactose em até 72 horas de fermentação. Há também a presença de β-galactosidase microbiana (enzima lactase) no filtrado, que tem sua atividade 60% mais elevada, facilitando a digestão da lactose, proteínas e melhorando a absorção de cálcio e ferro.
Para se ter uma ideia, em 24h de fermentação, observou-se 3 vezes menor teor de lactose do que em leites industrializados de baixo teor de lactose, podendo substituir normalmente o leite comum industrializado pelo uso de Kefir.

Qual Quantidade De Kefir É Indicado A Intolerantes À Lactose?
Informações inadequadas em sites da Internet, sugerem 1 litro de filtrado por dia e isso não é correto, já que os teores de lactose, somados podem conte doses superiores suportadas por pessoas intolerantes. De 1 a 2 porções de 250ml ao dia é quantidade razoável, avaliando sempre alguma possível reação ou desconforto.

Tomar Kefir Auxilia Quem Tem Candidíase?
A candidíase é uma infecção fúngica causada pelo crescimento excessivo de um tipo de fungo denominado Candida, geralmente Candida albicans. Esse fundo pode se manifestar na boca, virilha, axilas, vagina, unha, causando coceira, vermelhidão, inchaço e lesões, causando grande desconforto e sendo até perigoso.
Há um vínculo biológico equilibrado entre o nosso organismo e esses microrganismos, já que residem em pequenas quantidades no organismo de maneira pacífica, sem causar danos. No entanto, quando nossa imunidade reduz ou pela ação de certos medicamentos e problemas de saúde, pode-se gerar mais “fermento” para esse fungo crescer, especialmente em áreas quentes e úmidas do corpo, abrindo uma porta para que a Candida albicans se desenvolva em maior quantidade, causando desequilíbrio e então, manifestando a Candidíase.

O Kefir pode agir sim, sobre esse fungo. Ele tem em sua composição entre outras leveduras, a Candida Kefir, levedura do bem que junto as demais, restabelece o equilíbrio do organismo. O Kefir digere as células de leveduras e tem efeito benéfico na flora intestinal, onde pode ser usado tanto na prevenção quanto no combate à candidíase.
Contudo, apenas essa providência pode não ter efeito algum se a causa do problema não for identifica e endereçada. A adição de probióticos pode ser feita com a compreensão de que é apenas uma parte do quebra-cabeças para tratar e combater a candidíase e não a panaceia que irá sozinha curar a doença. No mais, o uso frequente de probióticos como o Kefir auxilia muito na regularidade intestinal, em especial no aumento da imunidade.

O Kefir Pode Ser Usado Em Programas De Emagrecimento?
Não há nenhuma contraindicação, no entanto, o emagrecimento vem como consequência de mudanças de hábitos, pois a partir do momento que você opta por um alimento probiótico você assume uma nova postura diante de sua alimentação e de sua vida.
O Kefir atua como um potente agente enzimático, auxiliando o seu organismo a assimilar melhor vários nutrientes, proporcionando modulação intestinal e equilíbrio geral. Para melhores resultados, utilize o seu Kefir com as seguintes opções:
– No café da manhã, em substituição ao tradicional leite com café ou achocolatado
– Tome no lanche da manhã, aumentando a saciedade e reduzindo o apetite no almoço
– Substitua os lanchinhos calóricos pelo Kefir de fruta ou Kefir de leite desnatado com frutas ou granola light
– Substitua a manteiga, margarina ou requeijão por um cream chesse de Kefir

Com Que Idade Uma Criança Pode Começar A Tomar O Kefir? E Em Que Quantidade?
Ela pode começar a tomar o Kefir a partir dos 2 anos de idade, momento em que a microbiota intestinal já está consolidada. Introduzir Kefir nessa época é excelente para nutrir o intestino com lactobacilos e proteger seu filho/a contra infecções provenientes de fungos e bactérias patogênicas. A sugestão é começar com 1 colher de sopa (15 g) e aumentando aos poucos.

Porque Preciso Fazer Uma Reserva De Grãos De Kefir?
Previna-se contra as perdas dos seus grãos de Kefir e faça uma reserva de segurança, congelando ou desidratando uma amostra. Por isso, faça uma reserva de segurança dos grãos de Kefir.
Quem cultiva Kefir já sabe dos riscos que corre todo dia. Sempre ouvimos histórias de quem teve seus grãos jogados por desconhecimento.

Então, oriente sempre e mantenha seus familiares ou diarista avisados. Deixe um mural com orientações e cuidados básicos, caso precise.
– Às vezes viajamos e esquecemos de guardar o Kefir na geladeira. Se a viagem longa, faça o congelamento para que interrompa a produção de bactérias e mantenha-se vivo.
– Esquecemos e deixamos os grãos mal cobertos: As moscas o elegeram o nosso Kefir como maternidade.
– A resolveu ajudar na limpeza da sua geladeira ou freezer: Acharam que ela algo estragado e alguém jogou fora seus potinhos de Kefir.
– O cachorro ou as crianças brincando na cozinha derrubaram seus potes de vidro, quebrando-os sem chances de pegar um grão sequer por causa dos cacos de vidro.
Enfim, todo cuidado é pouco. É perda total! E se você não tem alguém perto que doe pra você? Não terá para quem recorrer.

O Que É Necessário Para Fazer Um Kefir Bem Carbonatado?
Quer um Kefir bem efervescente? Siga os passos: 1) Não encha o recipiente mais que 2/3 com leite e grãos. 2) Fixe uma tampa bem apertada e fermente conforme o habitual por 24 horas. 3) Abra a tampa e pronto! Para quem gosta, o resultado é sensacional! Lembrando que dessa maneira continuamente, nenhum dano será causado aos grãos.

Como Congelar Os Grãos De Kefir?
Congelar os grãos de Kefir é muito útil por 3 razões: 1) Em caso de perda acidental. 2) Caso você tenha excedente de grãos e não tenham alguém para doar. 3) Preservar seus grãos em caso de uma viagem, por exemplo.
Siga esse passo a passo:
1) Coe seu Kefir, como você faz habitualmente.
2) Separe uma porção de grãos – essa porção depende da quantidade que você tiver e pode ser até 1 colher de sopa cheia.
3) Não lave os grãos e coloque-os em saquinhos ou potinhos plásticos, descartáveis ou não.
4) Feche a embalagem. Coloque etiqueta, identifique o conteúdo. (CONTÉM KEFIR DE LEITE) – DATA: __/__/__ (do congelamento)
5) Leve ao congelador, deixando-os bem tampados/vedados e coloque-os em local visível.
6) A duração sugerida é de até 6 meses.

Não Precisa Acrescentar Mais Nada, Nem Leite, Nem Água, Nem Leite Em Pó. Por Quê?
O Kefir congelado fica em estado de dormência, pois em temperaturas baixas, entre 0o e 7oC, a ação dos microrganismos é interrompida, no entanto, sem sofrer impactos significativos sobre suas propriedades nutricionais. Nesse período os microrganismos não se alimentarão com nada.

O que Kefir é d’acqua? Ou de Água ?
Na Itália e Espanha esta forma de Kefir é mais popular que Kefir de leite. Esse Kefir é obtido adaptando alguns Grãos de Kefir de leite para um novo meio, baseado em água com adição de Sucos, Rapadura, Garapa (caldo de cana) ou açúcar mascavo, açúcar orgânico que é o mais usado no Brasil. Este Kefir fica efervescente e e refrescante.

Como fazer o Kefir de Água ?
Kefir de Água é feito adicionando açúcar mascavo, suco de limão (opcional) e frutas secas (opcional): albricoque(apricot), tâmara, ameixa de figueira etc. adicionar os Grãos de Kefir da água com água mineral ou sem cloro.

Eu Posso fazer Kefir de água usando Grãos do Kefir de Leite ?
Sim, grãos de Kefir que trabalhavam no Leite pode ser convertidos para trabalhar em Água. Use uma porção ou Grãos de leite extras para este fim. Primeiro enxágüe os Grãos com água filtrada fria e coloque eles em uma solução de açúcar mascavo, caldo de cana ou rapadura a 5 até 10 % . Adicione fatias de limão, ou não, por 48 horas em temperatura ambiente. Inicialmente, os Grãos começarão a trabalhar no processo por uns 4 dias e a preparar a nova forma de Kefir. Isto é normal desde que eles têm que se acostumar ao novo meio, ás vezes pode-se levar até 1 mês ou mais para ocorrer a transformação. É obvio que para ter grãos como TIBICO é necessário muito mais tempo na sua transformação, as vezes pode levar 1 ano. Tendo dois tipos de Grãos evite ficar levando o Kefir de um meio para outro, pois perderá suas propriedades. O ideal é adquirir os grãos sempre originais pois sempre estarão em crescimento e saudáveis e você terá a certeza que está consumindo com as propriedades naturais inerentes do Kefir.

É necessário adicionar todo aquele açúcar para Kefir de Água ? E as frutas secas ?
Se estiver usando Grãos de Kefir de leite adaptados para novo meio que é de água, então é sugerido alimentar os Grãos com uma variedade de açúcares diferentes. Isto ajuda manter a diversidade da microflora no Kefir. Em vez de fruta seca, você pode adicionar fruta fresca. O limão mantém a solução ligeiramente ácida e produz como limonada um flavour especial. As frutas frescas diferentes produzirão Kefir de água, que retém o flavour daquela fruta, sem necessidade de qualquer outro açúcar.

Que tal o Kefir feito com suco de uva ou outro suco de fruta ?
As frutas que podem ser usadas:
Você pode usar qualquer suco de fruta que é ácida em natureza, por exemplo, uva, cítrica, abacaxi, kiwi, mamão, e quaisquer tipos de melão etc. Com Grãos de Kefir d ‘aqua geralmente pode se misturar tanto suco com a água tão desejada. Note que quanto mais suco de uma fruta doce se adicionou mais alto será o teor de álcool no final da fermentação.

Existem algumas precauções fazendo Kefir de Água ?
Sim existem duas coisas que deve estar ciente:
1. O Kefir d ‘acqua é um aperitivo efervescente. Se você preparar em um jarro fechado hermeticamente, formará o CO2 e fará muita pressão no recipiente. É importante usar uma vasilha forte suficiente para resistir a pressão no jarro pelo gás acumulado. O ideal é deixar seu jarro metade cheio com os ingredientes de Kefir e de preferência a tampa sem fechar totalmente.
2. O Kefir d ‘acqua é um aperitivo alcoólico aprazível – pode conter entre 0.5 a 3 % álcool por volume [dependendo da quantia de açúcar e o tempo de fermentação]. Então não poderia ser aconselhável para dar a crianças pequenas, ou animais, e deverão ser cuidadosos quando já se têm um tratamento de remédios de tarja preto.

Como se faz Kefir Leban (Queijo fresco cremoso de Kefir )? Queijo de Kefir ?
Depois que o Kefir de Leite está pronto, coloque em um coador de papel ou de pano e deixe escorrer o Kefiraride por algumas horas. Quanto mais tempo ficar assim, menos cremoso o Keijo ( opss ) Queijo de Kefir ficará. Isso poderá ser feito dentro ou fora da Geladeira, eu faço dentro. Prefiro também usar o coador de pano quando o consumo for pouco e deixar o Queijo dentro desse pano úmido e de maneira que o queijo fique embrulhado, pois assim o teremos suave no paladar e com menos cheiro.

Eu posso usar o Kefiraride que separou para fazer o queijo de Kefir ?
Com certeza esse é um produto maravilhoso, não só para nós Humanos, mas para plantas e animais.

Kefir de Água com Leite de Coco, Soja, Noz, Suco de Uva ?
Kefir de Água com Suco de Frutas, Açucar Mascavo ?
Kefir de Água com Rapadura, Caldo de Cana, Frutas Secas ?
Grãos Kefir também podem ser usados para fermentar outras substâncias nutrientes, por exemplo, Leite de Soja, Leite de Noz, Leite de Coco natural, etc. Criando assim outros novos Alimentos saudáveis e interessantes. Também há uma variedade bem conhecida de uma bebida de Kefir conhecida como “Kefir d’Acqua” ou Kefir de Água . Isto é principalmente feito de água, suco de fruta ou açúcar de cana (Mascavo, Rapadura ou Caldo de Cana ) e frutas secas.

Eu também achei outros adoçantes alternativos inclusive Malte, Mel e frutose etc. poderia ser usado em vez de açúcar Mascavo. “Kefir de Água” usa os mesmos Grãos de Kefir que faziam Kefir Tradicional ( Leite ), mas depois de algum tempo nesse novo meio, se adaptou a fazer ” Kefir Água”. Isto parece causar confusão entre algumas pessoas, em crer “Kefir de Água” é feito usando um organismo diferente. Isto podia ser, porque depois de certo tempo Fazendo Kefir Água, os grãos são manchados com pigmentos do suco da fruta e outros componentes envolvendo os Grãos de Kefir de Água .

Os Grãos de Kefir de Água” também podem ficar opacos, o qual eu acredito devido à falta de componentes do leite no Kefir de leite. Também, a ação de suco de limão que se usa tradicionalmente faz esta bebida pode ter um efeito nesta “textura” opaca destes Grãos de Kefir. Isto dá aos grãos uma aparência diferente que parece ser a causa principal desta confusão.

Algumas pessoas observaram que quando Grãos de Kefir tinham adaptado fazendo “Kefir de Água” por um tempo maior, eles não podiam reverter para fermentar leite e fazer novamente um Kefir satisfatório. Em minha própria pesquisa, achei que depois de vários meses com renovação diária de ” leite fresco cru “, os grãos reverteram fazendo um satisfatório tradicional ” Kefir de Leite ” mais uma vez. Embora possa ocupar meses mais adiante para o caráter opaco ou tingido “. Os originais grãos opacos da Kefir de Água não reverteram atrás à textura anterior, mas os Novos Grãos que cresceram daquele ponto, cresceram para se assemelhar aos grãos originais baseados em leite”.

A Microflora e o Ciclo de Crescimento dos Grãos de Kefir
(A) Transmissão e (B) Microscópio de Escaneamento Eletrônico de Grãos de Kefir que mostram microflora misturada de levedura e bactérias e a matriz insolúvel em água. Food Technology and Nutrition” under “Kefir” page 1807
Grãos de Kefir são um fascinante organismo “Cultura Mãe”. Os grãos ou a matriz é formado devido ao esforço de um relacionamento simbiótico entre sua complexa microflora, formando uma bainha plana, irregular composta de proteínas, polissacarídeos e lipídeos. Estas bainhas formam múltiplos lóbulos irregulares,“Que eu chamo Grãos Bebê”.

Estes têm uma natural tendência para uma forma lobular da biomassa auto-incluído, com uma assinatura de crescimento sem igual para cada grão de bebê. Cada uma destes lóbulos é unida em uma comum meia secção, radiando exteriormente de um grão de mãe. Em aparência, o padrão de crescimento dos Grãos de Kefir compartilha semelhanças com a estrutura do cérebro humano, pâncreas, e outros órgãos internos. A superfície de cada grão varia de áreas muito lisas, para regiões mais ásperas com áreas de irregularidade diversa.

Alguns grãos têm áreas maiores de suavidade, enquanto outros podem ter umas superfícies muitas irregulares ou ambas as texturas. Alguns Grãos podem propagar como uma bainha plana irregular. Depois de algum tempo esse tipo pode reverter e se transformam em Grãos incluídos.
Foi achado que as áreas de irregularidade vasta ou aspereza, contém atividade de levedura mais alta, enquanto as áreas mais lisas são principalmente onde as bactérias se apóiam.
Levedura parece formar micro colônias, com grandes protrusões em cima da superfície. Estreptococos parecem entrelaçar com outras bactérias sem formar colônias.

Estrutura interna dos grãos mostra uma predominância de Lactobacilos com algumas celas de levedura. Estas celas não são ligadas uma a outra, mas encapsuladas dentro de um polissacarídeo mucoso. Bactérias em forma de pequenas barras longas amoldadas e levedura, formam colônias separadas ambos no lado de fora e dentro dos grãos. Interiormente, filamentos de células encapsuladas, estendem radialmente, de uma população de bactérias barras longas. Um organismo em particular, Lb. Kefiranofaciens é aceito como o que é responsável para a formação do polissacarídeo solúvel Kefiran, enquanto Lb. acidophilus parece responsável pela formação do polissacarídeo capsular que confere propriedades elásticas nos grãos. Outra pesquisa sugere que as bactérias encapsuladas possam ser responsáveis para a propagação de Grãos de Kefir (?).

Grãos de Kefir foram descritos por tecnólogos dos laticínios russos como um “iniciador” natural. Dependendo da fonte de Grãos de Kefir, a composição microbiana pode certamente variar. ” Estes pequenos sujeitos têm uma mente própria deles, o qual nós queremos, mas não podemos controlar tipo de atitude efetivamente “.
Uma vasta quantidade de espécies de micróbios diferentes foi isolada de Grãos de Kefir, inclusive, Lactobacilli, Streptococci, Lactococci, Acetobacter e Leveduras. Esta parte uma relação simbiótica, que em resumo significa, isto “eles não podem viver um sem ao outro” (u 4 eu & eu 4 u… a equilíbrio). Bacteriocin pode também estar especialmente presente se a tensão correta de Lb. acidophilus está presente nos grãos.

Kefir Similar – Culturas de Iniciar – Starter Cultures
Por muitas razões, o desenvolvimento e uso de “Starter Cultures” comercialmente “cultivada” para produzir o que eu se chama um Pseudo-Kefir, é um produto de escala comercial já existente. Eu sinto que este tipo de Kefir, não deveria ser classificado como sendo Real Kefir, especialmente se os Grãos de Kefir tradicionais não forem usados no processo atual. Sem o uso de Grãos de Kefir, mas comercialmente preparadas “culturas de iniciador”, muitas das propriedades naturais que só os Grãos de Kefir podem produzir, podem não ser achado no produto comercial acabado. Por exemplo, o polissacarídeo Kefiran solúvel em água que provou reduzir o tamanho de tumores em ratos e possível agente protetor que parece manter certos micro-organismos patogênicos e ervas daninhas debaixo de controle. Recentemente foi revelado propriedades antiinflamatórias dos Grãos de Kefir.

Kefir ser ou não ser contaminado não é a pergunta!
Embora até esta data, eu não encontrei qualquer relatório de algum caso onde consumindo em casa o Real Kefir trouxe algum problema de saúde, pelo contrário, só trouxe benefícios. Há preocupação entre tecnólogos, sobre certos tipos de micróbios isolados de certos grupos de Grãos de Kefir, Embora, não há nenhuma evidência de qualquer problema causado devido ao consumo de Kefir feito com estes grãos específicos. Isto parece ser por causa de certas restrições de administradores do “Foods And Drug” ou outros Conselhos administrativos semelhantes etc. Entretanto, há países, inclusive Rússia onde Kefir tradicional que usa Grãos de Kefir é feito em uma escala comercial, e ainda é produzido hoje.

Possivelmente, devido a falta de conhecimento específico por microbiologistas modernos sobre Grãos de Kefir, o resultado é que certos grãos são classificados como sendo contaminados”. Esta contaminação ” assim chamada ” poderia ser de fato favorável como um ” agente ” protetor para o consumidor. Em documentos antigos, procedimentos são explicados que incluem caminhos para minimizar e controlar problemas possíveis, isso pode surgir durante o Kefir produzido em fábricas usando grãos. Por exemplo era notado que coliforme diminuíram quando o pH do Kefir caiu (mais ácido).

Em indústrias de laticínios, são feitas contagens de coliformes como medidas para determinar possível contaminação, principalmente a fecal ou manipulação imprópria, tanto no processamento como no armazenamento do leite e do equipamento etc. Estes micróbios também são parte de uma microflora intestinal saudável e incluem outros organismos, semelhante à Cândida Albicans, mas como os números de C. albicans em um humano saudável, coliformes parecem ser mantidos em cheque quando em de Grãos de Kefir. Estes micróbios específicos são, e sempre serão, partes de nosso ambiente, externamente e interiormente. O segredo para manter um equilíbrio saudável com estes micróbios em cheque ou em controle por nosso próprio sistema auto-imune ou outros sistemas, incluindo outros micróbios endossados com certas propriedades protetoras. Quando consumindo Kefir tradicional, estas certas propriedades protetoras poderiam ser propagadas então no intestino, se tornar parte de ou poderiam ser aumentadas da microflora presente, em troca, ajudando manter um equilíbrio saudável naquele biosistema.

Por causa da diversidade de tipos e espécie de micróbios em Grãos de Kefir também dois grupos não conterão a mesma flora exata.
De fato o mesmo grupo de grãos diferirá durante mudanças sazonais. Isto pode ser uma “adaptação localizada” trazendo com ele uma “proteção localizada” para o consumidor, compartilhando aquele ambiente específico com os grãos.
Uma prova mais definitivamente precisa ser levada a cabo para tentar entender isto a um nível científico.
Mas minha intuição e lógica me falam que eu posso estar bem em um caminho correto de pensamento.

Afinal de contas, caucasianos que consumiram quantias grandes de Kefir são renomados em sua longevidade e tem constituições saudáveis.
Estas pessoas são classificadas freqüentemente como sendo centenárias, naquele lugar são muitos e vivem mais de 100 anos e jovens.

Composição do Kefir:
O grão de Kefir é um agrupamento gelatinoso polissacarídeo que tem vários microorganismos em simbiose, e sua complexidade ainda não foi completamente decifrada pela ciência.
Lista dos Nomes de Bactérias de acordo com a Nomenclatura – Gênero Lactobacillus – Todos estão presentes no Kefir de Leite.
LACTOBACILOS
Lb. acidophilus
Lb. brevis
Lb. casei
Lb. casei subsp. rhamnosus
Lb. casei subsp. pseudoplantarum
Lb. paracasei subsp. paracasei
Lb. cellobiosus
Lb. delbrueckii subsp. bulgaricus
Lb. delbrueckii subsp. lactis
Lb. fructivorans
Lb. helveticus subsp. lactis
Lb. hilgardii
Lb. kefiri
Lb. kefiranofaciens
Lb. kefirgranum sp. nov*
Lb. parakefir sp. nov*
Lb. lactis
Lb. plantarum STREPTOCOCOS/LACTOCOCOS
Lactococci lactis subsp. lactis
Lc. lactis var. diacetylactis
Lc. lactis subsp. cremoris
Streptococci salivarius subsp. thermophilus
Strep. lactis
Enterococcus durans
Leuconostoc cremoris
Leuc. mesenteroides LEVEDURAS
Candida kefir
C. pseudotropicalis
C. rancens
C. tenuis
Kluyveromyces lactis
Kluyveromyces marxianus var. marxianus
K. bulgaricus
K. fragilis / marxianus
Saccharomyces subsp. Torulopsis holmii
Saccharomyces lactis
Sacc. carlsbergensis
Sacc. unisporus
Debaryomyces hansenii**
Zygosaccharomyces rouxii** ACETOBACTÉRIAS
Acetobacter aceti
A. rasens
Referências:
Encyclopaedia of Food Science, Food Technology and Nutrition [1993] [pp. 1804-1808] Edited by R. Macrae, R.K. Robinson, M.J. Sadler
* International Journal of Systematic Bacteriology 44 (3) 435-439 [1994]
** T. Loretana, J.F Mosterta and B.C. Viljoen [2003] Microbial flora associated with South African household kefir. S. Afr. J. Sci. Vol. 99 No. ½
* Two new species recently discovered. International Journal of Systematic Bacteriology 44 (3) 435-439 (1994) [21 ref. En]

Basicamente o Kefir contém:
8 leveduras, 2 bactérias acéticas, cerca de 16 lactobacilos, cerca de 9 streptococci/lactococci, ácido fólico, ácido pantatênico, biotina(vitamina B), cálcio, carboidratos, fósforo, gordura, lactase, magnésio, niacina (vitamina B3), potássio, proteínas, piridoxina (vitamina B6), triptofano, vários outros aminoácidos benéficos, vitamina B12, vitamina K.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post56

O Kefir de água pode ser cultivado no suco?

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 17, 2016 12:45:03

Siim :) Com os mesmos grãos do kéfir de água podemos preparar uma bebida com sucos cítricos.
É possível utilizar diversos sucos ácidos naturais ou orgânicos. Por exemplo: você pode deixá-los no suco de laranja, maracujá, kiwi, abacaxi, uva, água de coco. Para fazer "Kefir de uva" se usa suco de uva integral (sem conservantes) e os grãos de Kefir. 2 colheres de sopa de grãos para 200 ml de suco. Não será necessário a adição do açúcar. Mantenha por 24 hrs em fermentação.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post55

Os probióticos ajudam a combater problemas circulatórios.

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 16, 2016 12:37:57


O Kefir estimula a circulação, favorecendo o bom funcionamento do coração, regulando a pressão arterial e ajudando no combate ao colesterol ruim.
Os probióticos — micro-organismos vivos que auxiliam no funcionamento da flora intestinal —também contribuem para o bom funcionamento do coração. É o que mostra um estudo feito por cientistas da Austrália. Eles analisaram a pressão arterial de pessoas que consumiram suplemento com essas bactérias benéficas e constataram uma melhora na pressão sanguínea delas, principalmente nas hipertensas. Segundo o grupo, os probióticos agem no controle do colesterol e do açúcar no organismo e, dessa forma, auxiliam também a regularização do fluxo sanguíneo.Nove estudos científicos serviram de objeto de análise. Neles, foram observados o quanto a ingestão de probióticos auxiliou a estabilizar a pressão arterial de adultos que os ingeriam regularmente. “A pequena coleção de trabalhos que analisamos sugere que o consumo regular desses micro-organismos pode ser parte de um estilo de vida saudável e também ajudar a reduzir a pressão arterial elevada, bem como manter saudáveis os níveis de pressão sanguínea. Essa influência benéfica sobre a pressão arterial é consequência de outros efeitos sobre a saúde humana, incluindo a melhoria do colesterol total e a redução da glicose no sangue. “Os probióticos ajudam a regular o sistema hormonal, que, por sua vez, regula a pressão sanguínea”

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post54

Como os probióticos ajudam a perder peso?

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 15, 2016 09:50:02


São muitos os benefícios dos probióticos para o organismo, mas sem dúvida, do que mais se fala é seu poder emagrecedor. Como os probióticos ajudam a perder peso?

Graças à função de regenerar a flora bacteriana, permitem melhorar a prisão de ventre e a digestão, permitindo metabolizar da melhor forma as gorduras e eliminar toxinas.
Os probióticos tem um alto conteúdo em proteínas, o que ajuda a acelerar o metabolismo, regular os níveis de colesterol elevados no sangue, o que pode beneficiar aquelas pessoas com síndrome metabólica.
Contribuem com uma grande quantidade de líquidos no organismo, ajudando a depurá-lo de gorduras e toxinas.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post53

Como limpar o intestino com Kefir

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 13, 2016 20:50:11

Por acumular todo o “lixo” que muitas vezes consumimos e não ter sua evacuação feita da maneira correta (seja porque você não vai muito ao banheiro ou porque prende), os intestinos são muitas vezes sobrecarregados pelos restos “sobreviventes” e assim, começam a infectar a microflora intestinal e desregular essa colônia de bactérias benéficas ao nosso sistema digestivo. O que fazer nesse caso? Voltar aos posts anteriores, mas também entender um pouco mais sobre o poder dos probióticos para os intestinos e para essa microbiota, que pode voltar ao normal e assim, ajudar no processo de regulamento que, consequentemente, melhora até o nosso trânsito intestinal!

Para entender melhor, temos que pensar que trato gastrointestinal é estéril quando nascemos, mas rapidamente desenvolve uma microflora intestinal que pode variar de acordo com o tipo de parto, a alimentação da criança, o uso de antibióticos, a dieta e a idade. Cada sistema, órgão e célula humana do corpo utiliza combustível para funcionar e libera resíduos que são subprodutos do metabolismo deste combustível, sendo que a maior parte deles é depositada nos intestinos, principalmente no cólon, o canal crucial de eliminação do organismo. Porém, não são apenas estes subprodutos do metabolismo que são eliminados através do tubo digestivo, mas também o grosso de todo o tipo de toxidade com a qual o organismo entra em contato. Ou seja, se esse “lixo” não é eliminado de forma integral e regular através das fezes, ele automaticamente acaba sendo reabsorvido pela circulação sanguínea, poluindo e intoxicando ciclicamente todo o sistema. Se há uma deficiência na incapacidade de eliminação dos resíduos por parte dos intestinos, isso pode gerar intoxicação crônica, sendo esta uma das origens de doenças fisiológicas.Se a função primária do intestino é absorver água e nutrientes, o papel específico da microflora cólica residente na digestão é fermentar as substâncias ingeridas na dieta que não são digeridas no intestino delgado. A fermentação ocorrida a partir disso produz ácido láctico e ácidos gordos de cadeia curta, que proporcionam energia às células do revestimento da parede do cólon, para melhorar a absorção de minerais e influenciar beneficamente o metabolismo dos lipídios e da glucose, no fígado. Deste modo, fica claro que a microflora intestinal é essencial para que o mecanismo de proteção trabalhe em condições ótimas: sabendo que os prebióticos e probióticos trabalham para aumentar o número de bactérias benéficas ao nosso organismo, é de vital importância que mantenhamos os níveis desses nutrientes altos em nosso corpo. O não equilíbrio bacteriano pode acarretar em uma série de distúrbios, como a síndrome do intestino irritável, inflamação intestinal, câncer no cólon, gastroenterite e disbiose.

Os laticínios como leites fermentados e iogurtes são as principais fontes de probióticos, e por serem derivados e o próprio leite, explico que nesse caso, quando o fermentamos, o Ph do leite se modifica e as bactérias probióticas conseguem digerir parcialmente as enzimas da lactose, o que é um pouco menos maléfico para o nosso sistema, já que estamos tratando de leite. Esses probióticos que estão nos já tão conhecidos leites fermentados com “lactobacillus vivos”, ajudam muito na digestão, mas é necessário ler a bula desses produtos para se certificar sobre a presença dos probióticos! A dose “ideal” das bactérias adequadas para aumentar a quantidade de bactérias benéficas para o organismo é inatingível por meio desses produtos, e por isso mesmo o consumo de probióticos deve ser feito diariamente. Os leites fermentados fontes de probióticos podem ser ingeridos diariamente, mas aconselho vocês a escolherem outras fontes de probióticos, uma vez que sabemos todos os malefícios do leite (mesmo que o fermentado reduza um pouco), então procurem se aliar ao Kefir, que também é um probiótico produzido através da fermentação do leite e possui bactérias que os iogurtes não contém, como o Lactobacillus caucasus, leuconostoc e espécies de acetobacter e streptococcus, além de algumas leveduras benéficas que dominam, controlar e eliminam as leveduras prejudiciais presentes no organismo. Os benefícios do Kefir (que pode ser feito a partir de qualquer tipo de leite) são inúmeros: ele incrementa o valor biológico das proteínas do leite, uma vez que as suas próprias são parcialmente digeridas, e assim, mais facilmente utilizadas pelo organismo. O kefir contém também leveduras benéficas como as Saccharomyces kefir e Torula kefir, que dominam, controlam e eliminam as leveduras patogénicas (prejudiciais) presentes no organismo. Ele pode ser feito a partir de qualquer tipo de leite (vaca, cabra ou ovelha, soja, coco ou arroz). Tem aparência de uma massa branca e gelatinosa, composta por proteínas, Lípidos e mucopolissacarídeo solúvel (kefiran). O triptofano, um dos aminoácidos essenciais e muito presente no Kefir, atua beneficamente no sistema nervoso. Além disso, ele é capaz de sintetizar o ácido láctico, que diminui a intolerância a lactose e favorece a digestão do leite, mesmo para pessoas que sejam sensíveis a ele. O kefir também sintetiza vitaminas do complexo B, ativa o sistema imunológico, equilibra a flora intestinal e a regula, além de ter um efeito de “limpeza” no corpo todo, diminuir o risco de contrair câncer (principalmente o de cólon) e reduzir o LDL (colesterol ruim).

Fonte: http://drbarakat.com.br/



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post52

Kefir preparado em água de coco

ProbióticosPosted by Kefir BR Jun 13, 2016 11:06:36


O kefir de água de coco é basicamente água de coco fermentada pelo kefir (Kefir de água). É uma bebida probiótica rica em vitaminas, minerais e eletrólitos. O conteúdo vitamínico e mineral da água de coco inclui beta-caroteno, riboflavina, tiamina, niacina, ácido pantotênico, folatos e vitaminas A, B6, C, E e K. O kefir de água de coco é uma bebida benéfica devido a seu potente efeito sobre o sistema digestivo, sendo mais eficiente do que qualquer outro alimento probiótico derivado do leite tal como o iogurte. O Kefir se alimentará da glicose e frutose e não será necessário a adição do açúcar para a fermentação.

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post51

Kefir o alimento probiótico que veio para deixar você saudável.

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 12, 2016 11:37:26



Afinal, o que é Kefir, você já ouviu falar? Ele é um alimento probiótico feito a partir da fermentação do leite e o seu sabor é muito parecido com o do iogurte natural. Entretanto, ele é mais azedo e mais líquido do que cremoso. Isso sem falar que ele é um ótimo antioxidante que ajuda a prevenir o envelhecimento precoce. Os seus benefícios não param por aí, ele também serve para diminuir os níveis de colesterol, problemas renais, circulatórios e até mesmo ajuda na ansiedade e depressão. A bebida é tão versátil que pode ser usada para vitaminas, misturar com a sua fruta favorita ou cerais, sem falar que você pode fazer shakes e usar em outras receitas. O indicado é consumir pelo menos 1 copo de 200 ml por dia, sendo que a vantagem é que até os intolerantes à lactose podem consumir a bebida, pois as bactérias e leveduras do kefir produzem lactase, enzima que consome a maior parte da lactose presente no leite. Como preparar o Kefir Para preparar o kefir, que são grãos com mines colônias de bactérias, basta mergulhá-los em um recipiente com leite e deixar fermentar por 24h em um local com pouca luz e em temperatura ambiente. Após ter fermentado retire os grãos de kefir do leite usando um recipiente plástico, já que instrumentos metálicos podem reagir com o ácido da fermentação e estragar a bebida. Agora que você já está bastante informado sobre o kefir que tal saber os seus benefícios? Confira os benefícios de consumir kefir:

Aumenta a imunidade em grande escala e ainda atua como elemento desintoxicador por conta da vitamina K.

Intolerantes à lactose podem consumir (com moderação), pois as bactérias e leveduras do kefir produzem lactose, que consome a maior parte da lactose do leite.

Tem ação emagrecedora graças as bactérias L. Plantarum, L. Rhamnosus e L. Gasseri.

É rico em proteínas, que favorecem a aceleração do metabolismo rhamnosus e L. Gasseri

Alimenta e tem baixo teor calórico. Em 100 gramas de grãos teremos 37 calorias.

Ameniza problemas articulares por ser rico em cálcio.

Diminui o LDL, colesterol “ruim”, por conta da niacina (vitamina B3).

Evita hipertensão arterial, ataques cardíacos ou derrames, por ser rico em vitamina B12.

Melhora os cabelos, pele e unhas, por causa da biotina (Vitamina B).

Problemas renais são evitados com ajuda das proteínas.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post50

Probióticos Salvadores da pele

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 12, 2016 11:07:37




Como um antioxidante natural ajuda significativamente na elaboração de colágeno, o que promove a elasticidade da pele e melhora a sua aparência...

Combate também outros sinais de envelhecimento, ajudando as células a se reparar e proteger.

Possui propriedades que combatem problemas fúngicos, como candidíase ou herpes.

Também é um bom antisséptico, pois colabora na cicatrização de feridas ou abrasões.

Previne a acne e se nós já temos, ajuda no controle e paralisação deste transtorno.

Nutre os cabelos, dando vitalidade e luz. Com sua função desintoxicante notaremos o nosso corpo cheio de vitalidade, algo que se refletirá em nossa pele.

Essas bactérias do bem, quando entram em ação, regulam o intestino e ajudam o organismo a eliminar corretamente as toxinas que poderiam afetar o aspecto e a aparência saudável da pele! Os probióticos em geral trazem benefícios para nossa pele.

Mais hoje iremos citar os benefícios específicos que o probiótico Kombuchá trás à saúde da pele. O Kombuchá melhora sua elasticidade da pele, tom e cor. Ele age como um hidratante.

As pessoas relatam uma redução de rugas, cicatrizes, sardas, manchas marrons e erupções cutâneas. Ela tem sido usada para tratar a psoríase, eczema, acne, úlceras tropicais, erupções, furúnculos, verrugas, e muitas infecções fúngicas como pé de atleta (usando cultura creme sobre a pele, ou beber o chá).



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post49

O Kefir apresenta propriedades antivirais, antifúngicas e antibióticas estimulando o sistema imunológico

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 10, 2016 12:02:10


Os probióticos consistem em um conjunto de microorganismos vivos, lactobacilos e leveduras que formam uma cadeia útil entre si e as células do organismo humano. É um complemento e enriquecedor alimentar probiótico, com valores e empregos terapêuticos de enorme utilidade. Protegem o organismo contra todos os tipos de infecções, pois são antibióticos naturais.

O Kefir tem a habilidade de aumentar o número de células exterminadoras naturais, conhecidas como (NK - Natural Killers), que são células que combatem o câncer.

Como já sabemos, o Kefir é um alimento probiótico, com propriedades de fortalecer e restaurar a microbiota intestinal. É uma cultura de microrganismos simbióticos, conhecidas como bactérias benéficas. O Kefir também é rico em vitaminas B6, B12 e K, biotina, cálcio, ácido fólico, potássio e magnésio. É uma excelente fonte de biotina, a vitamina B que ajuda a assimilação do corpo de outras vitaminas B, tais como o ácido fólico, ácido pantoténico, e B12. Os inúmeros benefícios da manutenção adequada ingestão de vitamina B gama de regulação dos rins, fígado e sistema nervoso para ajuda a aliviar problemas de pele, aumenta a energia e promove a longevidade.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post48

Probióticos auxiliam no tratamento da Azia e refluxo

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 09, 2016 14:03:50

O uso de probióticos pode auxiliar no tratamento de gastrite, azia e refluxo. Procure suplementar sua dieta com um probiótico de alta qualidade ou incluir alimentos fermentados. Experimente consumir alimentos tais como o kefir (leite fermentado feito com leite cru), iogurte e natto, além de vegetais fermentados. Isso ajudará a equilibrar a sua flora intestinal, o que pode auxiliar na eliminação do Helicobacter naturalmente. Além disso, associe um suplemento probiótico que possa reforçar mais o reequilíbrio da sua flora intestinal gerando menos inflamação na mucosa gástrica e permitindo uma melhor assimilação nutricional. Convido todos a curtirem a página Tegon Junior Oficial no Facebook e acessar o site www.adeusazia.com.br La vocês encontrarão dicas valiosas para acabar de vez com esses problemas estomacais. Diga adeus à azia, gastrite e ao refluxo de forma 100% natural. :)







  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post47

Como a Bactéria no Seu Intestino Afeta Seu Peso.

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 07, 2016 22:27:39



Novas pesquisas indicam que fatores como bactérias e vírus têm um papel importante em como seu corpo metaboliza e armazena gordura. Vamos analisar aqui por que pode-se pensar erroneamente que kefir engorda, explicando ao mesmo tempo porque ele tem as bactérias certas para a perda de peso. Médicos e pesquisadores estão trabalhando duro para identificar razões biológicas de por que algumas pessoas ganham peso com mais facilidade que outras, mesmo quando comem alimentos similares. A resposta pode estar no seu intestino!

Seu intestino é cheio de bactérias boas (microflora) assim como bactérias ruins e patógenos. Trilhões desses organismos contribuem para o funcionamento correto do seu corpo, te ajudam a metabolizar alimentos e te protegem contra doenças.

No mundo de hoje, as bactérias ruins estão fora de controle. Dieta ruim, estresse, falta de sono, ou mesmo antibióticos e outros medicamentos podem criar um ambiente que encoraja o crescimento de bactérias ruins – te deixando suscetível a doenças, ganho de peso e obesidade. O corpo humano possui mais bactérias no intestino grosso do que células no corpo, possuímos 10.000.000.000.000 (dez trilhões) de células no corpo, e possuímos 100.000.000.000.000 (cem trilhões) de bactérias no intestino, são 10 vezes mais bactérias no intestino grosso do que células no corpo, em se falando de números, nós somos apenas 10% humanos, as bactérias são muito menores que as células e por isso podemos ter muito mais bactérias. E são estas bactérias que constituem a nossa microbiota intestinal, essa microbiota intestinal é constituída de bactérias benéficas e bactérias patogênicas.

Destas cem trilhões de bactérias nos temos as bactérias Dominantes, as bactérias Subdominantes e as Bactérias Residuais, que são as bactérias prejudiciais. Vejamos abaixo como estão divididas:

Bactérias Dominantes: Bifidobacterium, Bacteroides, Eubacterium, Fusobacterium, Peptostreptococcus.

Bactérias Subdominantes: Lactobacillus Escherichia Coli e Lactobacillus Enterococcus

Bactérias Residuais: Clostridium, Pseudomonas, Klebsiella, Veillonella, Enterobacter, Firmicutes.

Composição probiótica e a obesidade

Uma curiosidade sobre os Firmicutes, que são as bactérias residuais. O aumento de mais de 50% do número de firmicutis, acompanhado de diminuição de mais de 50% do número de mais bacteroidetes, maior será a propensão a obesidade. Ou seja, se um indivíduo, mesmo ele não sendo obeso, se houver o aumento do número de firmicutis, ele ficará obeso, mesmo esse indivíduo tendo uma dieta equilibrada. Pra se ver a tamanha importância da microbiota intestinal. Agora, ao associarmos isso com os maus hábitos alimentares, é fácil perceber o porquê do número de pessoas obesas estarem aumentando a cada dia. Existem pessoas que são obesas porquê tem firmicutis demais no intestino, não se consegue tratar a obesidade enquanto não tratar dos firmicutis, as firmicutis interferem drasticamente na obesidade.

Quando a quantidade de bactérias patogênicas são maiores que a quantidade bactérias benéficas, temos o que chamamos de DISBIOSE. então necessitamos possuir mais bactérias benéficas do que patogénicas, e isso não ocorre na grande maioria dos casos devido a maus hábitos alimentares como por exemplo consumo de alimentos acidificantes. Um estudo recente mostrou que pessoas de peso normal têm mais bactérias Bacteroidetes no estômago e intestinos, enquanto pessoas obesas têm mais bactérias firmicutes. Os pesquisadores não sabem se as bactérias Firmicutes causam obesidade ou se a obesidade faz com que as Firmicutes cresçam, mas as implicações são grandes: mude a bactéria no seu intestino, mude seu corpo!

Os mesmos pesquisadores descobriram que o corpo de cada pessoa extrai quantidades diferentes de calorias dos mesmos alimentos, dependendo da combinação da sua microflora intestinal.

Por exemplo, você e seu amigo podem comer o mesmo jantar, mas dependendo da sua flora intestinal, você pode extrair mais calorias da mesma refeição. Por esta razão é necessário fazer uso de probiótico, pois estes restabelecem a saúde e integridade do intestino, da nossa microbiota intestinal, a medicina chinesa já dizia: “a saúde e a doença começa e termina no intestino”. O Kefir é um alimento probiótico, com propriedades de fortalecer e restaurar a microbiota intestinal. É uma cultura de microrganismos simbióticos, conhecidas como bactérias benéficas. São constituídos de bactérias não patogênicas, leveduras, sais minerais como o cálcio, o ferro e também possuem vitaminas do complexo B. O Kefir traz inúmeros benefícios para a saúde de quem faz uso deste, além de ser uma bebida refrescante e muito nutritiva, e, portanto, muito saudável.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post46

Benefícios dos probióticos!

BeneficiosPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:46:54

Apesar de algumas bactérias poderem ser prejudiciais ou mesmo mortais, não poderíamos viver sem as boas bactérias que fazem seu caminho através de nossos corpos. Esses caronas, conhecidas como probióticos, são as bactérias benéficas encontradas em alimentos fermentados, como iogurte e chucrute. Mais conhecidos por promoverem a boa digestão, os probióticos estão provando benéficos para a nossa saúde em muitas maneiras. Da redução dos sintomas relacionados à alergia à diminuição dos precursores de doenças cerebrais, novas pesquisas mostram que os probióticos podem ajudar muito mais do que apenas a saúde intestinal.

Probióticos: Benefícios

Das muitas bactérias probióticas, aquelas que mostram ser mais promissoras incluem Lactobacillus acidophilus, como, brevis, casei, plantarum, reuteri e rhamnosus, junto com bifidobactérias lactis e bifiform. Esses nomes podem soar como uma língua estrangeira, mas a maioria pode ser encontrada facilmente em alimentos fermentados e suplementos probióticos.

Vamos aos benefícios dos alimentos probióticos em detalhes agora.

Probióticos e perda de peso

Muitos probióticos podem ser benéficos para os esforços de perda de peso, mas os Lactobacillus são particularmente valiosos. Eles estabilizam os níveis de açúcar no sangue, o que pode resultar na redução de ânsias e menos hormônios de armazenamento de gordura. Probióticos ainda mostram a promessa na prevenção e no tratamento da obesidade e distúrbios metabólicos.

Probióticos tratam infecções

Os probióticos podem ser utilizados para prevenir ou tratar infecções do trato respiratório superior e do ouvido. Pesquisas descobriram que os probióticos competem com os micróbios causadores de doenças nocivas por nutrientes, espaço e até mesmo apego aos seus hospedeiros humanos. Como resultado, os probióticos podem crescer às custas dos micróbios infecciosos.


Probióticos para úlceras e gastrites

A bactéria Helicobacter pylori tem sido associada com úlceras e gastrite, que é uma inflamação, irritação ou a erosão da mucosa do estômago. Foi descoberto que que a adição do probiótico bifiform melhorou a eficácia de uma terapia padrão e é, portanto, um tratamento promissor para estas doenças. Os probióticos também demonstraram ação antibacteriana e maior própria resposta imune do corpo contra o H. pylori.

Probióticos para sintomas da depressão

Estudos recentes têm mostrado uma associação freqüente entre depressão e inflamação gastrointestinal (e outras doenças relacionadas com a inflamação). Estudos têm mostrado que o tratamento da inflamação gastrointestinal com probióticos, juntamente com as vitaminas B e D e ômega-3 pode ajudar a reduzir os sintomas depressivos.

Probióticos para energia e o metabolismo de açúcar

Novas pesquisas descobriram que os probióticos podem ajudar a melhorar o equilíbrio energético do corpo e, ao mesmo tempo, melhorar a sua capacidade de usar a glicose (açúcar) para a energia. Como o uso de glicose para a energia é prejudicado em pacientes com diabetes, esta pesquisa mostra que probióticos podem ter a promessa de ser um possível tratamento para a doença.

Probióticos reduzem a sinusite e congestão nasal associada a alergias

O probiótico L. casei pode exercer um efeito anti-alérgico, atrasando o início dos sintomas alérgicos. Este efeito promissor pode ser um bom sinal para aqueles que vivem com dores por conta de sinusites constantes ou espirrando com alergia.

Probióticos contra a herpes

O probiótico L. brevis mostra a atividade antiviral significativa contra o vírus herpes simplex tipo 2, doença que atualmente não tem cura.

Probióticos para reduzir a inflamação

O estudo de micróbios do intestino também descobriu que os probióticos podem ajudar a reduzir a inflamação. Como muitas doenças como diabetes, câncer, doenças cardíacas e artrite têm sido associadas a inflamação crônica, os probióticos podem oferecer proteção contra essas doenças graves.

Probióticos contra a doença celíaca

A doença celíaca é uma resposta imune equivocada desencadeada pelo glúten. O probiótico L. casei foi útil em restaurar o equilíbrio micróbio normal e estrutura de revestimento intestinal em camundongos. A pesquisa preliminar pode oferecer esperança para doentes celíacos se os resultados forem semelhantes em seres humanos.

Probióticos para melhorar os sintomas de colite

Colite é a inflamação do intestino grosso. Cientistas indicam que os probióticos juntamente com antibióticos são um tratamento eficaz de diarreia recorrente associada à colite provocada pela infecção da bactéria Clostridium difficile.

Probióticos para articulações

Em um estudo com 30 pessoas que sofrem de artrite reumatoide, os cientistas observaram melhora da função articular naqueles que tomaram L. rhamnosus e L. reuteri em comparação com os que receberam placebos.

Probióticos para melhorar a nutrição do leite materno

Pesquisadores descobriram que as mulheres suplementadas com L. rhamnosus e B. lactis produziram o leite materno de qualidade nutricional maior do que as mulheres do grupo de controle que recebeu um placebo.

Probióticos para doenças neurológicas

Danos por radicais livres tem sido associados a doenças cerebrais e nervosas. L. plantarum foi mostrado a reduzir substâncias químicas ligadas a danos por radicais livres (os mesmos produtos químicos que são elevados em muitos transtornos do cérebro e nervos) em 37 por cento, de acordo com investigadores na Europa.



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post45

VITAMINA DE KEFIR, AVEIA E MEL

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:20:10
Um sabor além do que você poderia esperar desse cereal!

INGREDIENTES:1 xícara de kefir de leite (gelado);
1/2 de xícara de leite (gelado);
3 colheres de sopa de aveia em flocos;
2 colheres de sopa de mel;
1 colher de açúcar mascavo (prove o doce da vitamina);
1 colher de sopa de sementes de chia (ou outra semente ou grão de sua preferência).


MODO DE PREPAROBata todos os ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo. Sirva em seguida.


Sugestão : O mel pode ser trocado por açúcar mascavo. Lembrando que o açúcar mascavo pode alterar a cor da vitamina (escurecer).


UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITALiquidificador

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post44

VITAMINA DE KEFIR E UVA ITÁLIA

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:15:51
INGREDIENTES:1/2 xícara de kefir de leite gelado;
200g de uva Itália;
1/3 de xícara de água gelada;
3 colheres de sopa de mel. (Prove)


MODO DE PREPARO:
  1. Lave bem e retire os cabinhos das uvas.
  2. Bata no liquidificador por 2 minutos as uvas com a água gelada.
  3. Coe o suco com uma peneira e coloque de volta no copo do liquidificador.
  4. Junte o kefir e o mel. Bata até espumar. Se desejar, acescente algumas pedras de gelo.
  5. Sirva em seguida.


Sugestão :
O mel pode ser substituído por açúcar mascavo. Lembrando que o açúcar mascavo pode alterar a cor da vitamina (escurecer).


UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITALiquidificador
Peneira
Xícaras de medida padrão
Colheres de medida padrão

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post43

VITAMINA DE KEFIR E PÊRA

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:13:36
INGREDIENTES:1 pêra red (ou outra) madura;
1/2 colher de sopa de suco de limão;
1/2 xícara de kefir de leite;
1/2 xícara de leite;
3 colheres de sopa de mel.


MODO DE PREPARO:Bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo. Sirva em seguida.


Sugestão : O mel pode ser trocado por açúcar mascavo. Lembrando que o açúcar mascavo pode alterar a cor da vitamina (escurecer).


UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITALiquidificador

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post42

VITAMINA DE KEFIR E PAPAYA

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:11:59
Mamão - Um tesouro ao seu alcance!
INGREDIENTES:130g de mamão papaia (1/2 mamão aproximadamente), sem casca e sem sementes;
1 xícara de kefir de leite (gelado);
1/2 xícara de leite (gelado);
3 colheres de mel.


MODO DE PREPAROBata todos os ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo. Sirva em seguida.


Sugestões: O mel pode ser trocado por açúcar mascavo. Lembrando que o açúcar mascavo pode alterar a cor da vitamina (escurecer).


UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITALiquidificador

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post41

VITAMINA DE KEFIR E GOIABA

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:10:37
Aproveite as frutas da estação para trazer mais sabor a sua vida!

INGREDIENTES:150g de goiaba sem casca;
1 xícara de kefir de leite (gelado);
1/2 xícara de leite (gelado);
3 colheres de sopa de mel.


MODO DE PREPAROBata todos os ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo. Sirva em seguida.

Caso não goste de sentir sementes trituradas na vitamina, bata antes com o leite, coe em peneira fina e só depois adicione os demais ingredientes.
Observação : As sementes e cascas de frutas e legumes possuem fibras e vitaminas que fazem bem à saúde.




Sugestões: O mel pode ser trocado por açúcar mascavo. Lembrando que o açúcar mascavo pode alterar a cor da vitamina (escurecer).

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITALiquidificador

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post40

VITAMINA DE KEFIR COM MORANGOS

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:08:36
INGREDIENTES:100g de morangos sem as folhas e lavados;
1 xícara de kefir de leite (gelado);
1/2 xícara de leite (gelado);
4 colheres de sopa de mel (Prove o doce da vitamina).


MODO DE PREPARO:Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva.

Sugestões:
Ótimo para servir no desjejum, acompanhar pães, tortas, etc.
O morango pode ser substituído por outras frutas da época.
O kefir pode ser substituído por iogurte natural.
O mel pode ser substituído por açúcar mascavo. Lembrando que o açúcar mascavo pode alterar a cor do suco (escurecer).




UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITALiquidificador

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post39

VITAMINA COMPLETA COM KEFIR

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:07:29
Completíssima! Com tudo o que você tem direito e muito mais!

INGREDIENTES:1 xícara de kefir de leite (gelado);
1/2 xícara de leite (gelado);
1/4 de mamão papaia (60g) sem casca e sem sementes;
1 maçã pequena (fuji ou gala) sem sementes;
1 banana nanica ou 2 bananas ourinho;
4 a 5 morangos (40g);
3 colheres de sopa de mel.


MODO DE PREPAROBata todos os ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo. Se desejar, acrescente algumas pedras de gelo.
Sirva em seguida.


Sugestões: O mel pode ser trocado por açúcar mascavo. Lembrando que o açúcar mascavo pode alterar a cor da vitamina (escurecer).
Pode ser utilizado outras frutas a seu gosto. Evite o abacaxi, pois este amarga em pouco tempo.


UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITALiquidificador

  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post38

SORVETE PROBIÓTICO DE MARACUJÁ COM CREAMCHEESE DE KEFIR

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:05:00

Maracujá: Uma das frutas mais apreciadas que há! Gostosa, bonita e cheirosa, além de muito versátil! Uma prova disso é este sorvete delicioso e refrescante! Não deixe o verão passar em branco, aproveite!

INGREDIENTES:

1 xícara de polpa de maracujá;

150 gramas de creamcheese de kefir puro (sem adição de sal ou outros ingredientes);

1 caixa de leite condensado (395 gramas);

1 caixa de creme de leite (200 gramas);

2 claras (congele as gemas para usar em outra receita);

1/2 xícara de açúcar branco;

1 xícara de água filtrada;

1 colher de sobremesa de emulsificante para sorvete;

1 colher de chá de liga neutra.

Para a cobertura:

1/2 xícara de polpa de maracujá com sementes;

1/2 xícara de açúcar branco;

3/4 de xícara de água.

MODO DE PREPARO DO SORVETE:

Na batedeira, bata as claras em neve e reserve.

No liquidificador, bata rapidamente a polpa do maracujá com a água.

Coe o suco com um pano ou uma peneira fina.

Numa panela, coloque o suco de maracujá com o açúcar para ferver. Deixe ferver até virar uma calda média (nem muito grossa e nem muito fina). Mexa de vez em quando para não queimar.

Despeje a calda de maracujá ainda fervente nas claras em neve. Isso evita o risco de contaminação por salmonela, bactéria que pode estar presente nos ovos. A salmonela é eliminada com temperaturas superiores a 65ºC.

Volte a bater na batedeira até misturar bem.

Adicione o creme de leite, o leite condensado e a liga neutra. Bata até formar um creme liso. Importante: Caso a mistura ainda esteja morna, aguarde alguns minutos para que ela esfrie por completo. A mistura tem que estar fria para que os probióticos do Kefir não morram durante o preparo do seu sorvete.

Adicione o creamcheese e deixe bater bem em velocidade máxima por 3 minutos aproximadamente.

Leve a vasilha da batedeira ao freezer por 4 a 6 horas ou até as bordas do creme comecem a endurecer (aproximadamente 5 cm da borda).

Retire do freezer, adicione o emulsificante e bata em velocidade máxima até o creme dobrar de volume (aproximadamente 5 minutos).

Retorne a vasilha ao freezer e aguarde novamente de 4 a 6 horas, até que as bordas do creme fiquem firmes (5 cm da borda).

Volte a bater o creme em velocidade máxima até ficar bem aerado.

Coloque o creme num pote para sorvete ou recipiente de plástico.

Cubra toda a superfície com filme plástico. O filme deve ficar encostado no creme para evitar a formação de cristais de gelo.

Tampe o pote e leve ao freezer até firmar por completo. Leva em média 24 horas.

MODO DE PREPARO DA CALDA:

Numa panela, coloque a polpa do maracujá com a água e o açúcar.

Deixe ferver até engrossar, mexendo de vez em quando para que não queime.

Espere a calda esfriar antes de servir.

Dica

Caso prefira uma cobertura sem sementes, é só bater a polpa do maracujá com a água e coar. Leve para ferver com o açúcar, conforme explicado acima.

Pode ser utilizada como cobertura de mousses, flans , bolos e sorvetes. Rende aproximadamente 2 litros de sorvete.

Para preparar um sorvete caseiro de excelente qualidade, macio, saboroso e com textura leve e delicada, sem cristais de gelo, é necessário duas coisas essenciais:

1 - Paciência durante o preparo.

2 - Conhecer um pouco da química do sorvete.

O sorvete é composto basicamente de açúcares, gorduras, líquidos e ar.

O emulsificante serve para unir a gordura aos líquidos, ou seja, homogeneizar estes ingredientes, que normalmente não se misturam (água e óleo). Isso permite a incorporação do ar na massa do sorvete. A falta do emulsificante vai deixar seu sorvete com "água livre", permitindo a formação de cristais de gelo, deixando-o duro e com a textura arenosa. O excesso de emulsificante vai dar mais volume ao sorvete, mas em compensação, torna a textura "fofa" demais, com aparência de espuma.

Bater a massa do sorvete durante o endurecimento é essencial para a incorporação do ar e para quebrar os cristais de gelo que se formarão durante o congelamento do sorvete.

A liga neutra serve para retardar o derretimento do sorvete. A falta dela acelera o derretimento, e o excesso de liga neutra descaracteriza o sorvete, deixando-o com uma textura visguenta, que lembra a de um chiclete. O ideal é sempre manter equilibrado as proporções dos ingredientes, para que assim você possa produzir um sorvete de nível profissional!

Observação

Devido o creamcheese não possuir o soro do Kefir (kefiraride), o sorvete não fica com sabor ácido, fica muito suave e nada enjoativo, como geralmente os sorvetes comerciais são.

Dica

Para um sorvete menos calórico, sirva sem cobertura.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS

Batedeira

Liquidificador

Balança digital de cozinha

Panela

Xícaras de medida padrão

Colheres de medida padrão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post37

SORVETE PROBIÓTICO DE MAMÃO - COM CRAMCHEESE DE KEFIR

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 06, 2016 00:02:36
O melhor das frutas tropicais numa deliciosa receita gelada!

INGREDIENTES:

2 mamões papaias médios bem maduros sem casca e sem sementes (pesados inteiros: 1300g - pesados limpos: 800g aproximadamente);

150 gramas de creamcheese de kefir puro (sem adição de sal ou outros ingredientes);

2 claras em neve (congele as gemas para serem usadas em outra receita);

1/2 xícara de leite integral;

1/2 xícara de açúcar branco;

300 gramas de leite condensado;

1 colher de chá de liga neutra;

1 colher de sobremesa de emulsificante para sorvete.

MODO DE PREPARO:

Bata as claras em neve e reserve.

Limpe os mamões, retirando toda a casca e as sementes.

No liquidificador bata o leite, os mamões e o açúcar. Deixe bater até ficar homogêneo.

Numa panela, coloque a mistura de mamão para ferver. Deixe cozinhar em fogo médio até virar uma calda média.

Despeje a calda ainda fervente nas claras em neve. Isso evita o risco de contaminação por salmonela, bactéria que pode estar presente nos ovos. A salmonela é eliminada com temperaturas superiores a 65ºC.

Volte a bater na batedeira até misturar bem.

Adicione o leite condensado e a liga neutra. Bata até formar um creme liso. Importante: Caso a mistura ainda esteja morna, aguarde alguns minutos para que ela esfrie por completo. A mistura tem que estar fria para que os probióticos do Kefir não morram durante o preparo do seu sorvete.

Adicione o creamcheese e deixe bater bem em velocidade máxima por 3 minutos aproximadamente.

Leve a vasilha da batedeira ao freezer por 4 a 6 horas ou até que as bordas do creme comecem a endurecer (aproximadamente 5 cm da borda).

Retire do freezer, adicione o emulsificante e bata em velocidade máxima até o creme dobrar de volume (aproximadamente 5 minutos).

Retorne a vasilha ao freezer e aguarde novamente de 4 a 6 horas, até que as bordas do creme fiquem firmes (5 cm da borda).

Volte a bater o creme em velocidade máxima até ficar bem aerado.

Desligue a batedeira e coloque o creme num pote para sorvete ou recipiente de plástico.

Cubra toda a superfície com filme plástico. O filme deve ficar encostado no creme para evitar a formação de cristais de gelo.

Tampe o pote e leve ao freezer até firmar por completo. Leva em média 24 horas.

Rende aproximadamente 2 litros de sorvete.

Para preparar um sorvete caseiro de excelente qualidade, macio, saboroso e com textura leve e delicada, sem cristais de gelo, é necessário duas coisas essenciais:

1 - Paciência durante o preparo.

2 - Conhecer um pouco da química do sorvete.

O sorvete é composto basicamente de açúcares, gorduras, líquidos e ar.

O emulsificante serve para unir a gordura aos líquidos, ou seja, homogeneizar estes ingredientes, que normalmente não se misturam (água e óleo). Isso permite a incorporação do ar na massa do sorvete durante o batimento. A falta do emulsificante vai deixar seu sorvete com "água livre", permitindo a formação de cristais de gelo, deixando-o duro e com a textura arenosa. O excesso de emulsificante vai dar mais volume ao sorvete, mas em compensação, torna a textura "fofa" demais, com aparência de espuma.

Bater a massa do sorvete durante o endurecimento é essencial para a incorporação do ar e para quebrar os cristais de gelo que se formarão durante o congelamento do sorvete.

A liga neutra serve para retardar o derretimento do sorvete. A falta dela acelera o derretimento, e o excesso de liga neutra descaracteriza o sorvete, deixando-o com uma textura visguenta, que lembra a de um chiclete. O ideal é sempre manter equilibrado as proporções dos ingredientes, para que assim você possa produzir um sorvete de nível profissional!

Sugestões

Sirva sozinho, com coberturas ou como acompanhamento de bolos, rocamboles e tortas. Dica: Para um sorvete menos calórico, sirva sem cobertura.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA:

Batedeira

Liquidificador

Balança digital de cozinha

Xícaras de medida padrão

Colheres de medida padrão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post36

SORVETE PROBIÓTICO DE COCO - COM CREAMCHEESE DE KEFIR

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:59:04
Já que você não consegue viver sem esta delícia gelada, torne o seu prazer mais saudável!

INGREDIENTES:

150 gramas de creamcheese de kefir puro (sem adição de sal ou outros ingredientes);

200ml de leite de coco;

1 caixa de leite condensado (395 gramas);

2 claras em neve (congele as gemas para usar em outra receita);

1/2 xícara de açúcar branco;

1/2 xícara de água;

4 colheres de sopa de coco seco ralado fino;

1 colher de café de liga neutra;

1 colher de chá de emulsificante para sorvete.

MODO DE PREPARO:

Na batedeira, bata as claras em neve e reserve.

Numa panela, coloque a água e o açúcar para ferver. Deixe ferver até virar uma calda média (nem muito grossa e nem muito fina). Mexa de vez em quando para não queimar.

Despeje a calda de açúcar ainda fervente nas claras em neve. Isso evita o risco de contaminação por salmonela, bactéria que pode estar presente nos ovos. A salmonela é eliminada com temperaturas superiores a 65ºC.

Volte a bater na batedeira até misturar bem.

Adicione o leite de coco, o leite condensado e a liga neutra. Bata até formar um creme liso. Importante: Caso a mistura ainda esteja morna, aguarde alguns minutos para que ela esfrie por completo. A mistura tem que estar fria para que os probióticos do Kefir não morram durante o preparo do seu sorvete.

Adicione o creamcheese e deixe bater bem em velocidade máxima por 3 minutos aproximadamente.

Leve a vasilha da batedeira ao freezer por 4 a 6 horas ou até que as bordas do creme comecem a endurecer (aproximadamente 5 cm da borda).

Retire do freezer, adicione o emulsificante e bata em velocidade máxima até o creme dobrar de volume (aproximadamente 5 minutos).

Retorne a vasilha ao freezer e aguarde novamente de 4 a 6 horas, até que as bordas do creme fiquem firmes (5 cm da borda).

Adicione o coco ralado e volte a bater o creme em velocidade máxima até ficar bem aerado.

Coloque o creme num pote para sorvete ou recipiente de plástico.

Cubra toda a superfície com filme plástico. O filme deve ficar encostado no creme para evitar a formação de cristais de gelo.

Tampe o pote e leve ao freezer até firmar por completo. Leva em média 24 horas. Rende aproximadamente 2,5 litros de sorvete.

Para preparar um sorvete caseiro de excelente qualidade, macio, saboroso e com textura leve e delicada, sem cristais de gelo, é necessário duas coisas essenciais:

1 - Paciência durante o preparo.

2 - Conhecer um pouco da química do sorvete.

O sorvete é composto basicamente de açúcares, gorduras, líquidos e ar.

O emulsificante serve para unir a gordura aos líquidos, ou seja, homogeneizar estes ingredientes, que normalmente não se misturam (água e óleo). Isso permite a incorporação do ar na massa do sorvete. A falta do emulsificante vai deixar seu sorvete com "água livre", permitindo a formação de cristais de gelo, deixando-o duro e com a textura arenosa. O excesso de emulsificante vai dar mais volume ao sorvete, mas em compensação, torna a textura "fofa" demais, com aparência de espuma.

Bater a massa do sorvete durante o endurecimento é essencial para a incorporação do ar e para quebrar os cristais de gelo que se formarão durante o congelamento do sorvete.

A liga neutra serve para retardar o derretimento do sorvete. A falta dela acelera o derretimento, e o excesso de liga neutra descaracteriza o sorvete, deixando-o com uma textura visguenta, que lembra a de um chiclete. O ideal é sempre manter equilibrado as proporções dos ingredientes, para que assim você possa produzir um sorvete de nível profissional!

Observação

Devido o creamcheese não possuir o soro do Kefir (kefiraride), o sorvete não fica com sabor ácido, fica muito suave e nada enjoativo, como geralmente os sorvetes comerciais são.

Sugestões:

Sirva sozinho, com coberturas ou como acompanhamento de bolos, rocamboles e tortas. Dica: Para um sorvete menos calórico, sirva sem cobertura.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA:

Batedeira

Balança digital de cozinha

Xícaras de medida padrão

Colheres de medida padrão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post35

SORVETE PROBIÓTICO DE AMORAS COM CREAMCHEESE DE KEFIR

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:56:37
Aproveite o calor e as frutas da estação para preparar um sorvete delicioso e nutritivo para a sua família!

INGREDIENTES:

200 gramas de amoras maduras;

300 gramas de creamcheese de kefir puro (sem adição de sal ou outros ingredientes);

1 caixa de leite condensado (395 gramas);

3 claras (congele as gemas para usar em outra receita);

1 xícara de açúcar branco;

1 xícara de água;

1 colher de chá de emulsificante para sorvete;

1 colher de café de liga neutra.

MODO DE PREPARO:

Na batedeira, bata as claras em neve e reserve.

Lave muito bem as amoras e corte os cabinhos.

No liquidificador, bata as amoras, a água e o açúcar. Deixe bater até virar um suco homogêneo.

Numa panela, coloque o suco de amoras para ferver. Deixe ferver até virar uma calda média (nem muito grossa e nem muito fina). Mexa de vez em quando para não queimar.

Despeje a calda de amoras ainda fervente nas claras em neve. Isso evita o risco de contaminação por salmonela, bactéria que pode estar presente nos ovos. A salmonela é eliminada com temperaturas superiores a 65ºC.

Volte a bater na batedeira até misturar bem.

Adicione o leite condensado e a liga neutra. Bata até formar um creme liso. Importante: Caso a mistura ainda esteja morna, aguarde alguns minutos para que ela esfrie por completo. A mistura tem que estar fria para que os probióticos do Kefir não morram durante o preparo do seu sorvete.

Adicione o creamcheese e deixe bater bem em velocidade máxima por 3 minutos aproximadamente.

Leve a vasilha da batedeira ao freezer por 4 a 6 horas ou até as bordas do creme começarem a endurecer (aproximadamente 5 cm da borda).

Retire do freezer, adicione o emulsificante e bata em velocidade máxima até o creme dobrar de volume (aproximadamente 5 minutos).

Retorne a vasilha ao freezer e aguarde novamente de 4 a 6 horas, até que as bordas do creme fiquem firmes (5 cm da borda).

Volte a bater o creme em velocidade máxima até ficar bem aerado.

Coloque o creme num pote para sorvete ou recipiente de plástico.

Cubra toda a superfície com filme plástico. O filme deve ficar encostado no creme para evitar a formação de cristais de gelo.

Tampe o pote e leve ao freezer até firmar por completo. Leva em média 24 horas.

Rende aproximadamente 2,5 litros de sorvete.

Para preparar um sorvete caseiro de excelente qualidade, macio, saboroso e com textura leve e delicada, sem cristais de gelo, é necessário duas coisas essenciais:

1 - Paciência durante o preparo.

2 - Conhecer um pouco da química do sorvete.

O sorvete é composto basicamente de açúcares, gorduras, líquidos e ar.

O emulsificante serve para unir a gordura aos líquidos, ou seja, homogeneizar estes ingredientes, que normalmente não se misturam (água e óleo). Isso permite a incorporação do ar na massa do sorvete. A falta do emulsificante vai deixar seu sorvete com "água livre", permitindo a formação de cristais de gelo, deixando-o duro e com a textura arenosa. O excesso de emulsificante vai dar mais volume ao sorvete, mas em compensação, torna a textura "fofa" demais, com aparência de espuma.

Bater a massa do sorvete durante o endurecimento é essencial para a incorporação do ar e para quebrar os cristais de gelo que se formarão durante o congelamento do sorvete.

A liga neutra serve para retardar o derretimento do sorvete. A falta dela acelera o derretimento, e o excesso de liga neutra descaracteriza o sorvete, deixando-o com uma textura visguenta, que lembra a de um chiclete. O ideal é sempre manter equilibrado as proporções dos ingredientes, para que assim você possa produzir um sorvete de nível profissional!

Observação

Devido o creamcheese não possuir o soro do Kefir (kefiraride), o sorvete não fica com sabor ácido, fica muito suave e nada enjoativo, como geralmente os sorvetes comerciais são.

Sugestões:

Sirva sozinho, com coberturas ou como acompanhamento de bolos, rocamboles e tortas. Dica: Para um sorvete menos calórico, sirva sem cobertura.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA:

Batedeira

Liquidificador

Balança digital de cozinha

Xícaras de medida padrão

Colheres de medida padrão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post34

SALADA DE FRUTAS COM CREME DE KEFIR E MEL

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:54:21
Sobremesa tradicional com o sabor diferenciado do kefir!

INGREDIENTES:

2 bananas ourinho ou uma banana nanica;

1 kiwi;

1 maçã gala ou fuji;

1/2 mamão papaia;

100g de uvas Itália ou rubi;

5 morangos grandes;

Suco de 1/2 laranja pêra sem sementes.

Para o creme:

1/2 xícara de kefir de leite e 1 colher de mel.

MODO DE PREPARO:

Descasque e retire as sementes das frutas que forem necessárias.

Pique as frutas em pedaços não muito pequenos dentro de uma tigela.

Junte o suco de laranja e misture delicadamente.

Em um recipiente a parte, misture bem o kefir e o mel.

Disponha as frutas em uma taça ou recipiente para sobremesa e despeje o creme de kefir por cima.

Coloque na geladeira por 1 hora ou até gelar.

Sugestões:

Excelente também com granola e outras sementes oleaginosas.

O mel pode ser trocado por açúcar mascavo. Lembrando que o açúcar mascavo pode alterar a cor do creme (escurecer).

Pode ser utilizado outras frutas a seu gosto. Evite o abacaxi, pois este amarga em pouco tempo.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA:

Tigelas

Recipientes para sobremesa



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post33

PÃO INTEGRAL DE KEFIR, REQUEIJÃO E CEBOLINHA

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:51:59
Um pão saudável, saboroso e fácil de fazer!

INGREDIENTES:

1/4 de xícara de kefir de leite (em temperatura ambiente);

1/4 de xícara de requeijão;

1 xícara de farinha de trigo integral;

1/3 de xícara de farinha de arroz;

1 xícara de farinha de trigo branca especial;

2 colheres de sopa de aveia em flocos finos;

5 gramas de fermento biológico seco (ou 15g do fresco);

1 ovo médio;

1 e 1/2 colheres de sopa de margarina (80% de lipídeos - verifique na embalagem);

1 colher de sopa rasa de açúcar mascavo;

1 colher de sopa rasa de mel (O mel contribui com a umidade da massa);

3 colheres de sopa de cebolinha in natura cortada em rodelas finas (ou duas colheres de cebolinha desidratada);

1 fio de azeite;

1 colher de chá rasa de sal.

Para a cobertura:

1 ovo batido e 2 colheres de sopa de queijo ralado (opcional).

MODO DE PREPARO:

Numa tigela (ou cuba da máquina de pão - função massa), coloque o kefir, o ovo, o açúcar, o mel e o fermento. Misture bem.

Adicione o requeijão, a aveia e as farinhas aos poucos, misture bem até agregar os ingredientes.

Adicione o fio de azeite, a margarina e o sal. Misture muito bem e verifique o ponto da massa. Se a massa estiver seca, adicione um pouco mais de Kefir, se ficar muito mole, adicione um pouco mais de farinha branca. Lembrando que durante o preparo, as farinhas vão hidratar, então cuidado para não exagerar na farinha e deixar seu pão pesado.

Com as mãos untadas de óleo, sove a massa até desgrudar das mãos e se tornar elástica. Verifique o ponto da massa puxando-a com as duas mãos, se ela esticar e não se quebrar com facilidade, é porque já está no ponto. Importante: Se você estiver usando a máquina de pão para sovar, caso necessário reinicie o ciclo de sova mais uma vez até atingir a elasticidade da massa (ponto de véu).

Por último, junte a cebolinha in natura e agregue-a à massa pronta.

Numa superfície untada com óleo, abra a massa no formato retangular e enrole como rocambole.

Unte com óleo e enfarinhe uma forma para pão ou bolo inglês número 2 (média).

Coloque o pão com a emenda para baixo, assim a massa não vai abrir durante o crescimento.

Deixe crescer por uma hora ou até dobrar de volume.

Se desejar, pincele ovo batido com parmesão ralado por cima do pão. O ovo deixa a casca macia e brilhante e o queijo dá um sabor todo especial a casca.

Leve para assar em forno preaquecido a 180 graus, por aproximadamente 40 minutos ou até dourar.

Desenforme em seguida sobre um pano de prato seco e limpo, ou utilize uma grade especial para pão. Rende um pão de 500g aproximadamente.

O Kefir vai deixar a massa de seu pão muito macia e saborosa, diferente dos pães tradicionais. Caso não possua Kefir, utilize a mesma quantia de iogurte natural.

Sugestões: Este pão pode ser consumido com patês, manteiga, queijo branco, creamcheese ou ainda no preparo de sanduíches naturais como este de mussarela de búfala, tomates secos e patê de ervas finas.

Dica: A sova é o segredo para um pão macio. O maior problema do pão caseiro é a falta de sova, resultando em um pão mole só enquanto quente. No dia seguinte ele seca, endurece e fica pesado. Se for sovar manualmente este pão, um saco plástico grosso de 5Kg (tipo o de arroz) pode ajudar na sova. Coloque a massa dentro do saco plástico e amarre a boca com um barbante próximo a abertura, deixando espaço para movimentar a massa. Sove a massa através do saco até parar de melar. A massa só estará pronta quando estiver elástica, ou seja, quando ela for esticada e não quebrar com facilidade.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA:

Tigela

Máquina de pão

Xícaras de medida padrão

Colheres de medida padrão

Forma retangular número 2

Grade especial para pão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post32

PÃO INTEGRAL DE KEFIR E ERVAS FINAS

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:31:54

INGREDIENTES:

1/2 xícara de kefir de leite (em temperatura ambiente);

1 xícara de farinha de trigo integral;

1/3 de xícara de farinha de aveia;

1 xícara de farinha de trigo branca especial;

5 gramas de fermento biológico seco (ou 15g do fresco);

1 ovo médio;

1 colher de sopa de margarina (80% de lipídeos - verifique na embalagem);

1 colher de sopa rasa de açúcar mascavo;

1 colher de sopa rasa de mel (O mel contribui com a umidade da massa);

1/2 colher de sopa de alho desidratado (Ou alho in natura espremido);

1 colher de chá de mix de ervas desidratadas (salsinha, cebolinha, manjericão, orégano, hortelã, alecrim, etc) ou tempero de ervas finas comprado pronto;

1 colher rasa de café de pimenta calabresa (opcional);

1 fio de azeite;

1 colher de chá de sal.

MODO DE PREPARO:

Numa tigela (ou cuba da máquina de pão - função massa), coloque o kefir, o ovo, o açúcar, o mel e o fermento. Misture bem.

Adicione as farinhas aos poucos, misture bem até agregar os ingredientes.

Adicione o fio de azeite, a margarina e o sal. Misture muito bem e verifique o ponto da massa. Se a massa estiver seca, adicione um pouco mais de Kefir, se ficar muito mole, adicione um pouco mais de farinha branca. Lembrando que durante o preparo, as farinhas vão hidratar, então cuidado para não exagerar na farinha e deixar seu pão pesado.

Com as mãos untadas de óleo, sove a massa até desgrudar das mãos e se tornar elástica. Verifique o ponto da massa puxando-a com as duas mãos, se ela esticar e não se quebrar com facilidade, é porque já está no ponto. Importante: Se você estiver usando a máquina de pão para sovar, caso necessário reinicie o ciclo de sova mais uma vez até atingir a elasticidade da massa (ponto de véu).

Por último, junte as ervas e o alho. Misture até agregar à massa pronta.

Numa superfície untada com óleo, abra a massa no formato retangular e enrole como rocambole.

Unte com óleo e enfarinhe uma forma para pão ou bolo inglês número 2 (média).

Coloque o pão com a emenda para baixo, assim a massa não vai abrir durante o crescimento.

Deixe crescer por uma hora ou até dobrar de volume.

Se desejar, pincele ovo batido por cima do pão. O ovo deixa a casca macia e brilhante.

Leve para assar em forno preaquecido a 180 graus, por aproximadamente 45 minutos ou até dourar.

Desenforme em seguida sobre um pano de prato seco e limpo, ou utilize uma grade especial para pão.

Rende um pão de 500g aproximadamente.

O kefir vai deixar a massa de seu pão muito macia e saborosa, diferente dos pães tradicionais. Caso não possua kefir, utilize a mesma quantia de iogurte natural.

Sugestões:

Ovo: Torne seu ovo frito mais saudável, utilizando óleo de coco ou fritando-o em água fervente.

Este pão pode ser consumido com patês, manteiga, queijo branco, requeijão, creamcheese ou ainda no preparo de sanduíches naturais.

Para um pão mais adocicado, basta não adicionar os temperos e acrescentar um pouco mais de açúcar mascavo.

Dica: A sova é o segredo para um pão macio. O maior problema do pão caseiro é a falta de sova, resultando em um pão mole só enquanto quente. No dia seguinte ele seca, endurece e fica pesado. Se for sovar manualmente este pão, um saco plástico grosso de 5Kg (tipo o de arroz) pode ajudar na sova. Coloque a massa dentro do saco plástico e amarre a boca com um barbante próximo a abertura, deixando espaço para movimentar a massa. Sove a massa através do saco até parar de melar. A massa só estará pronta quando estiver elástica, ou seja, quando ela for esticada e não quebrar com facilidade.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA:

Tigela

Máquina de pão

Colheres de medida padrão

Xícaras de medida padrão

Forma retangular número 2

Grade especial para pão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post31

PÃO INTEGRAL DE KEFIR E ALHO

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:29:38

INGREDIENTES:

1/2 xícara de kefir de leite (em temperatura ambiente);

1 xícara de farinha de trigo integral;

1/3 de xícara de farinha de arroz;

1 xícara de farinha de trigo branca especial;

5 gramas de fermento biológico seco (ou 15g do fresco);

1 ovo médio;

1 colher de margarina (80% de lipídeos - verifique na embalagem);

1 colher de sopa rasa de açúcar mascavo;

1 colher de sopa rasa de mel. (O mel contribui com a umidade da massa);

2 colheres de sopa de alho desidratado (Ou alho in natura espremido);

1 fio de azeite;

1 colher de chá rasa de sal;

1 colher de café de salsinha desidratada (opcional).

MODO DE PREPARO:

Numa tigela (ou cuba da máquina de pão - função massa), coloque o kefir, o ovo, o açúcar, o mel e o fermento. Misture bem.

Adicione a salsinha desidratada e as farinhas aos poucos, misture bem até agregar os ingredientes.

Adicione o fio de azeite, a margarina e o sal. Misture muito bem e verifique o ponto da massa. Se a massa estiver seca, adicione um pouco mais de Kefir, se ficar muito mole, adicione um pouco mais de farinha branca. Lembrando que durante o preparo, as farinhas vão hidratar, então cuidado para não exagerar na farinha e deixar seu pão pesado.

Com as mãos untadas de óleo, sove a massa até desgrudar das mãos e se tornar elástica. Verifique o ponto da massa puxando-a com as duas mãos, se ela esticar e não se quebrar com facilidade, é porque já está no ponto. Importante: Se você estiver usando a máquina de pão para sovar, caso necessário reinicie o ciclo de sova mais uma vez até atingir a elasticidade da massa (ponto de véu).

Por último, junte o alho e agregue-o à massa pronta.

Numa superfície untada com óleo, abra a massa no formato retangular e enrole como rocambole.

Unte com óleo e enfarinhe uma forma para pão ou bolo inglês número 2 (média).

Coloque o pão com a emenda para baixo, assim a massa não vai abrir durante o crescimento.

Deixe crescer por uma hora ou até dobrar de volume.

Se desejar, pincele ovo batido por cima do pão. O ovo deixa a casca macia e brilhante.

Leve para assar em forno preaquecido a 180 graus, por aproximadamente 40 minutos ou até dourar.

Desenforme em seguida sobre um pano de prato seco e limpo, ou utilize uma grade especial para pão.

Rende um pão de 500g aproximadamente.

O kefir vai deixar a massa de seu pão muito macia e saborosa, diferente dos pães tradicionais. Caso não possua kefir, utilize a mesma quantia de iogurte natural.

Sugestões: Este pão pode ser consumido com patês, manteiga, queijo branco, requeijão, creamcheese ou ainda no preparo de sanduíches naturais.

Para um pão mais adocicado, basta não adicionar o alho e acrescentar um pouco mais de açúcar mascavo.

Dica: A sova é o segredo para um pão macio. O maior problema do pão caseiro é a falta de sova, resultando em um pão mole só enquanto quente. No dia seguinte ele seca, endurece e fica pesado. Se for sovar manualmente este pão, um saco plástico grosso de 5Kg (tipo o de arroz) pode ajudar na sova. Coloque a massa dentro do saco plástico e amarre a boca com um barbante próximo a abertura, deixando espaço para movimentar a massa. Sove a massa através do saco até parar de melar. A massa só estará pronta quando estiver elástica, ou seja, quando ela for esticada e não quebrar com facilidade.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA:

Tigela

Xícaras de medida padrão

Colheres de medida padrão

Máquina de pão

Forma retangular número 2.

Grade para pão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post30

PÃO INTEGRAL DE ALHO E CHIA - COM FERMENTO NATURAL DE KEFIR

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:27:38

INGREDIENTES:

1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo integral;

1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo branca;

2 colheres de sopa de sementes de chia;

2 colheres de sopa de alho frito granulado (produto comercial);

2 colheres de sopa de açúcar mascavo;

150g de fermento natural de kefir;

1 ovo médio;

1/4 de xícara de óleo de girassol ou milho;

1 e 1/4 xícaras de água filtrada;

1 e 1/2 colheres de chá de sal.

MODO DE PREPARO:

Faça uma esponja com o fermento de kefir: Numa vasilha coloque o fermento, 1/2 xícara de água em temperatura ambiente e 1/2 xícara de farinha de trigo branca. Misture bem e aguarde 15 minutos, tempo necessário para ativar o fermento.

Numa tigela grande (ou cuba da máquina de pão - função massa), coloque o ovo, o açúcar mascavo e a esponja de fermento. Misture bem.

Adicione as farinhas e as sementes de chia, e vá colocando o restante da água aos poucos. Misture bem até agregar os ingredientes.

Adicione o óleo e o sal. Misture muito bem e verifique o ponto da massa. Se a massa estiver seca, adicione um pouco mais de água, se ficar muito mole, adicione um pouco mais de farinha branca. Lembrando que durante o preparo, as farinhas vão hidratar, então cuidado para não exagerar na farinha e deixar seu pão pesado. A massa deste pão tem uma consistência um pouco mais mole do que as massas de pães comuns.

Com as mãos untadas de óleo, sove a massa até desgrudar das mãos e se tornar elástica. Verifique o ponto da massa puxando-a com as duas mãos, se ela esticar e não se quebrar com facilidade, é porque já está no ponto. Importante: Se você estiver usando a máquina de pão para sovar, caso necessário reinicie o ciclo de sova mais uma vez até atingir a elasticidade da massa (ponto de véu).

Por último, junte o alho frito. Misture até agregar à massa pronta.

Numa superfície untada com óleo, abra a massa no formato retangular e enrole como rocambole.

Unte com óleo e enfarinhe uma forma para pão ou bolo inglês número 1 (grande).

Coloque o pão na forma com a emenda para baixo, assim a massa não vai abrir durante o crescimento.

Deixe crescer até triplicar de volume. Tempo estimado de 6 a 12 horas, dependendo da temperatura ambiente.

Antes de ir ao forno, pincele com ovo batido (opcional).

Leve para assar em forno preaquecido a 180 graus, por aproximadamente 45 minutos ou até dourar.

Desenforme em seguida sobre um pano de prato seco e limpo, ou utilize uma grade especial para pão.

Rende um pão de 700 gramas aproximadamente.

Sugestões: Este pão pode ser consumido com patês, manteiga, queijo branco, mousses, creamcheese, requeijão, ou ainda no preparo de sanduíches naturais.

Dica: A sova é o segredo para um pão macio. O maior problema do pão caseiro é a falta de sova, resultando em um pão mole só enquanto quente. No dia seguinte ele seca, endurece e fica pesado. Se for sovar manualmente este pão, um saco plástico grosso de 5Kg (tipo o de arroz) pode ajudar na sova. Coloque a massa dentro do saco plástico e amarre a boca com um barbante próximo a abertura, deixando espaço para movimentar a massa. Sove a massa através do saco até parar de melar. A massa só estará pronta quando estiver elástica, ou seja, quando ela for esticada e não quebrar com facilidade.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA

Tigela

Forma para pão número 1 (grande)

Máquina de pão

Xícaras de medida padrão

Colheres de medida padrão

Grade para pão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post29

PÃO BRANCO DE ALHO, KEFIR E ERVAS - COM FERMENTO NATURAL

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:25:09

INGREDIENTES:

2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo branca;

150 gramas de Maximus - Fermento natural de Kefir;

3/4 de xícara de água filtrada em temperatura ambiente;

1/4 de xícara de Kefir de leite;

1 ovo médio;

1 e 1/2 colheres de sopa de açúcar;

2 colheres de sopa de margarina (80% de lipídeos);

50 gramas de queijo parmesão ralado;

2 colheres de sopa de alho granulado frito;

1 colher de chá de mix de ervas desidratadas a gosto (manjericão, salsinha, cebolinha, orégano, alecrim, hortelã, etc);

1 colher de chá de sal.

Cobertura:

50 gramas de mussarela (passada pelo cortador de batata palha) e 1 ovo batido.

MODO DE PREPARO:

Numa tigela grande (ou cuba da máquina de pão - função massa), coloque o Kefir, a água filtrada, o ovo, o açúcar e o fermento de Kefir. Misture bem.

Adicione a farinha aos poucos, e misture bem até agregar os ingredientes.

Adicione o queijo ralado, a margarina, o mix de ervas e o sal. Misture muito bem e verifique o ponto da massa. Se a massa estiver seca, adicione um pouco mais de água, se ficar muito mole, adicione um pouco mais de farinha. Lembrando que durante o preparo, a farinha vai hidratar, então cuidado para não exagerar na farinha e deixar seu pão pesado.

Com as mãos untadas de óleo, sove a massa até desgrudar das mãos e se tornar elástica. Verifique o ponto da massa puxando-a com as duas mãos, se ela esticar e não se quebrar com facilidade, é porque já está no ponto. Importante: Se você estiver usando a máquina de pão para sovar, caso necessário, reinicie o ciclo de sova mais uma vez até atingir a elasticidade da massa (ponto de véu). Observação: A massa desse pão precisa ficar maleável (um pouco mole), pois durante o crescimento ela vai secar um pouco e ficar no ponto.

Por último, junte o alho granulado. Misture até agregar à massa pronta.

Numa superfície untada com óleo, abra a massa no formato retangular, enrole como rocambole e dobre as pontas para baixo.

Unte com óleo e enfarinhe uma forma para pão ou bolo inglês número 1 (grande).

Coloque o pão na forma com a emenda para baixo, assim a massa não vai abrir durante o crescimento.

Deixe crescer até triplicar de volume. Tempo estimado de 6 a 12 horas, dependendo da temperatura ambiente.

Antes de ir ao forno, pincele com ovo batido e espalhe a mussarela por cima.

Leve para assar em forno preaquecido a 200 graus, por aproximadamente 40 minutos ou até dourar.

Desenforme em seguida sobre um pano de prato seco e limpo, ou utilize uma grade especial para pão.

Rende 1 pão de 750g aproximadamente.

O fermento de kefir vai deixar a massa de seu pão com um sabor e aroma diferenciado, como só um pão de fermentação lenta pode ter.

Dica

Devido a utilização do Kefir bebida na massa, este pão tem um sabor um pouco mais ácido. Se você prefere um pão mais suave, troque o Kefir bebida pela mesma quantidade de água filtrada.

Nota

Observe o tamanho da massa antes de iniciar o período de crescimento. Ela chega a triplicar de tamanho durante a fermentação!

Importante

A sova é o segredo para um pão macio. O maior problema do pão caseiro é a falta de sova, resultando em um pão mole só enquanto quente. No dia seguinte ele seca, endurece e fica pesado. Se for sovar manualmente este pão, um saco plástico grosso de 5Kg (tipo o de arroz) pode ajudar na sova. Coloque a massa dentro do saco plástico e amarre a boca com um barbante próximo a abertura, deixando espaço para movimentar a massa. Sove a massa através do saco até parar de melar. A massa só estará pronta quando estiver elástica, ou seja, quando ela for esticada e não quebrar com facilidade.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA

Balança digital para cozinha

Tigela

Forma para pão número 1 (grande)

Máquina de pão

Xícaras de medida padrão

Colheres de medida padrão

Grade para pão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post28

PATÊ DE SARDINHA COM CREAM CHEESE DE KEFIR

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:21:58
Quem foi criança ou adolescente nas décadas de 70/80, deve se lembrar muito bem do tradicional patê de sardinha. Este sanduíche era um item obrigatório nas festinhas e encontros da turma! Apresentado aqui em uma versão mais saudável, mas nem por isso menos saborosa, esta receita certamente fará você relembrar os bons e velhos tempos!

INGREDIENTES:

1 xícara de creamcheese de Kefir;

2 latas de sardinha em óleo (125g cada);

1 colher de café de molho de soja;

1 fio de azeite;

1/2 colher de café de salsinha e cebolinha desidratadas (ou outras ervas a gosto);

Molho de pimenta a gosto;

1 pitada de sal (prove o patê antes de adicionar).

MODO DE PREPARO:

Escorra o óleo das sardinhas e limpe-as retirando toda a parte interna.

Coloque todos os ingredientes no liquidificador (ou Mixer) e bata até virar um creme homogêneo.

Ajuste o sal.

Disponha o patê em um recipiente e sirva em seguida. Observação: Caso não for utilizar de imediato, conserve o patê na geladeira em recipiente tampado por no máximo três dias.

Rende 350 gramas aproximadamente, o suficiente para 1 embalagem de pão de forma. Patê de sardinha pronto para servir!

Sugestões:

Sirva com canapés, pães, biscoitos e torradas. Dê preferência aos integrais, pois são muito mais saudáveis.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA

Liquidificador ou Mixer



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post27

PATÊ DE KEFIR E ERVAS FINAS

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:18:39

INGREDIENTES:

1/2 xícara de kefir de leite grosso ou creamcheese de kefir (com creamcheese o patê fica mais firme);

1 colher de chá de tempero de ervas finas desidratado;

1 haste de cebolinha in natura;

1 fio de azeite;

1 colher de café rasa de sal.

MODO DE PREPARO:

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Caso não for utilizar de imediato, conserve o patê na geladeira em recipiente tampado no máximo por 24 horas.

A cebolinha in natura vai dar cor ao patê. Se desejar, utilize ervas frescas tais como: Manjericão, hortelã, salsinha, tominho, alecrim, etc.

Dica: Para preparar o creamcheese de kefir, basta utilizar um filtro de papel. Coloque o kefir de leite dentro do coador e deixe drenar até o dia seguinte. Retire do coador, tempere a gosto e guarde na geladeira em recipiente tampado.

Sugestão:

Sirva com pães, biscoitos e torradas. Dê preferência aos integrais, pois são muito mais saudáveis.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS

Vasilha

Liquidificador

Xícaras de medida padrão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post26

PATÊ DE KEFIR E AZEITONAS PRETAS

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:15:48

INGREDIENTES:

5 azeitonas pretas grandes sem caroço;

1/2 xícara de kefir de leite ou creamcheese de kefir (para um patê mais firme, utilize o creamcheese);

1 colher de café de alho desidratado (ou in natura);

1 colher de café rasa de cebolinha desidratada (ou in natura);

1 fio de azeite;

Sal a gosto (o menos possível, pois as azeitonas já possuem sal).

MODO DE PREPARO:

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Caso não for utilizar de imediato, conserve o patê na geladeira em recipiente tampado.

Para preparar o creamcheese de kefir, basta utilizar um coador de pano. Coloque o kefir de leite dentro do coador e deixe drenar até o dia seguinte. Retire do coador, tempere a gosto e guarde na geladeira em recipiente tampado.

Sugestões:

Sirva com pães, biscoitos e torradas. Dê preferência aos integrais, pois são muito mais saudáveis.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS

Liquidificador



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post25

PATÊ DE KEFIR E ATUM

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:13:28

INGREDIENTES:

1/4 de xícara de kefir de leite ou cramcheese de kefir (utilizando o creamcheese, o patê fica mais firme);

1/3 de xícara de atum sólido escorrido;

1 dente de alho pequeno (espremido);

1 colher de café rasa de salsinha desidratada (ou in natura);

1 fio de azeite;

Sal e molho de pimenta a gosto;

MODO DE PREPARO:

Bata todos os ingredientes no liquidificador ou Mixer. Caso não for utilizar de imediato, conserve o patê na geladeira em recipiente tampado.

Para preparar o creamcheese de kefir, basta utilizar um coador de pano. Coloque o kefir de leite dentro do coador e deixe drenar até o dia seguinte. Retire do coador, tempere a gosto e guarde na geladeira em recipiente tampado.

Sugestões:

Sirva com pães, biscoitos e torradas. Dê preferência aos integrais, pois são muito mais saudáveis.

Foto: Pao integral de kefir, requeijão e cebolinha com patê de atum, roseé e azeitonas pretas.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS

Liquidificador ou Mixer



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post24

PATÊ DE KEFIR E ALHO

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:11:03

Dê um toque todo especial aos seus lanches e aperitivos!

INGREDIENTES:

1/2 xícara de kefir de leite grosso ou creamcheese de kefir (com creamcheese o patê fica mais firme);

2 dentes de alho pequenos ou 1 grande;

1 fio de azeite;

1 colher de café rasa de sal.

MODO DE PREPARO:

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Se desejar, salpique salsinha quando for servir. Caso não for utilizar de imediato, conserve o patê na geladeira em recipiente tampado no máximo por 24 horas.

Para preparar o creamcheese de kefir, basta utilizar um coador de pano. Coloque o kefir de leite dentro do coador e deixe drenar até o dia seguinte. Retire do coador, tempere a gosto e guarde na geladeira em recipiente tampado.

Sugestão:

Sirva com pães, biscoitos e torradas. Dê preferência aos integrais, pois são muito mais saudáveis.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS

Vasilha

Liquidificador

Xícaras de medida padrão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post23

PATÊ DE KEFIR E ALCACHOFRAS

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:09:06

INGREDIENTES:

3 corações de alcachofras em conserva (90g);

1/2 xícara de kefir de leite ou creamcheese de kefir (com o creamcheese o patê fica mais firme);

1 dente de alho pequeno;

1 fio de azeite;

Sal a gosto;

Salsinha para decorar.

MODO DE PREPARO:

Bata todos os ingredientes no liquidificador ou Mixer. Salpique salsinha quando for servir. Caso não for utilizar de imediato, conserve o patê na geladeira em recipiente tampado.

Para preparar o creamcheese de kefir, basta utilizar um coador de pano. Coloque o kefir de leite dentro do coador e deixe drenar até o dia seguinte. Retire do coador, tempere a gosto e guarde na geladeira em recipiente tampado.

Sugestão:

Sirva com pães, biscoitos e torradas. Dê preferência aos integrais, pois são muito mais saudáveis.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS

Vasilha

Liquidificador ou Mixer



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post22

MOUSSE DE CAMARÃO E KEFIR

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:06:50

Frutos do mar: Sempre uma opção sofisticada e saudável para suas refeições.

INGREDIENTES:

1 xícara de camarões limpos (se for utilizado camarões congelados, meça após refogá-los);

1 xícara de kefir de leite;

250g de maionese (pode ser light);

1 dente de alho médio;

1/2 colher de sopa de azeite;

1 envelope de gelatina incolor sem sabor (12g);

1/2 xícara de água filtrada;

Sal e azeite para refogar os camarões.

MODO DE PREPARO:

Refogue os camarões ligeiramente no azeite e salgue a gosto. Refogue só até ficarem macios. Reserve.

Descasque o dente de alho, corte ao meio e retire o "coração" do alho (parte branca de dentro). Retirando esta parte sua mousse vai ficar mais suave e saborosa, sem aquele gosto ardido característico do alho.

Coloque a gelatina para hidratar e dissolver na água morna. Se necessário coloque por alguns segundos no microondas até dissolver por completo.

Bata no liquidificador a maionese, o kefir, o azeite, o alho, os camarões e a gelatina dissolvida. Deixe bater bem até espumar e virar um creme homogêneo.

Unte com azeite uma forma de anel de 16cm e despeje o creme.

Leve para gelar por aproximadamente 5 horas ou de um dia para o outro.

Desenforme a mousse em um prato e decore a gosto.

Se desejar, regue com um pouco de azeite antes de servir.

Para desenformar sem quebrar a mousse, encha uma vasilha com água quente até a altura da mousse, e coloque a forma dentro. Espere alguns segundos até que a mousse comece a desgrudar das bordas da forma. Desenforme em seguida num prato. Não deixe muito tempo na água quente pois a mousse pode derreter. Este procedimento é bem rápido, em apenas alguns segundos já estará desenformada.

Dicas para decoração:

Utilize verduras, tomate, salsinha, palmito, cebolinha, pimenta moída, rodelas de alho poró, azeitonas fatiadas, champignons, etc.

Sugestões: Pode ser servido como acompanhamento de mesas de pães e vinhos, com torradas, biscoitos, saladas, pratos com arroz, etc.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA

Liquidificador

Forma de anel de 16 cm

Xícaras de medida padrão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post21

MOUSSE DE ATUM E KEFIR

ReceitasPosted by Kefir BR Jun 05, 2016 23:03:01

INGREDIENTES:

2 latas de atum escorridos (pode ser atum light);

1 xícara de kefir de leite;

250g de maionese (pode ser maionese light);

1 envelope de gelatina incolor sem sabor (12g);

1/2 colher de sopa de azeite;

2 dentes de alho médios descascados e sem o coração (parte branca de dentro);

1 colher de café de salsinha desidratada ou in natura;

Molho de pimenta a gosto (opcional);

1 colher de café rasa de molho de soja;

1/2 xícara de água filtrada;

Sal a gosto.

MODO DE PREPARO:

Coloque a gelatina para hidratar e dissolver na água morna. Se necessário coloque por alguns segundos no microondas até dissolver por completo.

Bata no liquidificador a maionese, o kefir, o azeite, o atum, os temperos, o sal e a gelatina dissolvida. Deixe bater bem até virar um creme homogêneo.

Unte com azeite uma forma de anel de 16cm e despeje o creme.

Leve para gelar por aproximadamente 5 horas ou de um dia para o outro.

Desenforme a mousse em um prato e decore a gosto.

Se desejar, regue com um pouco de azeite antes de servir. Rende 8 porções.

Para desenformar sem quebrar a mousse, encha uma vasilha com água quente até a altura da mousse, e coloque a forma dentro. Espere alguns segundos até que a mousse comece a desgrudar das bordas da forma. Desenforme em seguida num prato. Não deixe muito tempo na água quente pois a mousse pode derreter. Este procedimento é bem rápido, em apenas alguns segundos já estará desenformada.

Sugestões: Pode ser servido como acompanhamento de mesas de pães e vinhos, com torradas, biscoitos, saladas, pratos com arroz, etc.

Dicas para decoração: Utilize verduras, tomate, salsinha, palmito, cebolinha, pimenta moída, rodelas de alho poró, azeitonas fatiadas, champignons, etc.

UTENSÍLIOS RECOMENDADOS PARA ESTA RECEITA

Liquidificador

Forma de anel de 16 cm

Xícaras de medida padrão

Colheres de medida padrão



  • Comments(0)//probiotico.kefirbr.com/#post20
Next »